Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

David Ausubel e a Aprendizagem significativa

No description
by

Maria Fernanda Diogo

on 28 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of David Ausubel e a Aprendizagem significativa

Vygotski foi o primeiro
psicólogo moderno a sugerir que a cultura se insere na natureza das pessoas.
Os processos sócio-históricos interferem nas funções cognitivas.

A cultura amplia as possibilidades naturais e transforma formas de pensar.
Vygotski demonstrou que a criança internaliza signos culturais por meio da linguagem e que seus processos afetivos e cognitivos são determinados por seu ambiente cultural e social.
(VEER; VALSINER, 2001)


A internalização é um processo ativo.
Não há condicionamento direto.
Onde entram
as emoções na
Psicologia Sócio Cultural?
Abordagem holística:
entende a pessoa como totalidade, NÃO separa interno/externo; corpo/mente; cognitivo/afetivo [dualismo cartesiano].
Profa. Maria Fernanda Diogo
Semana da Pedagogia FMP - novembro de 2014

As emoções na Teoria Sócio Cultural
A aprendizagem desenvolve as Funções Psicológicas Superiores
MEDIAÇÃO
SOCIAL
Conceito central para a compreensão de Vygotsky acerca do funcionamento psicológico superior
Emoções e sentimentos englobam o campo da afetividade, envolvendo as relações humanas consideradas espontâneas.
Sendo assim, são relacionais.
(MAHEIRIE, 2003)
Como se desenvolvem
as emoções?
Emoções são Funções Psicológicas Superiores:
No bebê, são predominantemente biológicas/fisiológicas. Gradativamente, passam a ser mediadas pelos signos sociais e se transformam em fenômeno histórico e cultural.
Para Smirnov (1978), a maneira do ser humano reagir às coisas, aos acontecimentos e às pessoas é definida pelas emoções e sentimentos.
O desenvolvimento histórico das emoções consiste na alteração das conexões iniciais, produzindo uma nova ordem e novas conexões.
(VYGOTSKI, 2004, p. 127)
O aspecto emocional do
individuo não tem menos importância do que os outros aspectos e é objeto de preocupação da educação nas mesmas proporções em que o são a inteligência e a vontade.
(VYGOTSKI, 2000, p. 146)
A emoção
não é uma ferramenta
menos importante que o pensamento. A preocupação do professor não deve se limitar ao fato de que seus alunos pensem profundamente e assimilem a matéria, mas também que a sintam.
(VYGOTSKI, 2003, p. 121)
A integração do
cognitivo e do afetivo é uma
ideia presente em muitos dos
trabalhos de Vygotski .
(GONZALEZ REY, 2000)

[O pensamento] é gerado pela motivação, isto é, por nossos desejos, necessidades, interesses e emoções.
Por trás de cada pensamento há uma tendência afetivo-volitiva.
(VYGOTSKI, 2005, p. 187)
As reações emocionais exercem uma influência essencial e absoluta em todas as formas de nosso comportamento e em todos os momentos do processo educativo. Se quisermos que os alunos aprendam melhor, devemos fazer com que essas atividades sejam emocionalmente estimuladas. A experiência e a pesquisa têm demonstrado que um fato impregnado de emoção é recordado de forma mais sólida, firme e prolongada que um feito indiferente.
(VYGOTSKI, 2003, p.121)
Como usar
a afetividade
em prol da cognição?
O professor precisa ser um mediador competente entre o aluno e o conhecimento, alguém crie situações significativas para aprendizagem, provoque desafio intelectual, utilizando-se principalmente das relações afetivas.
O professor é o
elo que possibilita a formação integral
do aluno e tem o dever de refletir e questionar constantemente sua prática pedagógica.
Estou construindo uma relação afetiva com meus alunos?
Até que ponto efetivamente me importo com a aprendizagem de meus alunos?
As aprendizagens que estou propondo são significativas, baseadas nas experiências e conceitos espontâneos que as crianças trazem de casa?
Lembrem-se:
O PROFESSOR NÃO EMPREGA SOMENTE AQUILO QUE ELE SABE, MAS TAMBÉM AQUILO QUE ELE É.
Sentimentos contemplam estados mais estáveis da afetividade, como amor, felicidade ou ódio.
Emoções se caracterizam pelo caráter mais volátil, como a paixão, a alegria, a raiva.
Não dá para ensinar
pensando apenas na cabeça do aluno,
pois seu coração também é importante
Full transcript