Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O sistema feudal

No description
by

Kieran Bragança

on 2 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O sistema feudal

Social
SOCIEDADE ESTAMENTAL
(3 ORDENS)
hierarquizada e tripartida;
O sistema feudal
Perspectivas
Cultural
Econômica
Política
Religiosa
Intermediários entre Deus e o homem
Poder ideológico e político
Cavaleiros
Aristocracia
das cidades
do campo
- TRABALHADORES "SERVOS"
- NOBREZA
- CLERO
Torneios
:
Fontes de riqueza e prestígio de cavaleiros da alta e baixa nobreza
Os servos eram submetidos a:
- extrema pobreza;

- falta de mobilidade social;

- reclusão à terra;

- manipulação pela religiosidade.

- impostos (tributos) diversos;
Dízimo:
10% da produção "doado" à Igreja;

Capitação
: imposto por ter nascido, pago anualmente;

Corvéia:
trabalhos gratuitos feitos periodicamente;

Talha:
parte da produção servil era dada ao senhor feudal;

Banalidade:
imposto pago pela utilização de ferramentas e instalações do feudo (pontes, moinhos etc);

Formariage:
pago pelo ato de casamento entre servos;

Mão morta:
indenização paga pela família de um servo morto;

Albergagem:
obrigação de abrigar o senhor feudal e seus soldados em caso de necessidade;

Prima nocte:
em algumas regiões, a primeira noite de núpcias da noiva serva era com seu senhor feudal.
HERANÇAS DA ANTIGUIDADE
ROMANA
GERMÂNICA
FRAGMENTAÇÃO DO PODER;
descentralização
COLONATO (Arrendamento da terra)
deu origem aos laços de servidão
COMITATUS
(Relação de lealdade/fidelidade);
o líder era baseado no exemplo
BENEFICIUM
(Recompensas dadas aos guerreiros que se destacavam);
dominium
(terras)
deu origem aos laços de suserania e vassalagem;
AGRICULTURA AGROPASTORIL;
- Baseada na oralidade
resultando em
Analfabetismo
- Focada no Teocentrismo
manifestado na
Arquitetura
Arte
como
Castelos
Igrejas
Esculturas
Vitrais
como
CRISTIANISMO;
Baseada
no
FEUDALISMO
ocorre no
FEUDO
por meio
da agricultura de subsistência;
do comércio nas feiras
escambo monetarização.
Composição
do feudo:
Manso senhorial;
Manso servil;
Manso comum ou terras comunais.
- Representada pelos
Reis
Senhores Feudais
Subordinados a um
LAÇOS DE SUSERANIA E VASSALAGEM
Suserano
Vassalo
aquele que doa terras
aquele que jura fidelidade
Senhor feudal
Servo
oferece moradia, proteção e subsistência
trabalha na terra e paga impostos
- LAÇOS DE SERVIDÃO:
A cerimônia de juramento de fidelidade era chamada de
Homenagem

- Igreja Católica (ferramenta de poder);
gestora do
formadora de
Tribunal do
Santo Ofício
Monopólio da
cultura letrada
(Santa Inquisição)
Medos
Regras
Imaginário
A Inquisição
- Tinha como principal função a investigação, o julgamento e a condenação de hereges;
- Heresia:
haeresis
, do latim, significa "capacidade de escolher". Era o ato de se opor a doutrina católica.
- Funcional a partir do século XIII;
- Regras:
- Medos:
- Imaginário:
criaturas fantásticas;
animais ferozes;
regiões inexploradas e o
medo do desconhecido.
da noite "das trevas"
da condenação da alma (purgatório);
do inferno e do demônio;
da excomunhão da Igreja;
da heresia.
padrões de comportamento;
normas de conduta;
coerção religiosa;
Deus: a explicação para tudo.
*
As igrejas eram vistas como centros de segurança e proteção
(da nobreza para a nobreza)
- Universalismo da Igreja: (cada senhor feudal manda em suas terras, desde que não enfrente os dogmas da Igreja)
da autosuficiencia (quase sem excedentes);
Full transcript