Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

POP ART

No description
by

Sarah Aguiar

on 28 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of POP ART

POP ART
ROTEIRO
Pryscilla Matos - Introdução (Surgimento e Características)
Sarah Aguiar - Reino Unido e Estados Unidos
Ramille Freire - Pop Art no Brasil
Ana Carolina Rabelo - Contemporâneo








Reino Unido

Contexto histórico
Independent Group (IG)
Arte que atingisse as grandes massas
Estados Unidos
Pop Art Brasileira
Chegou na década de 60 ao Brasil
Era usada como forma de denúncia à ditadura
Feita muitas vezes com materiais alternativos e reaproveitados
Com predominância a temática social dos anos 60
Surgimento
Características Estéticas
Materiais derivados das novas tecnologias da época (gomaespuma, poliéster, acrílico, etc)
Produtos com cores intensas, vibrantes, fluorescentes e brilhantes
Recortes de revistas
Anúncios e cartazes publicitários
Serigrafia
Vanguarda se manifestou principalmente em pinturas e esculturas
Artistas Principais
Década de 50, Inglaterra.
Repercussão na década de 60, Estados Unidos.
Termo cunhado por Lawrence Alloway
Objetivo: Admitir crise de arte e demonstrar massificação da cultura popular capitalista.
Modernidade para Pós-Modernidade.
Dadaísmo e Surrealismo.
"Just what is it that makes today's homes so different, so appealing?"
Richard Hamilton
(1922-2011)
O que torna nossos lares de hoje tão diferentes? Tão atraentes?
Vanessa Kuboyama
"Hoje em dia, a sociedade está se tornando muito consumista. Quanto mais coisas de valor você tiver em sua casa, 'melhor' você será. Você usando roupa de marca, te acham superior aos outros que não tem! A sociedade do consumo está afetando cada vez mais e é isso que está tornando os lares tão "atraentes", tão "diferentes". O que torna tudo isso diferente são as coisas que tem. Mas se pensarmos um pouco, o que importa não é o que temos, mas sim o que somos. Mas a sociedade não está pensando assim, ela é uma sociedade consumista que quanto mais você tem, melhor você será."
Eduardo Paolozzi
I was a Rich Man's Plaything (1947)
Red Rose Speedway (1973)
Dr. Pepper (1948)
Real Gold (1949)
Meet the people (1972) from Bunk!
Richard Smith
Gift Wrap (1963)
Panatella (1961)
Peter Blake
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (1967)
The First Real Target (1961)
Stop the Clocks (2006)
Trabalhavam isoladamente
Exposições de 1963
Referências: Colagens tridimensionais de Robert Rauschenberg e imagens planas de Jasper Johns
Principais Artistas
Tom Wesselmann
Great American Nude series (1961)
Claes Oldenburg
Floor Burger (1962)
Clothespin (1976)
James Rosenquist
President Elect (1961)
Nomad (1963)
White Bread (1964)
Roy Lichtenstein
Whaam! (1963)
Drowning Girl (1963)
Oh, Jeff...I Love You, Too...But... (1964)
Look Mickey (1961)
Andy Warhol
O maior representante da vanguarda
Desenho, pintura, gravura, fotografia, serigrafia, escultura, filme e música.
Reprodução mecânica
Curiosidades
"O que é ótimo nesse país é que os Estados Unidos começou uma tradução onde os consumistas mais ricos compram essencialmente as mesmas coisas que os mais pobres. Você pode estar assistindo TV e ver Coca-Cola, e você sabe que o Presidente bebe Coca-Cola, Liz Taylor bebe Coca-Cola, e pense bem, você pode beber Coca-Cola também. Uma Coca é uma Coca e nenhuma quantia de dinheiro pode lhe dar uma Coca melhor do que a que o mendigo da esquina está bebendo. Todas as Cocas são a mesma e todas as Cocas são boas. Liz Taylor sabe, o Presidente sabe, o mendigo sabe, e você sabe." -A.W.
Coca-Cola 5 bottles (1962)
Triple Elvis (1963)
Jacqueline Kennedy I
(1966)
Obras Marcantes
Marilyn Monroe (1967)
Che Guevara (1962)
Big Campbell's Soup Can
19c Beef Noodle (1962)
Pelé, Brazilian football player (1977-78)
Velvet Underground Cover (1976)
Michael Jackson (1984)
Cláudio Tozzi
Eu bebo chop ela pensa em casamento (1968)
Guevara, vivo ou morto (1967)
Multidão (1968)
Bandido de luz vermelha (1967)
Rubens Gerchman
Não há vagas (1965)
O Beijo
O Carro
Lobo
Contemporâneo
Exposição em 2008 em Fortaleza
Editorial OLOOK 2013
Christina Aguilera para Target (2008)
Tutorial para maquiagem PopArt
Desfile Ellus 2nd Floor
Romero Britto
Outros
Conclusão
Pop Art surge na década de 50/60
Reação a massificação da cultura popular capitalista
Nomes conhecidos mundialmentes devido à vanguarda
Obras primas de bastante notoriedade
Grandes vestígios na contemporaneidade
Fontes de Pesquisa
Wikipedia, Galeria Tate, ItauCultural, BlogBroto, Bravonline, Docstoc, Macvirtual, Vestidodeletras
Online
Livros
Pop Art. Honnef, Klaus.
Pop Art. McCarthy, David.
Full transcript