Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O ensino de infografia nos cursos de jornalismo das universidades do Brasil e da Espanha

Projeto de Dissertação
by

Rafael Martins Alves

on 22 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O ensino de infografia nos cursos de jornalismo das universidades do Brasil e da Espanha

o ensino de infografia nos cursos de jornalismo das universidades
do Brasil e da Espanha Apresentação
O projeto A crescente utilização dos infográficos nos meios de comunicação contrasta com as raras inclusões de disciplinas sobre infografia nas universidades. O Brasil e, principalmente, a Espanha, são duas referências mundiais em produção de infográficos. Este trabalho, que será baseado em autores como Valero Sancho, Cairo, Teixeira, Lage e Bonsiepe, tem como objetivo principal averiguar a situação atual do ensino da infografia nas universidades nos dois países. A pesquisa irá explorar a bibliografia sobre o assunto, analisar os currículos dos principais cursos de jornalismo e realizar entrevistas com professores e profissionais que trabalham na produção da infografia como produto jornalístico com o intuito de saber como a academia pode contribuir para a formação desse profissional e dos outros jornalistas que irão trabalhar com ele. O presente trabalho irá também sugerir uma proposta de plano de ensino para a disciplina de infografia com base na pesquisa que será realizada.


Palavras-chave: Infografia, Design Gráfico, Ensino Superior, Jornalismo Resumo OBJETIVOS

Objetivo Geral

Compreender o estado da arte do ensino da infografia nos cursos de jornalismo oferecidos nas universidades do Brasil e da Espanha.

Objetivos Específicos

● Analisar os currículos dos cursos de jornalismo e verificar a presença de disciplinas voltadas à infografia;
● Analisar os planos de ensino das disciplinas de infografia presentes nas universidades do Brasil e da Espanha;
● Conhecer as opiniões e o ponto de vista de professores de infografia dos dois países em relação ao ensino e ao conteúdo da disciplina;
● Conhecer as opiniões e o ponto de vista de infografistas que atuem em meios de comunicação com background na área, ou seja, que já produzam infografia há algum tempo no mercado, com sucesso, ou seja, eficientemente;
● Desenvolver um plano de ensino para a disciplina de infografia de um curso de jornalismo que reúna aspectos e conhecimentos desenvolvidos a partir dos resultados desta pesquisa. Metodologia/ procedimentos metodológicos

Estudo de Casos Múltiplos

dados qualitativos serão analisados de modo qualitativo

A pesquisa qualitativa é flexível e descobre-constrói seus objetos à medida em que a pesquisa progride (PIRES, 2008)
Não conhecemos nosso objeto e precisamos dessa flexibilidade durante o andamento dos trabalhos

3 universidades de cada país
UFRJ, UFBA, PUC-RS (Brasil)
Unav, UAB, UCM (Espanha)

Critérios: Rankings de Cursos (El Mundo e Abril)

- apenas jornais.

Profissionais de 3 empresas de cada país
Estadão, Folha de S. Paulo, O Dia
Público, El País, El Mundo

(baseado no Prêmio Malofiej) Abordagens:

tópicos essenciais para a infografia

Design e pensar visualmente
Cartografia
estatística
Animação Referencial Teórico
Ensino de Jornalismo
Design
Infografia BONSIEPE, Gui. . Teoria y practica del diseno industrial: elementos para una manualistica critica.. Barcelona [Espanha]: G. Gili, 1975.
CAIRO, Alberto. Infografia 2.0 – visualización interactiva de información en prensa. Madrid: Alamut, 2008.
DE PABLOS, José Manuel. Infoperiodismo: el periodista como creador de infografía. Madrid: Síntesis, 1999.
LAGE, Nilson. A reportagem: teoria e técnica de entrevista e pesquisa jornalística. Rio de Janeiro : Record, 2001.
PELTZER, Gonzalo. Jornalismo Iconográfico. Lisboa: Planeta, 1991.
RIBEIRO, Suzana Almeida. Infografia de Imprensa: História e Análise Ibérica Comparada. Coimbra : MinervaCoimbra, 2008.
TEIXEIRA, Tattiana. Infografia e jornalismo. Salvador : EDUFBA, 2010.
POYNOR, Rick. ´The designer as reporter´, Obey the giant. London : August Birkäuser, 2001. pp 185-8.
MORAES, Ary. Infografia – o design da notícia. 1998. 173 f. Dissertação (Mestrado em Design). Departamento de Artes. Pontifícia Universidade Católica. Rio de Janeiro.
TRAQUINA, Nelson. Teorias do jornalismo. Florianópolis. Insular. 2004. Bibliografia Orientação: Profa. Dra. Tattiana Teixeira
Linha de Pesquisa: Processos e Produtos Jornalísticos Design e pensar visualmente

A idéia, o planejamento, a confecção de esboços e a geração de alternativas fazem parte da metodologia do design e são fundamentais para a criação e desenvolvimento de um infográfico eficiente.

design = projeto Cartografia

mapas são usados com bastante frequência, auxiliando na visualização de uma área geográfica.

dados eficientes, desenhos na devida proporção e ilustrações que esclareçam ao invés de confundir.
Textos que pedem a presença de dados estatísticos podem ser melhor ilustrados e oferecer algo que seja mais esclarecedor ao leitor através do uso correto da estatística.
Meios digitais
hipermídia
interatividade http://super.abril.com.br/multimidia/info_432780.shtml Outros conhecimentos importantes à infografia



Cartografia Estatística Animação
Metodologia do Design Há similaridades entre o método de trabalho dos infografistas e
da metodologia do design, aliado às práticas jornalistas de seleção, apuração, análise, síntese e edição das informações A metodologia do design, de autores como Bonsiepe (1975), Cross (1981 e 1997), Munari (1985) e Frascara (2004) apresenta etapas semelhantes, que vão, resumidamente, desde a problematização e conceituação, passando pela pesquisa, geração e escolha de alternativas até a execução e produção.

Estágio de Docência na disciplina de infografia do curso de jornalismo da UFSC

- Observação do desempenho dos alunos; como lidam com o conteúdo, maiores dificuldades; perfil do corpo discente;
- Observação do professor e modo de lidar com o plano de ensino; adaptações, modo de lidar com os alunos;
- Ministrar aulas; analisar o conteúdo do plano de ensino e sugerir outros tópicos;
_ Acompanhar a evolução dos alunos;

Com base nas observações em aula, foi desenvolvido um modelo de plano de ensino:

Disciplina de infografia de 4 a 6 créditos

Ementa:
Histórico, definições, tipos e aplicações da infografia jornalística; Design e sua metodologia aplicados à infografia; Noções de cartografia, estatística e animação.

Objetivos:

Propôr um plano de ensino visando: apresentar ao aluno a infografia e os conhecimentos relacionados; proporcionar a compreensão sobre quando, porquê e como se faz um infográfico; ensinar ao aluno como pensar visualmente.

Metodologia:
Consiste de aulas expositivas, debate de tópicos, aplicação de exercícios à mão livre e através de softwares gráficos e produção de infográficos.
Avaliação:

Reportagem infográfica; exercícios; prova teórica.

Conteúdo/ aulas:
Considerações Finais

Espanha à frente, na academia e no mercado;

Ainda existe um grande distanciamento entre o trabalho prático e o ensino superior. Mercado e academia pouco dialogam;

Sobre o ambiente mais indicado para o ensino: cursos de design ou jornalismo?

Seria necessário uma pesquisa similar nos cursos de design;

O jornalismo precisa compreender a importância da infografia enquanto produto jornalístico feito por jornalistas e não por ilustradores;

O infografista precisa de uma maior atenção da academia;

Também se espera do mercado e das empresas que reconheçam a importância da formação universitária para os seus profissionais, colaborando mutuamente para a evolução não só da infografia, dos infografistas e jornalistas, mas das relações sociais e profissionais daqueles que exercem o seu papel na sociedade Sugestão para trabalhos futuros 1) Pesquisar o ensino de infografia em cursos de design; Fazer o caminho inverso;
que conteúdos uma disciplina de infografia precisaria abordar visando a formação do infografista em um curso de design?
Como trazer o jornalismo para o designer?

2) Por lidar complexamente com diversos conhecimentos e habilidades, é preciso muito mais que uma disciplina para formar um infografista, mas várias delas;
Como criar um curso isolado visando exclusivamente a formação do profissional que lida com infografia e visualização de dados? Quais seriam as disciplinas presentes na grades curricular, como dividí-las em obrigatórias e optativas? Quais merecem maior destaque, que outros aspectos relacionados a um curso de graduação em infografia devem ser considerados?
Full transcript