Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Usinas Nucleares

No description
by

Beatriz Dornelas

on 21 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Usinas Nucleares

Usinas Nucleares
Beatriz Dornelas,Bruno Stefanio,Caio Bacelar, Erick Silva,Tiago Silva
Como funcionam ?
Estrutura de uma usina nuclear
Desvantagens
– necessidade de armazenar o resíduo nuclear em locais isolados e protegidos*;
– necessidade de isolar a central após o seu encerramento;
– é mais cara quando comparada às demais fontes de energia;
– os resíduos produzidos emitem radiactividade durante muitos anos;
– dificuldades no armazenamento dos resíduos, principalmente em questões de localização e segurança;
– pode interferir com ecossistemas;
– grande risco de acidente na central nuclear.
Vantagens
-não contribui para o efeito de estufa (principal);
– não polui o ar com gases de enxofre, nitrogénio, particulados, etc.;
– não utiliza grandes áreas de terreno: a central requer pequenos espaços para sua instalação;
– não depende da sazonalidade climática (nem das chuvas, nem dos ventos);
– pouco ou quase nenhum impacto sobre a biosfera;
– grande disponibilidade de combustível;
– é a fonte mais concentrada de geração de energia
– a quantidade de resíduos radioactivos gerados é extremamente pequena e compacta;
– a tecnologia do processo é bastante conhecida;
– o risco de transporte do combustível é significativamente menor quando comparado ao gás e ao óleo das termoelétricas;
– não necessita de armazenamento da energia produzida em baterias
Chernobyl, 26 de abril de 1986

O reator número 4 da usina soviética de Chernobyl, na Ucrânia, explodiu durante um teste de segurança, causando a maior catástrofe nuclear civil da história.25 mil mortos, segundo estimativas oficiais. O acidente recebeu a classificação de nível máxima. O combustível nuclear queimou durante 10 dias, jogando na atmosfera radionuclídeos de uma intensidade equivalente a mais de 200 bombas atômicas iguais à que caiu em Hiroshima. Três quartos da Europa foram contaminados.
A energia nuclear está na força que mantém os componentes dos átomos unidos (prótons, elétrons e nêutrons).O princípio de funcionamento de uma usina nuclear é a utilização do calor (termo) para gerar eletricidade, calor esse proveniente da fisão nuclear do átomo de urânio.

Fissão Nuclear
Estrutura de uma usina nuclear
No sistema primário
Urânio é colocado no vaso de pressão -->Fissão-->Energia térmica-->A água é utilizada para resfriar o núcleo do reator

No sistema secundário
Aa água aquecida pelo sistema primário--> transforma-se em vapor --> gerador de vapor--> O vapor é usado movimentar a turbina de um gerador elétrico.

Sistema de condensação -->Sistema de refrigeração de água-->Bombeia água do mar-->A energia que é gerada --> redes de distribuição de energia elétrica.

Fase primária
Fase Secundária
Fase de Refrigeração
Vantagens e Desvantagens de Usinas Nucleares
Acidentes em Usinas Nucleares
EUA, 28 de março de 1979

Em Three Mile Island (Pensilvânia), uma falha humana impediu o resfriamento normal de um reator, cujo centro começou a derreter. Os dejetos radioativos provocaram uma enorme contaminação no interior do recinto de confinamento, destruindo 70% do núcleo do reator. Um dia depois do acidente, um grupo de ecologistas mediu a radioatividade em volta da usina. Sua intensidade era oito vezes maior que a letal. Cerca de 140 mil pessoas foram evacuadas das proximidades do local. O acidente foi classificado no nível 5 da escala internacional de eventos nucleares (INES), que vai de 0 a 7.
Full transcript