Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Diálogo entre o Coro e Xerxes

No description
by

Margarida Clifford

on 23 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Diálogo entre o Coro e Xerxes

Diálogo entre o Coro
e Xerxes

na tragédia Os Persas (276a.C.) de Ésquilo
Margarida Patrocínio nº17
Maria Ramalho nº21
Patrícia Relvas nº22
Daniela Carrageta nº30
Prof. Maria João
Disciplina de História da Cultura e das Artes
Introdução
Nos vários slides que se seguem, iremos falar do monólogo escrito por Ésquilo no ano 472 a.C. ( século V a.C ).
No monólogo destacam-se as personagens: Coro (anciãos persas) e Xerxes (jovem rei Persa). A ação toma lugar na praça do palácio na cidade de Susa, capital do reino Persa.
O assunto deste monólogo trata-se da invasão dos Persas à Grécia e a batalha de Salamina.
Ésquilo
Busto de Ésquilo, Museus Capitolinos, Roma.
Ésquilo foi um dramaturgo, frequentemente idolatrado como o pai da tragédia. Nasceu em Atenas a 525 a.C, numa família Nobre, e estima-se que a sua morte se deu a 465 a.C.
Dedicou-se desde muito cedo à poesia e ao teatro e foi o fundador das trilogias e da tragédia grega. Os seus enredos eram baseados nos mitos e nas lendas heroícas. Foi autor de 90 peças, das quais apenas 7 são conhecidas.
De que fala Xerxes no monólogo?
Porquê?
O que há de especial neste monólogo é que é tratado do ponto de vista dos vencidos, ou seja, os persas.
Xerxes inicia o diálogo desvalorizando-se a si próprio por não ter tido capacidade e fortaleza para derrotar o exército grego, sentindo-se responsável pela derrota do seu país, porque obedeceu ao seu orgulho e deixou o seu exército nas costas de Salamina.
Rei Xerxes I
Como lhe responde o Coro?
Porquê?
O coro respondia a Xerxes em forma de consolo, a pedido da mãe e da alma do seu pai, pois o exército Persa teria perdido contra os Gregos.
Como Xerxes se sentia desvalorizado, devido à derrota, a sua mãe pediu aos anciãos que o confortassem e que afirmassem que ele , embora tivesse perdido fê-lo com honra.
Busto da Rainha Atossa
Friso Do Rei Dario
Que sensações provoca no público?
Full transcript