Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

PRIMEIRA HORA DO JOGO: SEU SIGNIFICADO

avaliação com criança
by

liege oliveira

on 4 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of PRIMEIRA HORA DO JOGO: SEU SIGNIFICADO

primeira hora do jogo: seu significado
Acadêmicos:
OBJETIVOS
FREUD (1908) PEQUENO HANS

Liege .O Araújo
Felipe.S.C
ProfªMa. Andréia Scheneider

ABERASTURY ( 1992)

" CHEGOU A TORMENTA O TETO VAI CAIR"
O DIÁLOGO E SIMBOLISMO DO DESENHO PARA GERARDO
Avaliação com criança
HORA DO JOGO DIAGNÓSTICA
Atividade lúdica é forma de expressão da criança, assim como a linguagem é para o adulto;
A hora do jogo diagnóstico, fundamenta-se em um referencial teórico psicodinâmica;
Tempo Limitado;
Operando como unidade para conhecimento inicial da criança devendo interpretá-la como tal, e cujos os dados serão ou não confirmados pela testagem.
( Werlang, 2000 e Fron et al., 1990).
Viabilizar a compreensão da psicodinâmica e da estrutura psíquica da criança;
Fazer uso de diferentes técnicas( dentre elas entrevista lúdica) que permite entendimento de conflitos e sintomas;
Formular conclusões diagnósticas, prognósticas e indicações terapêuticas.
Freud, Aberastury e Melanie Klein

Criança brinca para fazer alguma coisa, que na realidade fizeram com elas passando de passivas para ativa, e que através do brinquedo, conseguem elaborar eventos traumáticos, possibilitando a realização do desejo dominante para sua faixa etária, relacionando-se comm real, recriando a realidade
A criança na sua fantasia de cura, expressa o desejo de modificação do mundo exterior real e seu desejo de curar sua compulsão a repetir ditas experências.
MELANIE kLEIN (1932)

Uma das pioneiras em utilizar o jogo com técnicas psicanáliticas "o jogo é a via regia do incosciente".Brincar é a linguagem da criança que facilita a expressão de diversos conteúdos psicológicos
ENTREVISTA INICIAL
Realizada inicialmente apenas com a presença dos pais ( casal ou mãe/ pai/ cuidador);
Para depois ser com a criança;
É necessário que a entrevista seja dirigida e limitada de acordo com um plano( estabelecido, seguindo alguns critérios:
Motivo da consulta;
situação de como o filho foi planejado/ ou não
História do desenvolvimento da criança ( nascimento, lactação, controle esfíncteres, adaptação da amamentação/ alimentação etec...);
Atividade diárias ( lazer, escola, rotina em casa etec..);
Aspectos da conjugalidade ( aspectos da relação....);
aspectos da parentalidade ( forma como lidam c/ filho) bem como relações familiares
ressaltando entrevista deve ser previamente estabelecida, pois as vezes os país tendem a escpar do tema ( filho) e fazer confidências pessoais

CASO 10
MOTIVO DA CONSULTA
Gerardo tem 8 anos , sofre de epilepsia;
Com frquentes crises convulsivas ( 4 a 5 por dia);
E sua aprendizagem estava conturbada por contíuas ausências;
PRIMEIRO DIA DA ENTREVISTA DIAGNÓSTICA
Gerardo entrou sozinho no consultório;
Não houve interesse pelos brinquedos;
preferiu desenhar uma casa;
Esmerou-se em fazer bem todos os detalhes do desenho da casa, colorindo cuidadosamente;
Esmero bem sucedido ( desenho com riquez de detalhes);
VISÃO INICIAL DA AVALIAÇÃO:
O esmero de fazer o desenho com riqueza de detalhes, foi considerado adequado para idade de Gerardo.
O DESENHO
DETALHES DO DESENHO
Desenhou sobre a casa múltiplas nuvens grandes estavam muito perto do canto superior da folha;
e as que se seguiram foram se aproximando cada vez mais do telhado da casa
A representação do desenho:
As nuvens próxima a casa: Simbolizam a tramatização da "AURA";
E a tormenta que derruba a casa: representa as crises convulsivas ( com consequente queda).

PEDIDO DE GERARDO AO ENTREGAR O DESENHO
"ENSINAR A FAZER UMA CASA QUE NÃO DESABE"

RELEXÕES TEÓRICAS SOBRE CASO BASEADOS EM ABERASTURY
Ao entrar sozinho no consultório s/ os país: gerou situação :ansogênica similar ao nascimento ( Angústia da separação);
Mediante ao diálogo do menino que solicitou aprender a desenhar " uma casa que não desabe" ficou clara a manifestação da fantasia incosciente de sua enfermidade ( convulsões), que é uma força alheia a sua vontade é incontrolável;
A tormenta a qual sentia era anúncio ( representada pelas nuvens escuras) da chegada da 'AURA", a qual não poderia lutar ( evitar);
que o vencia e resultava nas crises convulsivas;
Sua Fantasia de cura foi expressa claramente no pedido que lhe ensinasse a fazer "uma casa que não desabasse", ou seja, que ensinasse a controlar essa força, para evitar as crises convulsivas
OBRIGADA PELA SUA ATENÇÃO!!!!!
Referências
Aberastury.A (1992). A Psicanálise da criança
teórico e técnica, orto Alegre, Artmed, Cap 5 e 7
Fuentes,D e cols (2008), Avaliação Neuropsicologica, teória e prática, Artmed, Cap 19, in: Aplicação neuropsicologica aplicada a epilepsia pag 32
" Conheça todas as teórias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas uma outra alma humana"(Carl Jung)

"A arte é uma mentira que nos permite atingir a verdade"
Pablo Picasso
No desenho fica claro a projeção da imagem corporal ( nuvens)
representam "aura"
que são sintomas que precedem, anunciam
a chegada do ataques epiléticos
Full transcript