Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Prática baseada em evidências na saúde mental e comunitária

No description
by

Luís Fernando Tófoli

on 10 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Prática baseada em evidências na saúde mental e comunitária

“Práticas Baseadas
em Evidências na Saúde
Mental Comunitária”

Reforma da Saúde Mental
Reforma Psiquiátrica
Movimento de Redemocratização
Reforma Sanitária
Psiquiatria Democrática Italiana
Crítica à Psiquiatria Tradicional
Inovações nas Tecnologias de Cuidado
Direitos Humanos
Hirdes, A. (2009). Ciência & Saúde Coletiva, 14(1), 297-305.
Tenório, F. (2002). História, Ciências, Saúde-Manguinhos, 9(1), 25-59.
Marcos Internacionais
As Bases da Saúde Mental Comunitária são sólidas?
Saúde Mental Comunitária
Thornicroft, G., & Tansella, M. (2008).
Quais são os argumentos a favor da Atenção Comunitária à Saúde Mental?
Pesquisas e Práticas Psicossociais
, 3(1), 9-25.
Não há argumentos convincentes ou dados que apóiem uma abordagem unicamente hospitalar
Não há evidência de que serviços comunitários isoladamente podem prover integralidade na atenção
A atenção equilibrada: essencialmente
comunitária, com retaguarda de internação
Estudos de custo-efetividade: qualidade da atenção tem relação direta com o orçamento disponível
Serviços comunitários de SM geralmente custam o mesmo que os serviços hospitalares aos quais substituem
Malone et al. (2007). Cochrane database of systematic reviews (Online), (3), CD000270.
não é inferior ao atendimento padrão em todos os aspectos importantes
é superior em promover maior aceitação do tratamento.
pode ser superior na redução da admissão hospitalar e prevenção do suicídio.
mais evidências são necessárias
Equipes de saúde mental comunitária para transtonos mentais severos
Catty et al. (2007). Cochrane database of systematic reviews (Online), (1), CD001710.
não foram encontrados estudos aleatorizados controlados
Cuidados diários em centros de convivência para portadores de transtornos mentais severos
Chilvers et al. (2006). Cochrane database of systematic reviews (Online), (4), CD000453.
Moradia protegida para portadores de transtornos mentais severos
não foram encontrados estudos que preenchessem os critérios da revisão
Marshall & Lockwood (2011). Cochrane database of systematic reviews (Online), (4), CD001089.
Tratamento comunitário assertivo para pessoas com transtorno mental severo
abordagem clinicamente eficaz.

se orientada para usuários que se internam intensivamente, pode reduzir substancialmente custos melhorando os resultados e a satisfação do paciente.

apoio à criação de equipes TCA
Harkness e Bower (2009). Cochrane database of systematic reviews (Online), (6), CD000532
Ação de profissionais de saúde mental na atenção primária
influencia positivamente o comportamento de profissionais da atenção primária

efeitos pequenos e cujo significado clínico ou econômico ainda não é claro
Duncan & Hagen (2010). Cochrane database of systematic reviews (Online), (1), CD007297.
Tomada de decisão compartilhada para pessoas com transtornos mentais
somente dois estudos alemães

não há evidência de causar mal

ausência de evidências de melhora de resultados, incluindo aderência ao tratamento
Conselho Federal de Psicologia. (2012).
Drogas e Cidadania: Episódio 03 - A Volta dos Manicômios.
http://drogasecidadania.cfp.org.br/
Associação Brasileira de Psiquiatria (2009).
Proposta de Diretrizes Técnicas para assistência integral em saúde mental no Brasil. Rio de Janeiro: ABP Editora.
Iniciativas governamentais de fomento à pesquisa no campo
Tomada de Decisão nas Políticas Públicas de Saúde Mental
Saúde Mental:
Edital MCT/CNPq/MS-SCTIE-DECIT/CT-Saúde nº 07/2005
Edital MCT/CNPq/CT-Saúde/MS/SCTIE/DECIT nº 33/2008

Crack
Edital CNPq Nº 41/2010
Produção científica
Reforma
Sanitária
Crítica ao Modelo Asilar
Participação Social
Direitos Humanos
Interesses
Envolvidos
Inovações Tecnológicas
‘Accountability’
Visões
Comentários
Ministério da Saúde (2004).
Saúde mental no SUS: os centros de atenção psicossocial.
Brasília: Ministério da Saúde
Chiaverini et al. (2001)
Guia Prático de Matriciamento em Saúde Mental. Brasília, DF: Ministério da Saúde / CEPESC, 2011
Ciência não é apenas número

Os resultados – ainda escassos – pouco se traduziram em políticas

Mais transparência é necessária
Estudos
epidemiológicos
Estudos econômicos
Estudos
avaliativos
Evidências
quantitativas
Antecedentes
CAMINHOS
E DESAFIOS

CUIDADO
DIÁLOGO
EXTENSÃO
ENSINO
CRÍTICA
PESQUISA
Luís Fernando Tófoli
Material de divulgação do Ministério da Saúde (2013)
QUAIS AS EVIDÊNCIAS?
QUAIS AS EVIDÊNCIAS?
QUAIS AS EVIDÊNCIAS?
QUAIS AS EVIDÊNCIAS?
QUAIS AS EVIDÊNCIAS?
Full transcript