Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Seminário Psicologia

Mulher, o criminoso e a lei
by

João Vitor Riscarolli

on 14 October 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Seminário Psicologia

Segundo o balanço de 2014 do 180
CASO: Monstro do Morumbi
Pesquisa realizada na delegacia especial da mulher, Guarapuava/ PR
A Lei
Dados em âmbito nacional
Perfil dos agressores
Na maioria dos casos o ato de violência é esporádico e parece ser influenciado por fatores externos:
Álcool;
Drogas;
Poder Econômico;
Fatores Culturais.

Há também homens que apresentam um padrão crônico de agressão, como por exemplo a psicopatia.
A maior representação de violência foi na faixa dos 20 a 29 anos (45,4%). Seguida da faixa dos 40 a 49 anos (22,3%).
A maioria era casado ou vivia em união estável (76,1%).
82,4% exerciam algum trabalho remunerado.
Cerca de 30% dos agressores detidos apresentavam outras passagens pela polícia. Destes 60,5% eram em decorrência de violência doméstica.
Infância
2° seminário de Psicologia Jurídica
Direito - MCR
Quarta-Feira, 14/outubro/2015
CONCEITO
VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER
Segundo o livro "ARQUIVOS SERIAL KILLERS-MADE IN BRAZIL" Ilana Casoy
CRIMES
Caracteriza-se como qualquer ação ou conduta, baseada no gênero, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto no âmbito público como no privado.
A MULHER, O CRIMINOSO E A LEI
UM CASO NACIONAL DE PERSONALIDADE CRIMINOSA CONTRA A MULHER
Foram registrados 52.957 relatos de violência:
27369 violência física (51,68%);
16846 violência psicológica (31,81%);
5126 violência moral (9,68%);
1517 violência sexual (2,86%);
1028 violência patrimonial (1,94%);
931 cárcere privado (1,16%);
140 tráfico de pessoas (0,26%).
80 % dos casos a violência foi cometida por homens com quem as vítimas têm ou tiveram vínculo afetivo.

Segundo o estudo realizado pelo sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, com o apoio das (FLACSO) e (CEBELA), em 2011 cerca de 4,5 mil mulheres foram assassinadas no país.
11.340/2006
Lei Maria da Penha
Criou mecanismos visando coibir e punir a violência doméstica praticada contra mulheres no Brasil.
Lei 13.104/2015
Lei do Feminicídio
Altera o código penal para prever o feminicídio como um tipo de homicídio qualificado e incluí-lo no rol dos crimes hediondos.
Os homicídios qualificados têm pena que vai de 12 a 30 anos
José Paz Bezerra
Nascido em 1945 no interior da Paraíba.

Ainda pequeno, tinha o dever de cuidar do pai que tinha hanseníase.

Presenciou a vida sexual da mãe que era prostituta e frequentemente o espancava.

Aos 11 anos passou a ter uma vida isolada e itinerante.
ALUNOS:
Camila Torres
Fernando Correa
João Vitor Riscarolli
Luah Debus
Maria Gabriela Tondato
Moacir Lopes
Valdecir Daniel P. de Oliveira

*Sete assassinatos ocorreram na região do Morumbi, São Paulo (1969-70)

As vítimas:

Todas mulheres de idades semelhantes (35 a 45 anos).

Solteiras

Mantinham pequenos vínculos com o assassino.
*Quatro assassinatos e uma tentativa em Belém/PA (1970-71)
O Monstro do Morumbi convidava suas vítimas para matagais e em seguida:
As amarrava com peças de roupas*

Cometia estupro

As estrangulava até a morte

"Quando a mulher fica com a carne dura, ela fica mais gostosa e só fica com a carne dura depois de morta"
Prisão
Foi detido no ano de 1971 em Belém do Para, onde ficou por 3 anos e foi transferido para São Paulo.

Diagnosticado como "personalidade psicopática do tipo sexual".

Foi condenado por 7 homicídios.

Ficou preso no periodo de 1971 a 2001.

Entrevista
Após ser solto em 24 de novembro de 2001, José Paz Bezerra concedeu entrevista a uma emissora de TV:

Falou que assassinou aquelas mulheres porque pareciam com sua mãe.

Pediu desculpas às famílias de suas vítimas.

E terminou fazendo um apelo às mães: "Mães cuidem dos seus filhos".

Hoje, com 70 anos encontra-se em liberdade.


DURANTE A APRESENTAÇÃO DESTE TRABALHO
CERCA DE 50 MULHERES
FORAM VÍTIMAS DE AGRESSÃO

DENUNCIE : ligue 180
De acordo com Albert Bandura, as principais fontes de estilos de comportamento agressivo na sociedade moderna são a agressão modelada e reforçada pela família, onde o sujeito:

1. Aprende um estilo de conduta agressivo;

2. Alteram suas restrições sobre comportamento agressivo;

3. Torna-se insensível e habituado com a violência.
Monstro do Morumbi
Full transcript