Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Apresentação Defesa Mestrado

No description
by

Juleandrea Bido Cesário

on 24 February 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Apresentação Defesa Mestrado

O Portfólio Reflexivo como Estratégia Mediadora da Aprendizagem sobre Ser Docente de Enfermagem
Objetivos
Introdução
Temática Central:
O uso de portfólios reflexivos como estratégia pedagógica mediadora da aprendizagem sobre o ser docente, na perspectiva de mestrandos em enfermagem, durante a disciplina Metodologia do Ensino Superior (MES).

Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT
Faculdade de Enfermagem – FAEN
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Mestrado em Enfermagem
Grupo de Pesquisa GEFOR – Educação e Formação em Saúde e Enfermagem

Mestranda:
Juleandrea Bido Cesário
Orientadora:
Profª Drª Mara Regina Rosa Ribeiro

Cuiabá-MT
2014

(SÁ-CHAVES apud GOMES; PESSATE; GOMES, 2004;
SORDI; SILVA, 2010; COTTA; COSTA; MENDONÇA, 2013)
Referencial Teórico
Paulo Freire
Metodologia
Tipo de Estudo:
Exploratório, descritivo, de abordagem qualitativa.

Local de Estudo:
Disciplina de MES (PPG-FAEN/UFMT).

Participantes:
38 mestrandos que cursaram MES nos anos de 2012 e 2013; e 01 professora da disciplina.

Estratégias de Coleta de Dados:
Pesquisa Documental em Portfólios Reflexivos, Depoimentos e Planos de Disciplina; e Entrevista Semi-Estruturada.

Análise de Dados:
Proposta Operativa, de Minayo (2010).

Critérios de Inclusão:
Estar regularmente matriculado na disciplina de MES nos anos de 2012 e 2013, e a professora responsável pela criação dos Experimentos Pedagógicos.

Aspectos Éticos:
Aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Julio Muller, sob o número 632.372/2014. Aplicado o TCLE, respeitados os aspectos éticos previstos na Resolução CNS nº 466/2012.
Análise dos Dados
(MINAYO, 2010)
Contextualizando...
Resultados e Discussão
A Aprendizagem Sobre o Ser Docente Mediada pelo Uso do Portfólio Reflexivo
Do bancário ao libertador - o caminho da disciplina de Metodologia do Ensino Superior
“A disciplina Metodologia do Ensino Superior no mestrado em enfermagem - de 2006 a 2013”
Experimentos
Pedagógicos
São experimentos por isso: você utiliza com aluno, que está aprendendo a ser professor [...] digamos assim: eu sou um aluno experimentando uma experiência que depois eu posso utilizar, como é que eu me senti dentro dessa experiência [...]. Por isso um experimento. Eu estou experimentando em mim, no meu corpo, com a minha cabeça, formas diferentes de fazer uma disciplina, e essas formas podem ser depois resgatadas quando eu for professor (PROF. E).
O portfólio reflexivo na disciplina de Metodologia de Ensino Superior




Fiquei menos apreensiva ao entender que para a construção do portfólio devo seguir um 'roteiro', porém não é algo rígido; devo expor dificuldades e refletir sobre o meu próprio processo de aprendizagem [...] (A11P3).









[...] ainda pairava a dúvida sobre até que ponto posso me expressar e como as professoras interpretarão eventuais críticas relatadas no portfólio (A11P3).








[...] me ocorre que para a produção do portfólio, necessito anotar alguns pontos que julgo interessante na aula para esmiuçar posteriormente [...] (A8P5).







[...] me desanimo quando tenho que citar algum autor, faz com que parecesse com minha dissertação, ou trabalhos acadêmicos tradicionais (A26P4).







[...] a elaboração desse instrumento requer disponibilidade de tempo e dedicação, o que pode causar uma sensação de cansaço mental por coincidir com outras atividades exigidas no mestrado (A30P3).
[...] considero a leitura e discussão diária dos portfólios como um exercício de exposição das dificuldades e conquistas individuais (A15P2).
As múltiplas aprendizagens sobre o ser docente de enfermagem na perspectiva dos mestrandos
Aprendizagem sobre os papeis do aluno e do professor
Aprendizagem sobre as características do docente de enfermagem
Aprendizagem sobre a adoção de estratégias pedagógicas
Aprendizagem sobre as relações que permeiam a prática educativa
Aprendizagem sobre os papeis do aluno e do professor
Torna-se necessário que o docente tenha em mente que é mediador entre o aluno e o conhecimento, e que não há supremacia do educador em relação ao educando, ambos são pessoas multidimensionais, detentores de vivências e saberes, podem ser diferentes, mas ambos são saberes (D29).
"Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens educam entre si, mediatizados pelo mundo" (FREIRE, 2013b, p. 95).



"Nada ou quase nada existe em nossa educação que desenvolva no nosso estudante o gosto da pesquisa, da constatação, da revisão dos 'achados' [...]" (FREIRE, 2011, p. 125); "Não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino" (FREIRE, 2013a, p. 30).






[...] aprendi que ser docente implica articular o ser enfermeira, ser professora/educadora, e ser pesquisadora (A33P10).
Educador
Pesquisador
Enfermeiro






[...] é necessário aceitarmos que não se separa enfermeiro do educador e vice-versa [...] (D35).
Professor
Educador
[...] descobri que ser educador é muito diferente de ser professor. É mais do que passar conhecimentos. É acompanhar. Fazer parte do processo de aprendizado que é do aluno. Fornecer subsídios [...] (D25).

Aprendi que ser educador envolve desafios. Que temos que ser facilitador, provocador do aprendizado, estimulador, levando em conta o contexto do aluno [...] (D37).
Aprendizagem sobre as características do ser docente de enfermagem
Dedicado; Criativo; Sensível; Flexível; Tolerante; Ousado; Humilde; Responsável.
Ser professor exige ser um pouco psicólogo (D6)
Político; Promove mudanças; Agente transformador; Inovador; Produtor e produto de cultura; Articulador de teoria e prática; Inacabado -> Aperfeiçoar
O docente é um sujeito de responsabilidade social, que induz e produz mudanças (A25P10)
Aprendizagem sobre a adoção de estratégias pedagógicas
"[...] o êxito de educadores [...] está centralmente nesta certeza que jamais os deixa de que é possível mudar, de que é preciso mudar [...]" (FREIRE, 2013a, p. 77).
Aprendizagem sobre as relações que permeiam a prática educativa
Esse simples fato de retornar com alguma 'avaliação do professor' me mostrou que o aluno desperta o interesse de ser realmente protagonista do seu aprendizado (A17P5).

[...] o professor precisa oportunizar um momento de retorno ao aluno para correção e construção do conhecimento (A33P3).
"[...] nossas relações com os educandos são um dos caminhos de que dispomos para exercer nossa intervenção na realidade a curto e alongo prazo" (FREIRE, 2012, p. 152).
[...] pude compreender o portfólio não apenas como estratégia de avaliação de desempenho dos alunos, mas também como um processo de avaliação e reflexão sobre as metodologias de ensino aplicadas pelos docentes (A14P5).
A avaliação através do portfólio fornece subsídios para o docente (re)pensar sua prática docente (conteúdo, didática, interação) [...] (D9).
O portfólio reflexivo como estratégia pedagógica - A autonomia em construção
[...] estratégia potencializadora da construção do conhecimento em uma perspectiva reflexiva (A23P3).
Aluno como sujeito
Aluno como objeto
(FREIRE, 2012; FREIRE, 2013a)
E
R
R
O
S
A
C
E
R
T
O
S
O portfólio é uma prática inovadora de avaliação, baseada no respeito à individualidade de cada um em seus diferentes aspectos: cognitivos, emocional e social (A19P3).
"O ideal é que, cedo ou tarde, se invente uma forma pela qual os educandos possam participar da avaliação" (FREIRE, 2013a, p. 63).
Eu nunca havia feito esse exercício de olhar para o meu 'eu' e escrever o que eu sei, o que e como aprendo e como me vejo nesse processo (D11).
[...] a construção do portfólio promove o exercício da autonomia buscando a transformação do sujeito e sua forma de pensamento (A1P3).
Considerações Finais
Objetivos

Referencial

Metodologia
Sobre a disciplina de MES...
Processo constante de (re)construção de si mesma e do futuro docente de enfermagem
Sobre o Portfólio Reflexivo...
Referências
ANASTASIOU, L. G. C.; ALVES, L. P. (org).
Processos de ensinagem na universidade - pressupostos para as estratégias de trabalho em aula.
Joinvile-SC: UNIVILLE, 2003.

CAMPOS, G. et al. Tecnicismo e prática pedagógica na escola contemporânea.
REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE PEDAGOGIA
, ano IX, n. 18, jul. 2011.

COTTA, R. M. M.; COSTA, G. D.; MENDONCA, É. T. Portfólio reflexivo: uma proposta de ensino e aprendizagem orientada por competências.
Ciênc. saúde coletiva
, v. 18, n. 6, p. 1847-1856, 2013.

FREIRE, P.
Educação como prática da liberdade.
14ª ed. rev. atual. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.
 
______.
Professora, sim; tia, não: cartas a quem ousa ensinar.
23ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.
 
______.
Pedagogia da autonomia - Saberes necessários à prática educativa
. 45ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013a.
 
______.
Pedagogia do oprimido
. 54ª ed. rev. atual. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013b.

GOMES, B. N.; PESSATE, L. A.; GOMES, S. O. P. Discutindo sobre portfólio nos processos de formação - entrevista com Idália Sá-Chaves.
Olhar de Professor
, v. 7, n. 2, p. 09-17, 2004.

MINAYO, M. C. S.
O desafio do conhecimento - pesquisa qualitativa em saúde.
12ª ed. São Paulo: Editora Hucitec, 2010.

SORDI, M. R. L.; SILVA, M. M. O uso de portfólios na pedagogia universitária: uma experiência em cursos de enfermagem.
Interface (Botucatu)
, v. 14, n. 35, p. 943-953, 2010.
“Ninguém é sujeito da autonomia de ninguém. Por outro lado, ninguém amadurece de repente, aos vinte e cinco anos. A gente vai amadurecendo todo dia, ou não. A autonomia, enquanto amadurecimento do ser para si, é processo, é vir a ser. Não ocorre em data marcada. É neste sentido que uma pedagogia da autonomia tem de estar centrada em experiências estimuladoras da decisão e da responsabilidade, vale dizer, em experiências respeitosas da liberdade”.
(FREIRE, 2013a, p. 105)
Obrigada!
Full transcript