Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Ética a Nicômaco, livro IV

Ética a Nicômaco, livro IV
by

Patrícia Santos

on 30 April 2010

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Ética a Nicômaco, livro IV

O cara 11 INVESTIGAÇÕES FILOSÓFICAS biologia zoologia física história natural poética psicologia Disciplinas filosóficas ética teoria política estética metafísica I II ESPIRITUOSIDADE FALTA SOBRA EQUILIBRIO VIRTUDE x EMOÇÕES lazer e entretenimento repouso III formas de excelência moral VERGONHA - EMOÇÃO x CONTINÊNCIA x IMPUDÊNCIA
disposição da alma Riqueza Liberalidade - Nobilitante
- Não sofrem
- Disposição Prodigalidade - Irreflexão
- Fontes e pessoas erradas
Avareza - Incurável Magnificência - Grande escala
- Necessariamente liberal
- Não pode ser pobre Excesso - Não tem objetivos nobilitantes Mesquinharia - Excesso de contas
- Lamentação & Livro "O Idiota" “Isso, meu caro, há muito vem me deixando louco, e eu quero o dinheiro. Uma vez com o dinheiro, saiba que eu serei um homem original no supremo grau da palavra. O dinheiro é mais abjeto e odioso porque ele dá talento”

(Gánia Ívolguin)
Para Dostoiévski, "o dinheiro é um fator de reformulação, desintegração e destruição do psiquismo humano"

(Paulo Bezerra) Príncipe Míchkin: um idiota liberal? Excesso de Ambição: Sem Ambição: Meio termo da Ambição: Excesso de Raiva: Falta de Raiva: Meio Termo da Raiva: Magnanimidade
GRANDES OBJETIVOS
Pessoas magnânimas
Não adianta apenas aspirar a grandes coisas, é preciso também estar À ALTURA DELAS

Se a magnanimidade é o ‘meio-termo de ouro’ para Aristóteles, ou seja, uma forma de excelência moral, quais são seus extremos?

FALTA DE : Pessoas pusilânimes
EXCESSO DE: Pessoas pretensiosas
Há ainda as pessoas insensatas e as moderadas.

Características de pessoas magnânimas
•Ter grandes ambições
•Aspiram a feitos nobilitantes
•As melhores merecem mais
•Não podem ser má
•A ‘sorte de hoje’ não interfere
•A ‘sorte de nascimento’ as tornam ainda mais magnânima, desde que seja boa
•Gostam de fazer benefícios, mas não recebê-los
•São altivas no trato com outras pessoas magnânimas e corteses em relação a pessoas moderadas


OUTRAS
•Não ambicionam coisas que não sejam a primeira
•Poucos feitos, porém grandes e notáveis
•Não temem
•Franqueza
•Superação dos erros
•Não são de muitas palavras

Pessoa magnânima
Segundo os conceitos contidos em ‘Ética a Nicômaco’, um exemplo perto de ser considerado magnânimo é...

FRASES DE GANDHI
•‘Aqueles que têm um grande autocontrole, ou que estão totalmente absortos no trabalho, falam pouco. Palavra e ação juntas não andam bem. Repare na natureza: trabalha continuamente, mas em silêncio’.

RESSALVA
•‘(...) um exemplo perto de ser’

Pessoas amáveis Pessoas intratáveis ‘Boas amigas’ Jactanciosas Falsas Modestas Sinceras
Full transcript