Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Conceitos de Panificação e Confeitaria

Conceitos panificação confeitaria
by

Matheus Benini

on 30 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Conceitos de Panificação e Confeitaria

Senai
Fichas Técnicas
Pani/Conf. Fichas Técnicas
Panificação
Confeitaria Conceitos de Panificação e Confeitaria No século XIX, a grande estrela da confeitaria no mundo foi Antoine Carême. Cozinheiro preferido de todos os reis da Europa, ornamentava seus banquetes com monumentais peças de açúcar.
Paris, 1842. Por toda a Europa surgiam receitas exclusivas de bolos, famosas até hoje, como a Torta Vienense e o Bolo Sacher. A origem dos bolos se confunde com a dos pães.
Os egípcios já confeccionavam bolos de mel, bem como os gregos da Ilha de Rodes. Existe um painel datado por volta de 1175aC, ilustrando a confeitaria da corte do faraó Ramsés III com o registro de vários tipos de pães e bolos. Pão o Nascimento Não se pode assegurar com precisão o primeiro pão como alimento básico, mas esta claro que o ser humano conhece as qualidades nutritivas dos cereais há cerca de 10 mil anos.
Entre 9000 e 4000 aC. surgiram os primeiros grupos humanos com e com eles os primeiros cultivos de cereais. Dessa mesma época data as primeiras elaborações de farinhas e as primeiras misturas com água para a form~ção de uma pasta que viria ser secada sobre pedras ou brasas, tendo como resultado uma especie de torta dura parecida com bolacha. Pão (do latin Panís), conforme lei
é um produto obtido pelo cozimento de uma massa preparada com farinha de trigo. Confeitaria no Brasil Doceria Brasileira Os primeiros doces genuinamente brasileiros foram o pé-de-moleque, a paçoca a rapadura, a mãe benta (espécie de broa), a cocada, os Quindins de Iaiá, além dos bolos de mandioca. O primeiro bolo de farinha a se adaptar no Brasil foi o Pão-de-ló, de origem portuguesa. Brainstorming Results Realisation Sketches A palavra Confeitaria vem do latim "Confectum" e significa aquilo confeccionado com especialidade. É um prato único e que tem um toque diferenciado como recheio, formato, um toque especial ou personalizado de acordo com o gosto pessoal do cliente ou a quem é oferecido. A confeitaria, principalmente de bolos nasce com base na miscigenação tão presente em nosso país.
Os doces Portugueses difundidos logo ganharam frutas ingredientes nativos e em geral a mandioca.
Tendo constante contato com Portugal as manias e novidades da corte foram difundidas bem como as técnicas Francesas, Cerca de 500 aC. Gregos aperfeiçoaram as técnicas de moagem de grãos.
Processamento de grandes quantidades
de cereais
Adaptaram as técnicas de fermentação. Criaram mais de 72 tipos de pães e tortas. Alguns dos primeiros foi aromatizado com ervas e recheados com azeitonas. Antes de começar a fazer qualquer coisa, leia a receita inteira. E, se possível, mais de uma vez. Confira se os equipamentos que você tem são compatíveis para a execução da receita e para o numero de convidados que você pretende servir naquela data. Escolha ingredientes de altíssima qualidade. Se você pretende alcançar resultados altos, exercite a receita algumas vezes antes de torná-la pública. A louça e a apresentação de um prato são importantes, mas o fundamental é o sabor. Compreenda bem a receita e execute os passos possíveis com antecedência. Ou seja, não deixe para picar os legumes quando começar a fritar a carne. Tenha método e seja organizado.

Quando estiver preparando a receita, esteja inteiramente na cozinha, não divida sua atenção com televisão, música, telefone.

Muito cuidado com a substituição de ingredientes, ainda que sejam simples ervas. Antes de chegar à sua mão, aquela receita foi pensada e testada à exaustão.

Sucedâneos podem gerar frustração.

Quem cozinha é o fogo/temperatura, não a sua mão. Contenha a ansiedade e nunca mexa demais um ingrediente ou uma panela se a receita não pedir.

Trabalhe sempre com fogo moderado podendo aumentar ou diminuir a temperatura durante qualquer momento do cozimento se a receita assim pedir. Dez mandamentos para executar uma receita
Full transcript