Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Grupo Beta: O Petróleo

No description
by

Eduardo Vaz

on 6 December 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Grupo Beta: O Petróleo

Grupo Beta: O Petróleo
Definição do Petróleo
História
A Formação
Teoria Orgânica: Esta é a teoria tradicional da formação do petróleo. Ela afirma que desde o surgimento da matéria orgânica na Terra, todos os restos deste material (através dos fatores erosivos muito comuns na época, como as tempestades) terminam no ambiente marítimo. Ali, ocorre sua decantação e, juntamente com toda matéria orgânica morta produzida pelo mar, tudo vai para as áreas mais profundas do oceano. Assim, o petróleo é formado pelo processo de decomposição da matéria orgânica: restos vegetais, algas, alguns tipos de plâncton e restos de animais marinhos - ocorrido durante centenas de milhões de anos da história geológica da Terra.

No oceano, toda essa matéria orgânica forma o que se chama de rocha sedimentar. Neste local só existe a ação de bactérias anaeróbias, que possibilitam, funcionando como catalizadores, diversas reações químicas, que formam um líquido que se aloja no interior das rochas sedimentares, o petróleo. Outro fator fundamental para a formação do líquido é a ação da pressão e da temperatura no ambiente oceânico, que deve ocorrer por milhares de anos.

O processo de conversão da matéria orgânica em petróleo é chamado de maturação, e pode ser dividido em três etapas:

- Diagênese: Logo após a deposição, tem início a decomposição bioquímica da matéria orgânica, gerando o metano. Com o aumento de pressão e temperatura, a matéria orgânica se quebra e se transforma em uma substância chamada querogênio.
- Catagênese: também chamado de craqueamento, o aumento da pressão faz o querogênio se alterar e a maioria do óleo cru é formado. Durante essa fase as moléculas maiores irão se dividir em moléculas menores e mais simples.
- Metagênese: no estágio final de formação do querogênio e do óleo cru produz-se gás natural, principalmente na forma de metano.
Pré-Sal
- O Pré-Sal se localiza abaixo da camada de sal
- Pré-Sal não é composto de Sal
- Composto por rochas paradas há milhares de anos
- No interior das rochas há petróleo
- 150 milhões de anos
Ligação Di-polo induzido
A forma com que duas moléculas apolares se liguam é conhecida como dipolo induzido, ela acontece quando uma molécula apolar é influenciada por um átomo muito eletro-negativo e tem sua eletrosfera desistabilizada se tornando polar e podendo se ligar com outras moléculas, isso também pode acontecer por acaso, sem a influência de outros átomos
Água e petróleo
O petróleo não se mistura na água e nem afunda, pois o petróleo é um Hidro-carboneto, sendo assim é apolar, e a água não tem eletronegatividade suficiente para induzilo a se tornar polar, dessa forma não existe força de atração intermolecular entre a água e o petrólro. O petróleo também não afunda na água por possuir uma dencidade menor que está e dessa forma não tem força para quebrar a tensão superficial da água.
Derivados
A partir do petróleo podemos obter várias substâncias (derivados), realizando a destilação.
quando substâncias de pontos de ebulição diferentes se encontram na mesma mistura e esta é aquecida, conseguimos separar as diferentes substâncias.
um exemplo é o petroleo, podemos conseguir a gasolina, o querosene, o oleo diesel etc.
O petróleo resulta da decomposição, ao longo do tempo, de matéria orgânica - resíduos vegetais e animais marinhos, entre outros. Esta matéria orgânica vai-se transformando à medida que é exposta a diferentes pressões e temperaturas, dependendo da profundidade a que se encontra.
Com o passar do tempo as deposições de matéria orgânica vão sendo sujeitas a um aumento de temperatura e pressão, originado pelo peso das camadas de sedimentos depositadas por cima. A transformação da matéria orgânica está assim dividida em quatro fases distintas:

- 1,6 trilhão de metros cúbicos de gás e óleo.
- Reservas de petróleo no pré-sal são 5 vezes toda a reserva nacional
- O grande dilema está na tecnologia que o Brasil não tem e o custo é altissimo.

"Para a petrobrás perfurar 7 mil metros quadrados emprega tanto ou mais tecnologia do que mandar um homem para o espaço" (Petrobrás/ Campus Party 2013)
No Brasil
Gasalina
oleo à diesel
plástico
Geografia do Petroleo
O Petróleo e a água

- As moléculas de água então atraídas umas pelas outras por "pontes de hidrogênio", que é o tipo mais forte de ligação polar. Isso significa que é muito difícil separar uma molécula da outra.

- Uma molécula apolar, por outro lado, precisa de muito menos energia para se separar de sua vizinha. Mas para a água se dissolver no petróleo (e vice-versa), as moléculas de água precisam se afastar para que as presentes no petróleo fiquem no meio delas (se misturando).

- Como a interação entre o petróleo (apolar) e água (polar) é fraca, então não há energia suficiente para separar as moléculas de água. Logo, essas substâncias não se misturam.
" A colisão entre as placas Arábica e Eurasiana criou muitas dobras nas camadas do subsolo onde o petróleo se deposita", afirma o geólogo Peter Szatmari, da Petrobrás

Extração do Petroleo
Perfuração:

- Um cabo de aço é colocado em profundidade até atingir a jazida de petroleo, o poço é furado e naturalmente a pressão manda o óleo para a superfice. Quando o impulso natual acaba, meios artificiais como aumentar a pressão com bombas eletricas são usados para trazer petroleo.
Composição
O petróleo é composto de 80 até 90% de carbono, 10 até 15% de hidrogênio, até 5% de enxofre, até 4 % oxigênio e até 2% de nitrogênio (é composto por hidrogênio e não-hidrogênio).

Bibliografia:
http://mundoestranho.abril.com.br/materia/por-que-ha-tanto-petroleo-no-oriente-medio
http://jovemnerd.ig.com.br/nerdcast/nerdcast-326-breve-historia-do-petroleo/
http://blogdofavre.ig.com.br/wp-content/uploads/2008/04/petroleo_reservas.gif
http://www.infoescola.com/geografia/petroleo-na-camada-pre-sal/
http://3.bp.blogspot.com/-ZWUBHoDZxhA/UgBVCMwGRaI/AAAAAAAAA_U/gCbo_seOklQ/s1600/tipos-plataforma.jpg.jpg
http://diariodopresal.files.wordpress.com/2009/01/torre-de-fracionamento-de-petroleo1.png
http://www.galpenergia.com/PT/investidor/ConhecerGalpEnergia/Os-nossos-negocios/Exploracao-Producao/fundamentos-engenharia-petroleo/Paginas/Origem-e-composicao-do-petroleo.aspx
http://petroleo.50webs.com/formacao.htm
Full transcript