Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Escalas Beck

No description
by

Vicente Júnior

on 17 February 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Escalas Beck

Ambiente tranquilo e iluminado;
Examinador deve se assegurar previamente se o examinando tem condições de ler e compreender o conteúdo dos itens da escala;
Examinador deve estar familiarizado com o conteúdo e seguir estritamente as instruções para cada escala;
As escalas são auto-administradas, podendo utiliza-se administração oral.
INSTRUÇÕES GERAIS PARA A ADMINISTRAÇÃO DAS ESCALAS BECK
BDI – BAI - BHS - BSI

Escalas Beck
Psiquiatra norte americano nascido em 18 de Julho de 1921, na Pensilvânia, Rhode Island;
Especialista em Inglês e políticas pela Brown University;
Começou sua carreira médica na Yale Medical School;
Professor emérito do Departamento de Psiquiatria da Universidade da Pensilvânia;
Conhecido como “pai” da terapia cognitiva e inventor das Escalas Beck – ansiedade e depressão;
Desde 1959 dirigiu investigações e pesquisas nas áreas de psicopatologia e tratamento de depressão, suicídio, transtornos de ansiedade, transtornos de pânico, alcoolismo, abuso de drogas e transtornos da personalidade;

Indicações
De 17 à 80 anos;
Todos indicados para pacientes psiquiátricos;
BDI: tem sido empregado na clínica e em pesquisa com pacientes não psiquiátricos e na população em geral;

BHS: também é indicado para tais populações, embora seja mais satisfatórios em pacientes com patologia;

BAI: existem referências de estudos com sujeitos da população geral, mas falta subsídios na interpretação;

BSI: basicamente com adultos psiquiátricos;
Qualificação do Usuário
Profissionais com conhecimento em Psicopatologia;
Alunos de graduação em Psicologia e Medicina;
Escalas Beck
As Escalas Beck são quatro medidas escalares que foram desenvolvidas por Beck e seus colegas no Centro de Terapia Cognitiva (Center for Cognitive Therapy - CCT), na Universidade de Pensilvânia, Filadélfia;

Inventário de Depressão Beck - BDI

Basicamente mede a intensidade da depressão;
Foi inicialmente desenvolvida como uma escala sintomática de depressão para uso com pacientes psiquiátricos;
É uma escala de auto relato com 21 itens, cada um com quatro alternativas, subentendendo graus crescentes de gravidade da depressão;

Tristeza
Pessimismo
Sentimento de Fracasso
Insatisfação
Culpa
Punição
Auto Aversão
Auto Acusação
Ideias Suicidas
Choro
Irritabilidade

Retraimento Social
Indecisão
Mudança na Auto Imagem
Dificuldade de Trabalhar
Insônia
Fatigabilidade
Perda de Apetite
Perda de Peso
Preocupações Somática
Perda da Libido
O escore total classifica o nível da intensidade da depressão;
No Brasil foram realizados estudos com sujeitos de 12 a 17 anos e com sujeitos da terceira idade;

Inventário de Ansiedade Beck- BAI

Criada por Beck, Epstein e Brown e Steer;
Escala de auto relato que mede a intensidade de sintomas de ansiedade;
O Inventário de Ansiedade foi construído para medir sintomas de ansiedade, que são compartilhados de forma mínima com os de depressão;

Dormência
Sensação de Calor
Tremores nas Pernas
Incapaz de Relaxar
Medo que Acontecer o Pior
Atordoado ou Tonto
Palpitação Acelerada do Coração
Sem Equilíbrio
Aterrorizado
Nervoso
Sensação de Sufocação

Tremores nas Mãos
Trêmulo
Medo de Perder o Controle
Dificuldade de Respirar
Medo de Morrer
Assustado
Indigestão ou Desconforto no Abdomêm
Sensação de Desmaio
Rosto Afogueado
Suor (não devido ao calor)
ITENS
Escala de Desesperança Beck - BHS

Foi originalmente desenvolvida no CTC (Centro de Terapia Cognitiva), sendo apresentada como medida da dimensão do pessimismo ou da extensão das atitudes negativas frente ao futuro;
O instrumento foi criado como uma maneira de operacionalizar o componente desesperança do modelo cognitivo de Beck sobre depressão;
A BHS é uma escala dicotômica que engloba 20 itens consistindo em afirmações.
1) Absolutamente não;
2) Levemente não: não me incomodou muito;
3) Foi muito desagradável, mas pude suportar;
4) Gravemente: dificilmente pude suportar;
O instrumento criado originalmente para uso com pacientes psiquiátricos mostrou-se também adequado para a população geral;
O inventário é constituído por 21 itens, os quais são afirmações descritivas de sintomas de ansiedade;
É uma escala de 4 pontos:
Tabela de Itens - BHS
O escore total é o resultado da soma dos itens individuais o que permite a desesperança ser classificada em níveis;

Também é útil para identificar desesperança em adultos e adolescentes normais, mas seu uso não crítico pode gerar confusão com relação a desejabilidade social;

Escala de Ideação Suicida Beck - BSI

É uma versão de auto relato de outro instrumento clínico: Escala de Ideação de Suicídio (Scale for Suicide Ideantion – SSI);
Possui o formato de uma escala de avaliação clínica, com 19 itens, com objetivo de investigar a presença de ideação suicida;
O instrumento normalmente era utilizado em pesquisas e no trabalho clínico, podendo abranger também à administração em pacientes ambulatoriais.

Desejo de viver
Desejo de morrer
Razões para viver ou morrer
Tentativa de suicídio passiva
Duração das ideias de suicídio
Frequência da ideação
Atitude em relação a ideação
Controle sobre atos suicidas
Inibições para a tentativa
Razões para a tentativa
Especificidade do planejamento
Acessibilidade ou oportunidade do método
Capacidade de realizar tentativas
Probabilidade de tentativa real
Extensão da preparação verdadeira
Bilhete suicida
Atos finais
Despistamento segredo
Os dois últimos itens, apesar de fornecerem importantes subsídios sobre o paciente não são incluídos no score final;
A BSI não tem “seguro” contra simulações;
Não pode ser considerado nem fonte única, nem completa de informações;
Inventário de Depressão Beck - BDI
Nível de leitura atingido em 05 anos escolares;
Em relação a efeitos do sexo do examinador, há dados conflitantes na literatura;
O total do escore não apresenta diferença na administração em grupo ou individual;
05 a 10 minutos, embora pacientes muito obsessivos possam levar 30 minutos.
Inventário de Depressão Beck - BDI
Na tradução em português, solicita-se que o examinando escolha a alternativa “que descreve melhor a maneira com que (...) tem se sentido na última semana, inclusive hoje”.

A intenção é de que o instrumento constitua uma medida de “traço mais persistente” e não apenas do estado de humor no dia em que o BDI é administrado.
Inventário de Depressão Beck - BDI
Inventário de Depressão Beck - BDI
Escores: cada grupo apresenta 4 alternativas, que podem ter escore 0, 1, 2 ou 3;
O escore total é o resultado da soma dos escores individuais dos itens e permite classificação de níveis de intensidade da depressão;

Nível Escore
Mínimo ________________ 0-11
Leve ___________________ 12-19
Moderado ______________ 20-35
Grave ___________________ 36-63

Inventário de ansiedade Beck - BAI
Não oferece dificuldades importantes;
A duração da aplicação é de 05 a 10 minutos para a forma auto-administrativa e 10 minutos para a oral.

Inventário de ansiedade Beck - BAI
Respostas mas constituem uma série escalar de 0 a 3 ponto: 0 - absolutamente não; 1- levemente; 2 - moderadamente; 3 - gravemente;

Nível Escore
Mínimo ________________ 0- 7
Leve ___________________ 8-15
Moderado ______________ 16-25
Grave ___________________ 26-63

Não é indicado para identificar categorias nosológicas;
Apresenta itens cognitivo-afetivos;
Depressões mais graves, podem apresentar "pensamentos dicotômicos”.
Inventário de ansiedade Beck - BAI
Ao se examinar a intensidade da ansiedade em pacientes, é sempre conveniente considerar que, em pacientes com ansiedade, é extremamente freqüente a superposição de sintomas, por exemplo, a depressão é sempre uma possibilidade, por isso a importância de utilizar o BDI e a BHS para investigar a possibilidade de existir algum potencial suicida.
Escala de Desesperança de Beck - BHS
São as mesmas requeridas para as demais escalas;
05 a 10 minutos, para a forma auto-administrada, e de 10 minutos para a oral, embora sujeitos muito obsessivos possam levar até 15 minutos.
Escala de Desesperança de Beck - BHS
Há uma relação entre a desesperança, depressão e potencial suicida, o que mostra que a constatação de pessimismo, principalmente em pacientes psiquiátricos, deve ser complementada por uma investigação mais ampla sobre depressão e ideação suicida.

Escala de Ideação Suicida Beck - BSI
São as mesmas requeridas para as demais escalas;
A BHS é uma escala dicotômica;
05 a 10 minutos, para a forma auto-administrada, e de 10 minutos para a oral;
Escala de Ideação Suicida Beck - BSI
Sob dois pontos de vista:
a) a presença ou não de ideação suicida;
b) a intensidade com que cada indivíduo deseja e tem razões para morrer, tem intenções, planos detalhados e se tem em vista um método, preparando-se para chegar à consecução de um suicídio e, naturalmente, o grau com que admite isso.

Escala de Ideação Suicida Beck - BSI
O suicídio é entendido “como fenômeno multidimensional” (Schneidman, 1994, pág. 203).
O uso de instrumento de escalas, como a BSI, BHS e BDI é um ponto de partida importante, porque, dependendo de seus resultados, o profissional de saúde mental fica compromissado com uma investigação clínica mais profunda e com a eventual necessidade de tomar decisões clínicas sobre o paciente.
PONTOS DE CORTE
Ao examinar as médias de aplicação no Brasil, percebeu-se que os valores eram mais elevados, o que provavelmente se deva a fatores sócio-culturais.

“Deste modo, embora o estudo dos pontos de corte não se tenha constituído como objetivo do projeto inicial, tonou-se uma tarefa necessária.” (p. 57)

BDI – Inventário de Depressão BECK
Como calcular pontos de corte?

ZEUA = PC – XEUA / DPEUA

A partir do score ZEUA, foi possível calcular o ponto de corte para a versão em português através da seguinte fórmula:

PCBr = XBr +ZEUA x DPBr

BDI – Inventário de Depressão BECK
BDI – Inventário de Depressão BECK
BAI – Inventário de Ansiedade BECK
BHS- Escala de Desesperança BECK
BDI – Inventário de Depressão BECK
A ideia de traduzi-las e adapta-las para outro idioma e para um pais , com diferentes características socioculturais, implicava a possibilidade de dificuldades a serem enfrentadas.

Logo, os itens foram submetidos a uma analise teórica (analise semântica) – visa estabelecer a compreensão dos itens, que este é feito por juízes.

Os juízes foram: quatro psicólogos clínicos e quatro psiquiatras. Obs.: a versão final contou com a colaboração de uma tradutora, para garantir a equivalência idiomática das expressões utilizadas.

A seguir foi testada a equivalência linguística das duas versões – português e inglês – em uma amostra de 32 sujeitos bilíngues da população geral, administrando os quatros instrumentos, em teste e reteste, com três dias de intervalos e variando a ordem de apresentação dos dois idiomas, nas duas metades da amostras
Amostragem para estudos com a versão em português: três amostras – uma, constituída por pacientes psiquiátricos, outra por pacientes de clinica medica e por fim amostra não clinica. Dando um total de 4.395 sujeitos.
Características psicométricas
Amostra psiquiátrica
Amostra Médico - clínico
Amostra - não clinica
Verificar a existência ou não de efeitos dos fatores.
A mediana da idade foi calculada dentro de cada amostra, sendo de 38, na amostra psiquiátrica, 44 na amostra medico - clinica e 23 na amostra não – clinica.
Variação dos escores, conforme amostra, sexo e idade
Escores do BDI – depressão
Escores do BAI - Ansiedade
Escores BHS – desesperança
Esse estudo não foi desenvolvido com a BSI pois o manual é bastante explicito ao afirma que “ o uso mais apropriado para o BSI é com pacientes psiquiátricos adultos” (Beck & Seer, 1991, p.5)

Escores BSI – Ideação Suicida
Fidedignidade do BDI – depressão
Amostra médico - Clínico
Amostra não - Clínica
ITENS
A Escala de Ideação Suicida surgiu de uma necessidade de criar uma versão de auto relato com conteúdo idêntico ao SSI;
CONTEÚDO
Os dados demonstraram a adequabilidade da tradução, para o português.

Ao examinar as médias de aplicação no Brasil, percebeu-se que os valores eram mais elevados, o que provavelmente se deva a fatores sócio-culturais.

“Deste modo, embora o estudo dos pontos de corte não se tenha constituído como objetivo do projeto inicial, tonou-se uma tarefa necessária.” (p. 57)

PONTOS DE CORTE
Como calcular pontos de corte?
ZEUA = PC – XEUA / DPEUA

A partir do score ZEUA, foi possível calcular o ponto de corte para a versão em português através da seguinte fórmula:

PCBr = XBr +ZEUA x DPBr
BDI – Inventário de Depressão BECK
BDI – Inventário de Depressão BECK
BDI – Inventário de Depressão BECK
BAI – Inventário de Ansiedade BECK
BAI – Inventário de Ansiedade BECK
BHS- Escala de Desesperança BECK
BHS- Escala de Desesperança BECK


“Como não é classificada em níveis, não são apresentados pontos de corte.” (p.78)

BSI – Escala de Ideação Suicida BECK
VALIDADE DE CONTEÚDO
BDI (Beck Depression Inventory) – Inventário de Depressão Beck

Os critérios na construção dos itens da BDI estão pautados nas características sintomatológicas de um episódio de depressão maior descritas no DSM-III e DSM-IV.

1. Humor deprimido;
2. Perda de interesse ou prazer;
3. Perda ou ganho de peso, ou diminuição ou aumento de apetite;
4. Insônia ou hipersonia;
5. Fadiga ou perda de energia;
6. Sentimento de inutilidade ou culpa excessiva;
7. Capacidade diminuída de pensar ou concentrar-se;
8. Agitação ou retardo psicomotor;
9. Pensamentos de morte recorrentes.

VALIDADE DE CONTEÚDO
BAI (Beck Anxiety Inventory) – Inventário de Ansiedade Beck

Os critérios na construção dos itens da BAI estão pautados nas características sintomatológicas da ansiedade, especialmente o transtorno do pânico e ansiedade generalizada.

VALIDADE DE CONTEÚDO
BHS (Beck Hopelessness Scale) – Escala de Desesperança Beck

Os itens representam um concepção teórica da desesperança enquanto um “sistema de atitudes negativas referentes ao futuro da pessoa”. (pág. 42)
Foi validade foi aferida a partir das expectativas do pacientes depressivos frente ao conteúdo.

VALIDADE DE CONTEÚDO
BSI (Beck Scale for Suicide Ideation) – Escala de Ideação Suicida Beck

Os itens mensuram “atitudes, planos e comportamentos pertinentes à ideação suicida”. (pág. 42)


VALIDADE CONVERGENTE
BDI (Beck Depression Inventory) – Inventário de Depressão Beck

Correlação com a Escala de Depressão de Hamilton;
Em 6 amostras clínicas foi constatado uma correlação entre 0,40 em 113 pacientes com episódio depressivo maior, e 0,87 em 105 alcoolistas, todos com significantes níveis de p<0,001.
VALIDADE CONVERGENTE
BAI (Beck Anxiety Inventory) – Inventário de Ansiedade Beck

Obteve uma correlação com o IDATE verificando uma relação significante com A-Traço (r=0,78; p<0,001) e com A-Estado (r=0,76; p<0,001).



VALIDADE CONVERGENTE
BAI (Beck Anxiety Inventory) – Inventário de Ansiedade Beck

Obteve uma correlação com o IDATE verificando uma relação significante com A-Traço (r=0,78; p<0,001) e com A-Estado (r=0,76; p<0,001).
VALIDADE CONVERGENTE
BHS (Beck Hopelessness Scale) – Escala de Desesperança Beck
VALIDADE CONVERGENTE
BSI (Beck Scale for Suicide Ideation) – Escala de Ideação Suicida Beck
VALIDADE DE CONSTRUCTO
BDI (Beck Depression Inventory) – Inventário de Depressão Beck
VALIDADE DE CONSTRUCTO
BAI (Beck Anxiety Inventory) – Inventário de Ansiedade Beck
VALIDADE DE CONSTRUCTO
BHS (Beck Hopelessness Scale) – Escala de Desesperança Beck
VALIDADE DE CONSTRUCTO
BSI (Beck Scale for Suicide Ideation) – Escala de Ideação Suicida Beck
Validade Fatorial - BDI

Em uma análise fatorial, com rotação varímax, em uma amostra com 97 pacientes com dependência de álcool, foi possível extrair 3 componentes: (1) caráter afetivo – 8 itens; (2) preocupações – 8 itens; e (3) desinteresse pela vida – 5 itens.


Validade Fatorial – BAI

A extração identificou 4 subescalas, a saber: (1) subescala neurofisiológica; (2) subescala subjetiva; (3) subescala de pânico; e (4) subescala autonômica. Os dados obtidos com 379 pacientes com transtorno de ansiedade.


Validade Fatorial – BHS

A extração identificou 3 fatores: (1) sentimento a respeito do futuro; (2) falta de motivação; e (3) expectativas futuras, em uma amostra de 294 pacientes com tentativa de suicídio.

Validade Fatorial – BSI

Em um estudo com 126 pacientes internados com uma descrição de “ideação suicida” constatou-se a presença de 5 fatores: (1) Intensidade de ideação suicida; (2) Desejo ativo de suicídio; (3) Planejamento; (4) Desejo passivo de suicídio; e (5) Ocultamento.


Princípios Éticos

A American Psychological Association (APA) publicou em 1953 o primeiro guia de princípios éticos. A APA (1992) delineou 6 padrões básicos a serem observados desde a formação até a prática profissional, a saber: (1) Competência; (2) Integridade; (3) Responsabilidade científica e profissional; (4) Respeito pela dignidade e direitos das pessoas; (5) Preocupação com o bem-estar do outro; e (6) Responsabilidade social.
Resolução CFP Nº 002/2003 – Dispõe sobre o regulamento e uso, a elaboração e a comercialização de testes psicológicos.

Código de Ética profissional do Psicólogo.

SATEPSI – Conselho Federal de Psicologia

http://satepsi.cfp.org.br/listaTeste.cfm?status=
Full transcript