Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of MÍDIA E EDUCAÇÃO

PALESTRA
by

Monica Schmid

on 27 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of MÍDIA E EDUCAÇÃO

O Processo Ensino Aprendizagem para uma Educação 3.0 Educação 3.0 e a Cibercultura Limites naturais como geográficos, organizacional, renda, étnico, gênero, devem ser relativizados no ciberespaço

(RODRIGUES; GOMES, 2007). Comunidades em geral:
* Contigüidade espacial;
* Interesses e Objetivos comuns, e;
* Obra comum. Comunidades Virtuais:
Relações sociais por contato repetido, em um local específico, e;
Discussões públicas, por tempo determinado, formando teias de relações . Pesquisa Datafolha 2008 ( Lima - 2010) Mônica Bossa dos Santos Schmid Superexposição na Rede (LIMA, 2010) Mundo imaginário, onde cada qual cria sua personalidade. Valorização do EU como essencial para a felicidade individual. Busca de aceitação e convívio. 33% Internet em 1º Lugar... * Renda familiar entre 05 e 10 salários (43%), * Acima de 10 salários (48%), * e com escolaridade superior (47%). Acesso a Internet * 83% dos jovens.
* Com escolaridade superior, 98% notícias
(79%) mensagens instantâneas (76%) sites de relacionamento/redes sociais (81%) pesquisa
(70%) baixar músicas (61%) Baixar vídeos (58%). O que mais Acessam? Comunidades VIRTUAIS

Formada por um número suficiente de pessoas, que leva adiante discussões públicas, por um certo tempo e com intensidade suficiente para estabelecer redes de relacionamento no ciberespaço.

Foco na coletividade. Fonte: Antônio L. M. S. Cardoso e Teresinha F. Burnham. Construção do Conhecimento em uma Comunidade Virtual de Aprendizagem. “Uma comunidade virtual é construída sobre afinidades de interesses, de conhecimentos, sobre projetos mútuos, em um processo de cooperação ou troca, tudo isso independentemente das proximidades geográficas e das filiações institucionais (LEVY, 1999 apud ...)’ ” Maior espontaneidade Possibilidade do Anonimato Falta de informações não verbais Comunicação síncrona desafia o entendimento convencional da diferença entre linguagem escrita e falada. Nick: elementos identificador, que define personalidades (o que/quem se é, ou deseja ser). Não há, a priori, diferenças sociais Diferenças podem ser evidenciadas no conteúdo, na escrita ou na escolha das comunidades. Metacomunidade Condição principal: caráter global e possibilidade de interação e comunicação instantânea. (STRECK, 2010) Espetacularização do EU (LIMA, 2010) O EU, na Internet, passa de introspectivo para expositivo, espetacular Do momento individual, solitário, para o meio individual, coletivo Nem sempre o virtual reflete a realidade: há ainda um resguardo de si. Dr. Leandro Henrique Magalhães CIBERCULTUAL VIRTUAL Base - computador e o digital Universal, caracterizada pela não totalidade, a sensação de plena liberdade, igualdade e irrestrições político-ideológico Cultura do VIRTUAL (ZANON, 2002) Entidade desterritorizada, que se manifesta livremente em diferentes momentos e locais Está vinculado a um usuário que interage, e por isso, armazena, copia, representa, atualiza. Seu oposto não é o real, mas o atual. Comunidades
virtuais Inteligência
coletiva Interconexão Cibercultura –
Universal sem
Totalidade Texto não é mais fechado, pois constantemente contextualizado Não é totalizante, pois não há um centro,
uma diretriz, um conteúdo base para todos Texto não é mais o mesmo para todos, graças a interatividade Conteúdo é aberto, em constante atualização e expansão O saber é ... * Criativo e ao
alcance de todos * Personalizado * Diversidade de Pontos de Vista 26% Sociedade da mobilidade, do risco e do comportamento independente Sociedade da estabilidade, da unidade e da fidelidade (STRECK, 2010) Educação 3.0 "O futuro das escolas ultrapassa
o domínio dos recursos tecnológicos.
É preciso transformá-los em grandes aliados da educação, quebrando paradigmas e reformulando as práticas educativas."
( Patrícia Melo - 2013) Está associado ao de Sociedade 3.0 Enfase na Inovação aceleradas mudanças
tecnológicas e sociais Globalização Horizontalidade do conhecimento
e dos relacionamentos humanos "Os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo"
Paulo Freire A escola do Futuro Chegou! João Alberto Rodrigues de Souza
Presidente do Sinesp Os processos educativos estão
"mediatizados pelo mundo" Educação 1.0 eras agrícola, industrial e da informação! @ Característica: ensino tradicional - tencnologia proibida em sala. Educação 2.0 @ * Era do Conhecimento
* Professor - Alunos - Conteúdo
* Uso parcial da Tecnologias em sala Educação 3.0 Transição O uso de todos os dispositivos móveis Conectados
em REDE! * O conhecimento socialmente construído;

* Contextualmente reinventado; Fonte: Júlio Furtado - Doutor em Ciência da Educação e Reitor da Uniabeu ( RJ) * Leitura das Múltiplas Linguagens * O Aluno como Produtor de conteúdos BLOG Alerta
1 Hardware - Tomamos as coisas
2 Software - Pessoas * O que o meu aluno precisa?
* Qual é o meio que ele aprende melhor ou quer aprender?
* Qual recurso nós iremos utilizar? * Valores
* Lado Humano Mônica Bossa dos Santos Schmid Dr. Leandro Henrique Magalhães Cria Recria Transforma Atua Modifica Projeto Água Cibercultura é marcada
por Três Elementos Cibercultural Cibercultural Cibercultural Virtual Virtual Virtual
Full transcript