Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

ADOLESCÊNCIA: Uma perspectiva crítica

No description
by

Morgana Holanda

on 21 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ADOLESCÊNCIA: Uma perspectiva crítica

ADOLESCÊNCIA OU ADOLESCÊNCIAS?
CONCEPÇÃO VIGENTE:
Stanley Hall e os psicanalistas: conflitos vinculados à emergência da sexualidade;

Erikson: “moratória social”;

Aberastury: etapa decisiva de um processo de desprendimento;

Knobel: “síndrome normal da adolescência”;
Psicólogo pela Faculdade de Filosofia, Ciencias e Letras de São Bento;

Mestrado em Psicologia Social - Pucsp e doutorado em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo;

Professor da Pontifícia Universidade Católica de S. Paulo e professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo;

Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: sócio-historica, psicologia, adolescente, psicologia social e sentido;

Sergio Ozella
ADOLESCÊNCIA: Uma perspectiva crítica
Concepção universalizante, naturalista
A questão da universalidade dos conflitos adolescentes:
Visão da adolescência como uma fase inerente/natural ao desenvolvimento do homem.
“traz implícita a idéia de uma evolução natural do ser humano, linear, independente das condições concretas de sua existência” (Bock, 1997).
A adolescência é criada historicamente pelo homem;

É constituída como significado na cultura;
As características atuais da adolescência são marcas
que a sociedade destaca e significa;

São as condições sociais que constroem uma
determinada adolescência.
Perspectiva sócio-histórica
OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO DE MASSA E A CONCEPÇÃO DE ADOLESCENTE
Os meios de comunicação de massa como um determinante
importante na construção de vários significados sociais;
A participação da mídia na construção da concepção de adolescência:
Veicula um modelo de adolescente ou...
Contribui para a manutenção de alguma noção do seja o adolescente;
Afeta em algum grau a visão de mundo,
e de si mesmo, que o adolescente /jovem constrói.
A adolescência é também compreendida hoje como uma categoria histórica, que recebe significações e significados que estão longe de serem essencialistas.
A naturalização da adolescência e sua homogeneização só podem ser analisadas à luz da própria sociedade. As características “naturais” da adolescência somente podem ser compreendidas quando inseridas na história que a geraram.
Full transcript