Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Fôrmas

No description
by

Camila Ramalho

on 1 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Fôrmas

Fôrmas
design by Dóri Sirály for Prezi
OBRAS
CIMBRAMENTO
DESFORMAS
CUSTOS
Definição
São estruturas provisórias, destinadas a dar forma e suporte aos elementos de concreto até sua solidificação;
Tipos
Madeira
Aço
Plástico
Papelão
Chapa de madeira revestida
Madeira Serrada
Processo Produtivo
Definição
O cimbramento é uma estrutura de suporte provisória, composta por um conjunto de elementos que apoiam as fôrmas horizontais (vigas e lajes), suportando as cargas atuantes;


Tipos
Escora pontual
Mesas voadoras
Torres Metálicas
A retirada do escoramento e das fôrmas deve ser efetuada sem choques e obedecendo a um programa elaborado de acordo com o tipo da estrutura. Durante o procedimento de retirada do escoramento, a aplicação de esforços na estrutura deve ser lenta e gradativa.
Objetivo
Projetos e Plantas
Planejamento
Concreto
Número de utilizações
Disponibilidade no canteiro
Produção
Equipamentos
Montagem
Alumínio
Processo Produtivo

Fôrmas
Conjunto completo dos elementos que o compõem:

A própria fôrma
Elementos de cimbramento
Escoramento remanescente
Equipamentos de transporte, de apoio e de manutenção
• Obter o sistema adequado às necessidades e às condições disponíveis.

• Ter o controle da precisão geométrica dos elementos da estrutura.

• Obter melhor produtividade nas atividades da fôrma, na confecção, montagem, desforma, transporte, conservação e manutenção.

• Preservar o desempenho da estrutura com correto manuseio da fôrma.

• Obter o resultado mais econômico.


Projeto arquitetônico

Projeto estrutural

Produção de fôrma
Desenhos de montagem da fôrma:
 Planta de locação dos eixos e
gastalhos
 locação dos pilares
 Planta de cimbramento,
 travamentos, guias e barrotes e
escoras remanescentes.
 Planta de processo de paginação
da laje
Desenhos de confecção da fôrma

Desenhos de montagem da fôrma, sendo as principais:
 Planta de locação dos eixos e gastalhos
 locação dos pilares
 Planta de cimbramento,
 travamentos, guias e barrotes e escoras remanescentes.
 Planta de processo de paginação da laje
Desenhos de confecção da fôrma

Desenhos de montagem da fôrma, sendo as principais
 Planta de locação dos eixos e gastalhos
 locação dos pilares
 Planta de cimbramento,
 travamentos, guias e barrotes e escoras remanescentes.
 Planta de processo de paginação da laje
Desenhos de confecção da fôrma

Fornece, entre outras coisas, o ritmo de execução da estrutura, bem como a sequência dos trabalhos.
Dependendo do tipo de concreto a ser utilizado, as fôrmas deverão atender com mais ênfase a quesitos como estanqueidade, inexistência de reação química etc.


O bom projeto de fôrmas não é aquele apenas fácil de montar, mas sim aquele fácil de DESMONTAR. É no momento da desforma que os painéis sofrem os maiores impactos, comprometendo sua vida útil.


Cuidados como usar cunhas de madeira em vez de pé-de-cabra e passar cordas pelas escoras, criando uma “cama” onde as chapas de lajes caem sem danificar suas bordas, são fundamentais para garantir a durabilidade dos painéis de fôrmas.
Dividir espaço com outros materiais, como: aço, blocos, argamassas etc.
Projeto de Canteiro: que leva em conta a disposição dos materiais em cada uma das etapas da obra
Equipamentos para fabricação e montagem

Equipamentos para montagem das fôrmas

Pilares
Transferência dos eixos coordenados e execução dos gastalhos
Montagem da fôrma

Vigas e lajes

Liberação dos serviços
Pilares
Lajes e vigas

Execução:
Escoras pontual
Torres metálicas

Como escolher o sistema





Inspeção
YOU, TUCURUVI - TIBÉRIO
Localizção: Av. Mazzei, 530 - Tucuruvi - São Paulo
Data da visita: 04 mar 2016
Construtora: Tibério

Dados da obra:
2 torres
Residencial
Início: 02/2015
Previsão: 01/2017
Alvenaria estrutural
Térreo e sub-solos estrutura suporte convencional
MY PLACE - SINCO ENGENHARIA
Localizção: Rua Zanzibar, 400 - Casa Verde - São Paulo
Data da visita:24 mar 2016
Construtora: Sinco engenharia
Eng. Responsável: Thiago Andreo

Dados da obra:
1 torres
Residencial
Previsão: 12/2016
Estrutura suporte convencional em concreto armado
TALIPÔ - BROOKFIELD
Localizção: Rua Luiz otávio, 2245 - Mansões Santo antonio - Campinas
Data da visita: 22 abr 2016
Construtora: Brookfield
Eng. Responsável: Gustavo
Basilio

Dados da obra:
4 torres
Residencial
Estrutura suporte convencional em concreto armado
OLÍMPIA PARK RESORT - RIO VERDE
Localizção: Av aurora fort neves, Olímpia - Situada em frente ao Thermas dos Laranjais

Construtora: Rio verde
Engenheiro: Ricardo Mendes
Dados da obra:
4 torres
Hotel
Início: 10/2013
Previsão: Fase 1- 07/2017 Fase 2 - 07/2019
Estrutura suporte convencional em concreto armado
FÁBRICA DE PRÉ-MOLDADOS
Localizção: R. Sebastião jordão, 20 - Jandira

Fábrica:CPI Engenharia- Soluções
pré-moldadas

Data da visita: 14 mai 16

outros
Forma deslizante
Forma trepante
Características do sistema
Aspectos críticos
Tipos
Etapas de produção
Ponte sobre o Rio Negro
Vantagens
Convencional
C/ Treliça
De fechamento
Especial
1- Concretagem e deslizamento
2- Nivelamento
3- Adensamento
4 - Desforma
5- Acabemento
Componentes
Desempenho
Etapas de execução
fôrmas trepantes auto portantes
1. Desforma
2. Colocação do cone de apoio
3. Içamento
4. Armação
5. Concretagem

NBR 15696
Projeto de fôrmas
Projeto estrutural
Planejamento
Durabilidade
Importância
PES e PIS
Reescoramento
São estruturas provisórias auxiliares, colocadas sob uma estrutura de concreto, que não tem capacidade de resistir totalmente a esforços provenientes de cargas permanentes ou variáveis, transmitindo-as as barras de apoio.
Execução
Escolha do Sistema
Inspeção
Full transcript