Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Linguagem Jurídica de Ihering

No description
by

Julia Figueiredo

on 20 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Linguagem Jurídica de Ihering

Linguagem Jurídica de Ihering
Introdução
O objetivo deste trabalho é estudar a linguagem jurídica de Ihering, no livro "A luta pelo direito", p. (76-96). Para tanto, no item 2.0, serão estudados a enunciação em Ihering e o problema retórico que ele se propõe resolver, subdivididos respectivamente em 2.1, A enunciação em Ihering, e, em 2.2, O problema retórico de Ihering e as formas que ele usou para resolvê-lo. Em 3.0, a retórica de Ihering, sendo que, em 3.1, estudar-se-á a linguagem utilizada pelo autor, enfocando-se os vocábulos jurídicos, os eruditos e o alcance da comunicação dele; em 3.2, serão analisados os argumentos retóricos, apresentados com citações literais e comentários; em 3.3, as figuras de retórica, com citações literais, negritando-se as figuras encontradas nos trechos citados e comentando-se o valor delas para a força persuasiva. Em 4.0, serão apresentadas as considerações finais, sendo que, em 4.1, o grupo fará uma avaliação da importância do trabalho para a disciplina Português Forense e, em 4.2, o grupo avaliará o proveito da realização do trabalho para a formação pessoal e acadêmica. Em 5.0, será feito um relatório de atividade realizada.

A enunciação de Ihering e o problema retórico
A enunciação em Ihering:

Conceito.

Explícita
Implícita

O problema retórico em Ihering
Na ação retórica.



Ihering possui o problema retórico.
Formas de resolver o problema retórico
a) Credencias:
Qualidades que dão crédito a quem possui.
Objetivos: “A luta é o trabalho eterno do Direito”. (Pág. 96)

b) Alegações cativantes:
Constitui-se de termos implícitos do texto com fatores que objetivam juntamente com as credencias acima expostas.
“Somos excelentes”: “Esse modo de encarar a questão, que o Direito Romano intermedíario tinha, é, a nosso ver, maravilhoso”. (Página 81)

c) Apelos:
Fazem parte do discurso retórico que dizem respeito ao ethos (caráter que o orador assume para ganhar confiança do auditório), ao phatos (Apelam para as emoções do interlocutor), e ao logos (Apresentação de provas intelectualmente aceitáveis).

Acenando como vantagens: “Rejubilemo-nos por viver em uma época bem diferente”. (Página 94)
OUTROS MATERIAIS DE CONSTRUÇĀO RETÓRICA DE IHERING

A linguagem jurídica de Ihering

Vocabulário Jurídico

* Litígio (Pág. 76): Controvérsia ou a discussão formada em juízo, a respeito do direito ou da coisa, que serve de objeto da ação ajuizada.

* Pleito (Pág. 77): Luta judicial, a questão posta em juízo, ou mais propriamente o litígio, em que se disputa ou se discute a questão judicial.


Enunciação Explícita
“Não
vacilamos
em afirmar categoricamente que não corresponde de modo algum e que está muito longe das pretensões legítimas de um homem em que o sentimento legal está perfeitamente são”. (Página 76)
Enunciação implícita
"Com efeito, que deve pensar
o homem
do povo cujo juízo é simples e reto, se o juiz diante do qual se apresenta com um título, provando que seu adversário reconhece dever-lhe cem talheres,
declara
que o signatário não está obrigado, porque nisso há uma cautio indiscreta?” (Página 85)
Vocabulário Erudito

* Funesto (Pág.90): Cruel, impiedoso, injusto.

* Medrar (Pág.94): Prosperar.


Alcance da Comunicação de Ihering

A obra A Luta Pelo Direito
Os argumentos retóricos
''Havia em particular duas formas de processo: ''Os interditos proibitórios do pretor e as ações arbitrárias'' - que tinham por fim colocar o acusado na necessidade de desistir ou aguardar até ser reconhecido como culpado de ter violado a norma, com deliberado propósito, e, como tal, ser tratado.'' ARGUMENTOS QUASE MATEMÁTICOS: O DILEMA.

Comentário:

 A importância do argumento é provada durante a defesa de um conteúdo, pois ele serve como base para fortalecer a ideia mostrada. Quando apresentado um argumento válido e forte, a teoria é aceitar de forma mais fácil podendo até induzir o leitor a concordar com a sua tese.
     Ele justifica que antigamente existiam dois tipos de processos, porém, eles apresentavam uma mesma ideia. Ihering colocou que a finalidade dos dois era deixar o réu escolher entre a desistência ou esperar até ter o reconhecimento de que ele era realmente o culpado, independente da escolha do acusado, o processo teria que ser concluído. O uso do argumento escolhido por ele, como dito anteriormente, são os argumentos quase matemáticos do qual o seu subtipo é o dilema. A importância deste argumento é mostrar que mesmo havendo a existência de dois termos de uma alternativa, essa leva à mesma consequência, sendo esta a tese.


As figuras de retórica
''A luta é o trabalho eterno do direito.''

FIGURA DE SENTIDO -
METÁFORA
: (é a utilização de uma palavra que designa uma coisa para designar outra, por haver entre elas traços de semelhanças).

Figuras de retórica, podem ter como conceito um determinado efeito na interpretação do leitor. Podem ser:
figuras e sentido (ou de palavra)
figuras de construção,
figuras de repetição,
figuras de pensamento,
figuras de enunciação  e figuras de argumento.
Assim, Ihering usa deste recurso para que o público alvo tenha uma melhor interpretação. 
O emprego da metáfora no trecho, consistiu em dizer que o trabalho do direito é a luta, desta forma, o escritor utilizou uma palavra que designa outra coisa, por haver entre elas traços de semelhanças.


Considerações finais
A importância da realização deste trabalho no contexto da disciplina de Português Forense:
oportunidade de entendimento
aprofundamento nos assuntos ministrados em sala de aula
experiência de leitura e reflexão.
A obra de Ihering comunica-se diretamente com a matéria Português Forense, proporcionando a prática da busca desta, e com isso, favorecendo o processo de ensino aprendizado. Como também, uma forma de comprovação que além de matéria da grade de Graduação em Direito, a disciplina se mostra muito importante para o dia-a-dia dos juristas, pois com o auxílio dessa doutrina e ensinamentos específicos da mesma, os jurisconsultos elaboram suas petições, procurações e outras ferramentas do Direito.
A importância deste trabalho para a formação pessoal e acadêmica se deu para o
Engrandecimento intelectual, pois além da leitura da obra estudada, foi feito um trabalho minucioso em cima do capítulo proposto, com o uso de figuras de retórica, interpretação de texto, palavras eruditas e aprendizado de outros assuntos que também estão inseridos na proposta do trabalho.
Mostrar que Ihering representou basicamente o mundo do direito em seu livro, e ainda evidenciou mais o mundo da retórica e da argumentação. No livro, podemos perceber que nossos direitos, que são previstos na norma, nem sempre são respeitados e executados. Desse modo, o autor estabelece qual o caminho devemos seguir quando nos são impostas injustiças do qual não concordamos, pois nunca se pode deixar de lutar por ele.Além disso,nos proporcionou um conhecimento de extrema importância para com o vocabulário jurídico, vendo que, o mesmo será utilizado em toda nossa trajetória como acadêmicos na área do Direito.Assumindo,portanto, papel de grande relevância na vida pessoal e acadêmica dos membros do grupo.

OBRIGADA!
Full transcript