Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

MODERNA ESCOLA ITALIANA - ECONOMIA AZIENDAL

No description
by

Monize Toledo

on 2 May 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of MODERNA ESCOLA ITALIANA - ECONOMIA AZIENDAL

Economia Aziendal é o resultado de um processo evolutivo da Contabilidade Italiana;
CINCO PERÍODOS
A revolução de Gino Zappa
Foi um dos melhores alunos de Fabio Besta.
Entre 1910-1920 escreve a respeito da Contabilidade.
Contrastes não resolvidos de Cerboni e Besta foram o principal ponto de partida para seu trabalho revolucionário;
Conceitos de valor tanto na área econômica como na de negócios;
Natureza do Resultado e sua relação com a riqueza;

SUA OBRA
Zappa concluiu que:
Sistema teórico contábil a partir do resultado
CONCLUSÃO
PRINCIPAL PERSONAGEM DA MODERNA ESCOLA ITALIANA
GINO ZAPPA
MODERNA ESCOLA ITALIANA - ECONOMIA AZIENDAL
Monize Toledo
Jalile
Vitória
Flavia

Iniciado por Leonardo Fibonacci e encerrado por Gino Zappa
Período empírico das partidas dobradas, que vai da Idade Média até o final do século XVII.
Revolução cinco contista, de Napoleão Cerboni (primeira metade do século XIX)
Revolução Cerboniana, da metade até o final do século XIX.
Revolução de Besta (Escola de Veneza), de 1880 até II Guerra Mundial.
Revolução de Zappa, de 1922 até os dias atuais
Este período foi marcado por decadência econômica, social e politica;
Refletindo no desenvolvimento da contabilidade italiana;
Foi responsável pela consolidação das partidas dobradas.


No final do séc. XVIII surge um novo paradigma que agitou o campo doutrinário da contabilidade.
O francês Degranges apresentou sua teoria das cinco contas;
Difundiu-se na França e chegou a Itália especialmente no norte, nos primeiros anos do século XIX.

A contabilidade passa por uma evolução histórica
que tiveram três causas especiais:

1- Devido ao papel público do fundador, a logismografia foi difundida para as contas públicas.
2- A logismografia foi considerada como contribuição puramente italiana, uma forma de reafirmar a recuperação nacional em termos técnicos e científicos.
3 – Os teóricos procuravam através dos anos ampliar e aprofundar a teoria da logismografia para torna – lá mais compreensível.

Uma das primeiras reais revoluções científicas que deu nova base teórica para Contabilidade;
Método histórico de análises -considera os aspectos administrativos e de registros contábeis;
Adotou o método de
Spencer
para analisar os objetivos, os métodos e conteúdos da contabilidade e da auditoria.

Dificuldade de harmonizar a teoria logismográfica com novas práticas vigentes na Itália;
Aumento da complexidade das empresas causada pelo desenvolvimento econômico italiano;
Complicação burocrática do sistema de partidas dobradas de Cerboni;
Surgimento de novas elaborações teóricas;
No final do século XX ocorreu avanço na Contabilidade;
Os problemas contábeis passaram a ser tratados como um conjunto de elementos de natureza prática e teórica;
Tentativa de colocar a Contabilidade no nível científico de outras ciências e adotar o positivismo clássico de sua época;
Influência do Inglês Spencer e do francês
Comte
que desenvolveu a essência do positivismo.

Os estudos das atividades econômicas de uma empresa são independentes e representam uma combinação sistêmica e complexa de fatores de produção;
A teoria contábil deve estar aberta à análise dos fatores independentes da vida das empresas relacionados com seu presente e com seu futuro;
Deve ser capaz de demonstrar o relacionamento, em termos de espaço e tempo, entre os fatos administrativos e sua conexões econômicas com as empresas;
Os sistemas contábeis devem representar a formação do resultado, que está relacionado com todos os fatos administrativos e com a dinâmica da empresa;
Pontos característicos de sua escola
A tentativa de integrar em uma única disciplina todos os conhecimentos da vida econômica da entidade;
Desenvolver uma teoria para a Contabilidade a partir do resultado, sendo que este representa o produto algébrico dos custos e proveitos (receitas) resultantes das operações da entidade;
Ele seguiu a tendência de reunir em uma só disciplina:

a doutrina da gestão -
um conjunto de princípios destinados a servir de instrumento de auxílio à ação da gestão

a doutrina da organização -
estudo da constituição e harmonização do organismo pessoal da entidade

a Contabilidade -
demonstração dos resultados da gestão por meio da observação adequada ao estudo quantitativo dos fenômenos empresariais
Desenvolver um sistema teórico contábil a partir do resultado;
A Contabilidade deve ocupar-se da demonstração dos fatos da gestão e não deve simplificar-se em um simples método de registro;
A finalidade da demonstração é de conhecer o resultado
Nasceu em 1879 em Milão, onde desenvolveu
seus estudos fundamentais e seus primeiros estudos técnicos na área contábil.
Trabalhou dois anos na prática profissional de Contabilidade
Foi assistente de Clitofonte Bellini
Professor de Contabilidade do Instituto Técnico de Milão.

SUA VIDA
SUA VIDA
De 1903 a 1905 passou a frequentar a Escola Superior de Comércio de Veneza, onde habilitou-se ao ensinamento da Contabilidade
Em 1905, foi-lhe conferido o título de Professor.
Iniciou sua carreira lecionando no Instituto Técnico de Rovigo e em seguida no Instituto Superior de Economia e Comércio em Genova.




SUA VIDA
Em 1921, foi o vencedor do concurso para cátedra de Contabilidade do Instituto Superior de Ciência Econômica e Comercial de Veneza, que, por 50 anos teve como titular o professor Fabio Besta.
Zappa morreu em Veneza no ano de 1960




As obras de Zappa, abriram um novo horizonte para a pesquisa contábil.
Zappa acreditava que a Contabilidade é a única ciência que estuda a condição de existência e a manifestação da vida da Entidade.
A Contabilidade deveria corresponder a uma forma de método experimental relacionado com o estudo qualificativo e estático dos fenômenos mais simples da economia da Entidade.


Considerava o método das partidas dobradas como um método contábil por excelência.
O principal trabalho de Zappa foi publicado em 1937, intitulado “Escrituras dobradas , contas e demonstrações financeiras das sociedades comerciais.”
Seu trabalho representou uma das pilastras fundamentais da reforma doutrinária ocorrida na Contabilidade no século XX.

Percursor e Líder: Gino Zappa (1920) propôs a economia aziendal, com surgimento dessa escola somente em 1922
Principais características:
Admitiam que a azienda era o objeto de estudo da Contabilidade.
Estuda os fatos aziendais sob aspecto econômico.
O resultado é o mais importante fenômeno da empresa, sendo que o patrimonial esta dentro do resultado.
A Contabilidade é considerada a ciência da administração econômica das entidades e estuda: a doutrina da gestão; a doutrina da organização e a contabilidade.
Ocorre a passagem do sistema patrimonial para o de resultado.
Classificação das variações em três grupos: permutativas, modificativas e mistas.
Deve se preocupar em conhecer custos e despesas, ou seja, resultado.

Resultado = Produto do Exercício
Resultado = incremento/decréscimo de Capital

A gestão sofre influências positivas ou negativas (Ex: Governo, tecnologia, desastres naturais, etc.)

“Zappa apud Pezzoli” dividiu o sistema de resultado em três séries de Conta:

*Réditos
*Remuneração
*Capital

Réditos:
Contas que compõem resultado positivo e negativo são: vendas, despesas com salários, compra de matéria-prima, juros
Remuneração:
Caixa, fornecedores, clientes
Capital:
Capital social, reservas, resultado do exercício.

O principal papel dos registros contábeis é o de demostrar os componentes do resultado originados das variações monetárias geradas pelas transações com economias externas.
Para Zappa, os componentes do réditos ou variações lucrativas denominam-se variações do exercício.

Classificação das variações em três grupos:
Permutativas
- engloba as variações de sinal contrário que se registram nas contas de uma única série (pagamento de fornecedor)

Modificada -
reflete as variações de mesmo sinal que se apresentam em contas de duas séries(receitas por serviços prestados a prazo)

Mistas -
são as que apresentam, concomitantemente, características permutativas e modificadas.

Full transcript