Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

TFG - HOTEL DE CONVENÇÕES

No description
by

on 9 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TFG - HOTEL DE CONVENÇÕES

MACROZONEAMENTO
TFG - HOTEL DE CONVENÇÕES
TEMA: FLEXIBILIDADES COM RELEVANCIA EM FECHAMENTOS
Apresentação
O Trabalho Final de Graduação consiste na elaboração de um projeto arquitetônico de um edifício destinado a atividade de Hotel de Convenções, localizado na cidade de Ribeirão Preto, para recepcionar executivos e turistas; com ênfase no estudo do conceito de ‘’Pele’’ e sua aplicação da Arquitetura. O desenvolvimento plástico e estético irá ressaltar sua imponência através do projeto luminotécnico.

Objetivos
Objetivo Geral

Experimentar o processo de concepção arquitetônica, relacionando forma, solução estrutural, e um sistema inteligente de fechamento que possa ser funcional durante a vida útil do edifício e de fácil manutenção, afim de expressar o conceito de flexibilidade e o partido ainda a ser adotado.
Permitir ao usuário manusear com praticidade conforme sua preferência, para que haja controle da iluminação no interior dos espaços dependendo do uso e do tempo; trazendo conforto e versatilidade.
Implantar soluções que colaborem para a eficiência energética, se adequando as questões de conforto térmico, acústico e sanitário. As mesmas deverão ser pensadas sobre a pureza dos elementos, para que não haja grande impacto, tanto ambiental, quanto visual.


Justificativas
Logo que a cidade recebe inúmeros eventos durante o ano, e muitas vezes alguns Motéis acabam sendo utilizados pelo fato das disponibilidades e reservas se esgotarem nos Hotéis.
A implantação de mais um novo Hotel cinco estrelas, trás a Ribeirão Preto mais unidade, entre quatro disponíveis com todo o programa necessário para o atendimento.
Com o crescimento da cidade para as áreas de periferia de classe A e AA, a necessidade da implantação de um hotel diferenciado tem papel relevante de receber executivos, empresários, etc.
Um novo hotel em Ribeirão Preto com conceito arrojado e peculiar, onde a noite possa transmitir seu potencial através da luminotécnica implantada em sua riqueza arquitetônica.

O que é ''Pele''?
''Com a descoberta da fachada livre e os avanços da tecnologia da construção na virada do século XIX para o XX, a ‘’ pele ‘’ do edifício se tornou independente da estrutura, e trouxe maior liberdade de criação para a superfície arquitetônica.''
(Retirado do texto de Cecília B. e Fernando Diniz - ELECS)

(...) ''as janelas deixam de ser apenas aberturas nas paredes para se tornarem a própria parede, gerando novas possibilidades de ventilação, iluminação, e relação com o exterior.'' (Retirado do texto - Fachada, projeto e design ambientalmente consciente na Arquitetura, Cecília B. e Fernando Diniz - ELECS, Recife)

(...) ''novas formas de relação entre interior e exterior e também de manifestação estética e compositivas.''
(Retirado do texto Conceitos e Elementos Arquitetônicos - Diretizes de Projeto -Paulo M.M. - Curitiba)
Tecnologia
A concepção do hotel acontecerá através do uso do sistema estrutural formado por concreto e aço. Um sistema o qual possa ser pré-moldado, para que haja habilidade na montagem sem desperdício de materiais. O sistema em concreto permite uma força mecânica mais estável. Todos os pilares serão em concreto, e o restante da estrutura, em aço. A estrutura viabiliza o uso de vãos maiores, permitindo a criação de formas também.
Não só pensando no sistema estrutural, quanto também na logística, o Hotel poderá ser erguido em menos tempo em relação ao sistema convencional.
O aço permite a facilidade na montagem e também no desenvolvimento de conceitos, como o parametrizado.
Toda a estrutura permite o contato interno/externo, onde o fechamento independente da estrutura e corpo do edifício seja apenas um ‘’pano’’ entre o usuário e a paisagem. O fechamento não irá expor o que há por dentro, para que haja intimidade e também desperte a curiosidade no público.
Um sistema de transparência que permitirá uma composição de luzes a noite, respeitando a interferência urbana, mas tornando-se um espetáculo onde irá ressalvar toda a metálica dos montantes.

O que é ''Pele''?
PROJETO: IGOR EDUARDO COSSALTER
'' Assim como seus antecedentes muxarabis, essas peles para serem penetradas pelo olhar requerem proximidade e intimidade. de modo que não expõe o interior como o vidro, dissimulam como um véu sedutor feminino, que nunca deixam uma contemplação aberta. mas ao mesmo tempo em que impedem uma leitura visual fácil, podem causar prazer estético devido ao desenho de seu padrão ou beleza técnica e formal de sua construção.''
(Retirado do texto - Conceitos e Elementos Arquitetônicos - Diretrizes de Projeto - Paulo Barnabé - UFP)

Plano de Trabalho
MICROZONEAMENTO
ÁREAS ESPECIAIS
(zoneamento)

GLEBA
LOTEAMENTO PREVISTO
LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO
ESTUDO DOS VENTOS
PAISAGEM URBANA
PROBLEMÁTICA
LOCALIZAÇÃO
Amarelo - Locais cujo uso do solo consta em memorial descritivo registrado em cartório de registro de imóveis
Vento predominante: Sul
Rodovia frente ao local: Ruídos
REFERÊNCIAS DE ''PELE''
Obrigado
Referências Bibliográficas

RANDOLPH, Muti. Muti Randolph. Disponível em:<http://www.mutirandolph.com> Acesso em: 15 Nov. 2013.

BARNABÉ, Paulo M. M. Conceitos e elementos arquitetônicos: diretrizes de projeto. Disponível em: <http://projedata.grupoprojetar.ufrn.br/dspace/bitstream/123456789/1618/1/154.pdf>. Acesso em: 24 Mar. 2014.

ENGEL, Heino, Sistema de Estruturas. Barcelona: Gustavo Gili, 2001.

NEUFERT, Ernst, A Arte de Projetar em Arquitetura. 17. ed. ren. e amp. Barcelona: Gustavo Gili, 2011.

BRITO, Paulo L.; JORGE, Wilson E.; ANDRADE, Nelson. Hotel: Planejamento e Projeto. 3. ed. São Paulo: Senac, 2001.

BRANCO, Cecília M. C.; MOREIRA, Fernando Diniz. Fachada, projeto e design ambientalmente consciente na arquitetura de Sauerbruch & Hutton. Disponível em:<http://www.elecs2013.ufpr.br/wp-content/uploads/anais/2009/2009_artigo_106.PDF>. Acesso: 22 Mar. 2014.

Arthtectural. Disponível em: <http://www.arthitectural.com/wingardh-arkitektkontor-ab-kuggen/kuggen-goteborgwingardhs06-2011>. Acesso em: 2 Abr. 2014.

Designboom. Disponível em: <http://www.designboom.com/architecture/wingardh-arkitektkontor-kuggen>. Acesso em: 2 Abr. 2014.

Archdaily. Disponível em: <http://www.archdaily.com.br/br/01-169412/biblioteca-de-birmingham-slash-mecanoo>. Acesso em: 6 Abr. 2014.

Archdaily. Disponível em: <http://www.archdaily.com.br/br/01-161347/extensao-gusswerk-slash-lp-architektur>. Acesso em: 7 Abr. 2014.

Archdaily. Disponível em: <http://www.archdaily.com.br/br/01-140032/family-box-slash-crossboundaries-architects>. Acesso em: 7 Abr. 2014.
Full transcript