Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

NO TEMPO DA GRÉCIA ANTIGA...

No description
by

Sara J.

on 10 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of NO TEMPO DA GRÉCIA ANTIGA...

NO TEMPO DA GRÉCIA ANTIGA...
Cidades-estados/Pólis
Cidades que se autogovernavam independentemente das cidades vizinhas, tendo o seu próprio regime político e leis.


As pólis eram contituídas pela acrópole e a ágora.


Atenas, Esparta e Tebas eram as principais pólis gregas.
Organização económica de Atenas
A sociedade ateniense
A Hélade
Cerâmica
Metalurgia
Construção naval
Intensa atividade comercial marítima
Surgimento da moeda como consequência do desenvolvimento comercial, substituindo as trocas diretas de produtos
Atenas desenvolveu uma intensa economia monetária, comercial e marítima, tornando-se na mais poderosa das pólis a partir do século V a.C.
Atividades económicas:
Escravos
Grupo social mais numeroso
Não possuiam quaiquer direitos
Executavam os trabalhos mais difíceis
Não eram maltratados
Podiam pertencer ao Estado, aos cidadãos ou aos metecos
Metecos
Estrangeiros que viviam em Atenas
Homens-livres, mas sem direitos cívicos e políticos
Prestavam serviço militar e pagavam impostos
Eram comerciantes e artesãos
Cidadãos
Homens maiores de 20 anos, livres, naturais de Atenas, com pais atenienses e com o serviço militar cumprido
Possuiam o direito de cidadania
Grupos da sociedade
A democracia ateniense
A democracia foi instituída em Atenas a partir de 508 a.C. e assentava no princípio de igualdade de direitos entre todos os cidadãos.

Esta era uma democracia direta, pois todos os cidadãos podiam participar na tomada de decisões relativas ao governo da pólis. Tal significa que o poder era, efetiva e diretamente, exercido pelo próprio povo, nas várias instituições democráticas.
Contradições e limitações
Igualdade de direitos e direito à cidadania apenas reservada aos cidadãos
Existência de escravatura
Falta de liberdade de expressão em relação a ideias dos governantes
Condenações ao ostracismo e à morte
Imperialismo exercido por Atenas sobre outras cidades-estados
Importância da democracia ateniense
Apesar de todas as suas limitações, a democracia ateniense foi um regime totalmente inovador estando na origem do modelo democrático da civilização ocidental atual.
Religião e Cultura
Teatro
Teve origem no culto a Dionísio (deus do vinho e das festas)
Literatura
Frequentemente inspirada pela mitologia grega

Teve como grandes autores Homero (Íliada e Odisseia) e Hesíodo (Teogonia e Os Trabalhos e os Dias)
Arte
Fortemente marcada pela mitologia grega
"Até as coisas úteis deviam ser belas"
Perfeição e beleza

A escultura apresenta grande rigor do pormenor e naturalidade, sendo representados deuses, heróis e atletas e importando sobretudo a representação da beleza ideal humana
Na pintura destacam-se cenas mitológicas e episódios do quotidiano
Arquitetura
Construção de grandes templos, teatros e palácios
Apresentava harmonia, proporção, equilíbrio e ordem
Coluna é o elemento principal da arquitetura grega, podendo seguir a ordem dórica, jónica ou coríntia
Culto dos Deuses
Altares domésticos
Cultos pan-helénicos, em grandes santuários
Cultos públicos, em atividades culturais e desportivas, como os jogos pan-helénicos, competições desportivas, das quais se destacam os Jogos Olímpicos
Géneros teatrais gregos
Tragédia
Representavam-se cenas dramáticas da vida dos deuses e dos heróis (semideuses, filhos de um deus e um humano)
Ésquilo, Sófocles e Eurípides foram os principais autores da tragédia grega
Comédia
Contavam-se histórias que ridicularizavam as situações do quotidiano e determinadas personagens
Aristófanes foi o autor que se destacou na comédia
Ciência
A explicação dos fenómenos da Natureza e do Homem abandonou conceções mágico-religiosas, procurando a formulação de leis compreensíveis pela razão
Pitágoras impulsionou o desenvolvimento da matemática
Hipócrates é ainda hoje considerado o "pai da Medicina"
Oratória
Péricles e Demóstenes destacaram-se na arte de discursar em público nos seus discursos políticos e esta começou a ser desenvolvida
Filosofia *
Os Gregos preocuparam-se com as origens do Universo, da vida e das forças da Natureza
Os primeiros filósofos nasceram na Grécia, sendo alguns dos mais importantes: Sócrates e os seus discípulos, Platão e Aristóteles
Filósofos gregos marcaram uma viragem decisiva no pensamento europeu que ainda hoje se mantém
Filosofia de vida
"Carpe diem"
Aproveita o dia

Palavras em latim escritas pelo grego Horácio e adotadas por outros poetas
Full transcript