Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

"Em louvor da santa objetividade"

No description
by

Beatriz Branco

on 27 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of "Em louvor da santa objetividade"

OBJETIVIDADE
E ENTÃO, O QUE É
?
TEORIA DA NOTÍCIA
Estudo do texto
"Em Louvor da Santa Objectividade"
de
Mário Mesquita
Nasceu em 1950
Ponta Delgada
Açores
Começou a carreira profissional no jornal
A República
Foi diretor principal do
Diário de Notícias
e
Diário de Lisboa
Criou e desenvolveu a Licenciatura em Jornalismo da Universidade de Coimbra
Foi professor da
Universidade Nova de Lisboa
"A actual crise dos media"
“A problemática focada nesta intervenção é a
objetividade jornalística
no atual contexto dos media e que corresponde ao propósito algo provocatório de estimular o debate acerca de um conceito que muitos jornalistas já arrumaram no sótão, entre as velharias sem préstimo.”
Mário Mesquita, O quarto equívoco
Objetividade
O seu surgimento remonta para o Século

O conceito objetividade surge paralelo à emergência das ciências experimentais associadas à doutrina Positivista

As ciências experimentais fazem apelo a conceitos como o rigor, exatidão, observação e é nesse contexto que surge o conceito
“objetividade”
" Fenómenos que se prestam à observação e à experimentação"
" Uma realidade que aparece aos sentidos e à qual a percepção atribuiu uma natureza real"
XVIII
O surgimento do conceito
Georges Thinès e Agnés Lempereur
O surgimento do conceito
no Jornalismo
No jornalismo o conceito objectividade
apenas surge no século XIX
FASE INDUSTRIAL
DA IMPRENSA
Nesta época o jornalismo recebe um impulso que está na origem de alterações de ordem social, económica e política
Esse impulso cria novas concepções em termos do conteúdo da imprensa
Surgimento de uma imprensa
informativa ao invés da
imprensa de propaganda
“ Este novo paradigma será a luz que viu nascer valores que ainda hoje são identificados com o jornalismo: as notícias, a procura da verdade, a independência, a objectividade e uma noção de serviço público”
Nelson Traquina, in "O que é o Jornalismo"
O QUE É A OBJETIVIDADE?
"Conjunto de deveres e regras de natureza ética de uma classe profissional”
Deontologia
"Estudo ou tratado dos deveres ou das regras de natureza ética”
http://www.priberam.pt
t
“Se a tradição norte-americana aponta no sentido da vinculação do jornalista a um dever de objectividade, no espaço europeu – em especial no espaço francófono – os jornalistas tendem a evitar o conceito”
Mário Mesquita, O Quarto Equívoco
O DEVER DO
JORNALISTA
PARA COM A OBJETIVIDADE CRIA ALGUNS
PROBLEMAS
A objetividade limita a
criatividade
do jornalista
Recusa algo fundamental ao jornalista –

a cidadania

– colocando-o na posição de um mero observador moralmente descomprometido
"
A objetividade não existe,
a honestidade sim"
Humbert Beuveu-Méry, Fundador do Le Monde
Jornalista Português
passando a desviada para outros conceitos
A objetividade torna-se num conceito
demasiado complexo a ser discutido,
"O jornalista deve relatar os factos com rigor e exatidão e interpretá-los com honestidade"
Código Deontológico do Jornalismo , 1993
"Enquanto os argumentos acerca da objectividade são intermináveis o conceito de fairness é algo que os editores podem facilmente compreender e cumprir"
Livro de Estilo do Washington Post
Objetividade da Retórica e na Investigação
A objectividade é vista como um conjunto de normas investigativas e estilísticas, como um modo de conduzir a investigação jornalística. Para tal faz-se apelo ao uso de estratégias que tornam a investigação mais próxima do conceito objectividade que na verdade se apresenta como não atingível mas que deve ser tomado em conta no modo de actuação jornalística.
"Com o tempo, a ideia de objectividade assumiu o carácter de doutrina deixando de ser um compromisso ético e transmudando-se para um “receituário para a acção""
José Marques de Melo
Gaye Tuchman
Objectivity as Strategic Ritual: An Examination of Newsmen's Notions of Objectivity
Critica a objetividade como uma idealização
Apresenta a objetividade como um ritual que deve operar a prática jornalística
A objetividade numa perspectiva normativa que protege os jornalistas dos riscos da sua profissão
Algumas estratégias propostas por Tuchman:
Apresentar possibilidades conflituais
Apresentar provas auxiliares
Usar aspas
Estruturar a informação numa sequência apropriada
Apresentar possibilidades conflituais
Apresentar provas auxiliares
Usar aspas
Estruturar a informação numa sequência apropriada
Objetividade e Subjetividade
"A objetividade é a atitude (quanto à pessoa) ou o método (quanto à aproximação) que permite ligar a realidade à verdade, ver “as coisas como elas são”, e não é de forma nenhuma realizada por uma política de informação que vise apenas o equilíbrio e a neutralidade. A realidade, em si mesma, é brutal, excessiva, conflitual.”
Daniel Cornu, 1994
O
jornalista
como pessoa
“O
jornalista
tem direito à subjectividade enquanto investigador, narrador e autor"
“Os factos não existem independentemente de quem os apreende”
Mário Mesquita, in O quarto equivoco
O
jornalista
, o público e a objetividade
"A tarefa fundamental do jornalista consiste em servir o direito do povo a uma informação verídica e autêntica através de uma aproximação honesta à realidade objetiva"
Declaração de princípios universais da UNESCO, 1983
Objetividade como linha orientadora da prática jornalística
A Subjetividade
"Seria um erro tão grave quanto o da crença na objetividade, acreditar que há, em contrapartida,
uma subjetividade pura.”
Isabelle Anchieta de Melo, in A defesa de uma nova objetividade jornalística: a intersubjetividade
“As noticias não contam as coisas como elas são, mas contam as coisas segundo o seu significado”
(Bird e Dardente, in Traquina p. 267, 1993), Isabelle Anchieta de Melo, in A defesa de uma nova objetividade jornalística: a intersubjetividade
"A melhor objetividade no jornalismo, é então uma justa, transparente e equilibrada intersubjetividade. Quando o jornalismo busca a objetividade, está buscando estabelecer um campo intersubjetivo crítico entre os agentes que aí atuam: os sujeitos que produzem o facto, o que o observam e o reportam, e os que tomam conhecimento do facto por meio do relato”
(Bucci, p. 93-94, 2000) in sabelle Anchieta de Melo, in A defesa de uma nova objetividade jornalística: a intersubjetividade
Nem objetividade, nem subjetividade
Objetividade como intersubjetividade
“O ‘contrato de recepção’ que o jornalista implicitamente celebra com o leitor pressupõe uma ‘conduta de objetividade’ que o distinga do ficcionista, do ator de teatro e de cinema, do relações públicas e do publicitário. Sem esse compromisso com o ‘real’, o jornalista destrói a razão de ser da sua existência e dilui-se no vasto oceano dos outros géneros de comunicação.”
Mário Mesquita, in O quarto equivoco
Full transcript