Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

NR 12 - SEGURANÇA NOTRABALHO EM MÁQUINASE EQUIPAMENTOS

A Norma Regulamentadora 12 sem mistérios
by

Marcus Azevedo

on 18 December 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of NR 12 - SEGURANÇA NOTRABALHO EM MÁQUINASE EQUIPAMENTOS

Índice 1. ARRANJOS FISICOS E INSTALAÇÕES. NR12: Cenário – Por que? BRASIL (estatísticas):

-4º em Acidentes de Trabalho fatais (El Salvador, Coreia e Índia);
-15º em Acidentes gerais;
-83 acidentes a cada hora;
-3,5 Mortes ao Dia;
-2,3 % PIB destinados a custos relativos a acidentes (2009)
- R$ 14 Bilhões - Aposentadorias A.T. (2009)

Fonte: Conselho Nacional de Saúde NR – 12 Conceito Básico CONSIDERAÇÕES FINAIS NR12 SEM MISTÉRIO Descumprimento da Norma Porque implementá-la? (BENEFÍCIOS) O homem não é apto, por si só, em seu meio de trabalho, a se proteger sem dispositivos de segurança. As máquinas e Equipamentos devem se integrar, aos dispositivos de segurança. Dispositivos de segurança normalizados diminuem sensivelmente os riscos existentes, mas não os eliminam totalmente. Ações adicionais tais como capacitação contínua para operadores e pessoal da manutenção se faz sempre necessário bem como manutenções preventivas conforme manuais são imprescindíveis. RESUMO: NR12 - Máquinas e Equipamentos: Estabelece as medidas prevencionistas de segurança e higiene do trabalho a serem adotadas pelas empresas em relação à instalação, operação e manutenção de máquinas e equipamentos, visando à prevenção de acidentes do trabalho. A fundamentação legal, ordinária e especifica, que dá embasamento jurídico à existência desta NR, são os artigos 184 e 186 da Consolidação das Leis Trabalhistas - CLT. 2. DISPOSITIVOS DE PARTIDA, ACIONAMENTO E PARADA. 3. SISTEMA DE SEGURANÇA. 4. MECANISMOS DE SEGURANÇA 5. DISPOSITIVO DE PARADA DE EMERGENCIA. 6. MEIOS DE ACESSO PERMANENTE. 7. TRANSPORTADORES DE MATERIAIS. 8. ASPECTOS ERGONÔMICOS. 9. RISCOS ADICIONAIS. 10. MANUTENÇÃO, INSPEÇÃO, PREPARAÇÃO, AJUSTES E REPAROS. 11. SINALIZAÇÃO. 12. PROCEDIMENTOS DE TRABALHO E SEGURANÇA. 13. CAPACITAÇÃO. ' NR-12 – SEGURANÇA NO TRABALHO
EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Os 3 pilares Básicos da Segurança : Proteções adequadas;
Procedimentos;
Capacitação. Marcus Vinícius de Azevedo Silva<marcus.azevedo@live.com>
Paulo Gonçalves Soares de Souza <paulo_souzacei@hotmail.com> 1. ARRANJOS FISICOS E INSTALAÇÕES. 2. DISPOSITIVOS DE PARTIDA, ACIONAMENTO E PARADA. 5. DISPOSITIVO DE PARADA DE EMERGENCIA. 3. SISTEMA DE SEGURANÇA. 4. MECANISMOS DE SEGURANÇA 6. MEIOS DE ACESSO PERMANENTE. 7. TRANSPORTADORES DE MATERIAIS. 8. ASPECTOS ERGONÔMICOS. 12. PROCEDIMENTOS DE TRABALHO E SEGURANÇA. 11. SINALIZAÇÃO. 10. MANUTENÇÃO, INSPEÇÃO, PREPARAÇÃO, AJUSTES E REPAROS. 9. RISCOS ADICIONAIS. 13. CAPACITAÇÃO. As áreas devem ser demarcadas, devem ter no mínimo 1,20 metros de largura e devem estar desobstruidas ofertando um bom espaço para circulação dos trabalhadores;

O piso deve estar limpo e livre, ser antiderrapante, nivelados e resistentes;

Os materiais e ferramentas que estão sendo utilizados devem ser guardados em locais específicos e diferentes.

Maquinas moveis devem ter travas e maquinas de Estacionamento devem ter uma boa fixação para não se deslocarem e sua instalação deve respeitar vários requisitos. Os dispositivos devem estar em áreas seguras e que possam ser utilizados em caso de emergência por qualquer pessoa, impedir uso acidental, não acarretar outros riscos ou serem burlados.

Os comandos de partida ou de acionamento devem possuir dispositivos que não os permitam funcionar automaticamente.

Maquinas que precisem de dois ou mais trabalhadores devem:

Ter o numero de dispositivos de acionamento iguais os de operadores, mas deve haver um bloqueio para pessoal não autorizado, os dispositivos dever ter impedimento para não serem usados por outras pessoas e quando em utilização devem mostrar sinal luminoso.

As maquinas com vários comandos de níveis diferentes devem ter bloqueios em cada posição e sinal de seleção sempre visível.

Os comandos simultâneos, de um conjunto de maquinas e equipamentos, ou que sejam de grande porte, devem ter sinal sonoro de alarme. Toda Zona de Perigo deve conter sistemas de segurança apropriados, de acordo com as necessidades e características do local, que podem ser proteções fixas, móveis, ou interligadas.

As proteções para maquinas e equipamentos, não podem ser consideradas como itens opcionais, elas devem ser resistentes, e dependendo do risco pode ser exigido o sistema de segurança das maquinas. Comando bi manual: o acionamento da máquina é realizado com ambas as mãos;

Feixes de luz (dispositivos de células fotoelétricas): se a mão ultrapassar os feixes de luz, a máquina para de funcionar, automaticamente;

Enclausuramento ou barreiras: protege o trabalhador por causa do tamanho, da posição ou do formato da abertura para alimentação da máquina;

Corte automático: a máquina para quando alguém ou algo entra na zona de perigo;

Dispositivo para afastar as mãos: operado por cabo de aço, é preso aos pulsos do operador ou aos seus braços, para afastar suas mãos quando estas se encontrarem na zona perigosa. As maquinas e equipamentos, menos os manuais, devem ter dispositivos de parada de emergência, que não devem ser utilizados como de partida ou acionamento.

A parada de emergência não deve prejudicar os sistemas de segurança ou dispositivos ou qualquer outro meio de proteção.

O acionamento deve reter o acionador para que ele se mantenha parado ate o desacionamento, também manual.

Devem estar em local de fácil acesso e visualização sempre desobstruídos. Elevadores, rampas, plataformas, ou escadas de degraus devem ser fixos e seguros em todos os seus pontos, devem estar em lugares que previnam riscos de acidentem e facilitem o acesso dos trabalhadores.

Na impossibilidade de usar algum desses itens, podem colocar então escada fixas do tipo marinheiro.
Se o local onde se esta trabalhando for acima do nível do solo, este deve possuir plataformas estáveis e seguras. Todos os meios de acesso devem ter proteção contra queda.

As passarelas, plataformas ou rampas devem ter: 60 centímetros de largura, não podendo ter rodapé, e se necessário deve haver um meio de drenagem. Os movimentos dos transportes de matérias devem ser protegidos, menos os transportes contínuos de correia com altura da correia maior que 2,70 metros.

Os transportes contínuos de correia devem possuir dispositivos de segurançapara que em caso de falha durante a operação interrompa o funcionamento da maquina.

São proibidos os movimentos reversos durante os transportes. E também pessoas em cima dos veículos antes ou durante a movimentação, mas quando for preciso pode se usar bloqueios no caso de movimentos perigosos.

Movimento de pessoas sobre transportes contínuos dever ser feito sobe uma passarela e permitir essas passagens em locais protegidos.

Transportes disponíveis aos trabalhadores devem conter dispositivos de parada de emergência, a menos que não seja necessário.

Os elementos de suspenção de carga devem ser adequados e resistentes e só devem ser utilizados, para a carga, que foram projetados. Os acentos das maquinas devem ser estofados, os postos de trabalho deve permitir a movimentação da postura do operário, não pode conter cantos vivos, cortantes ou perigosos e devem permitir apoio para os pés.

As dimensões do posto de trabalho devem atender as características corporais do operador, assegurar postura adequada e evitar flexões e torções do corpo do operário.

Os locais de trabalho das maquinas e equipamentos devem possuir sistema de iluminação permanente que possibilite boa visibilidade dos detalhes do trabalho. São considerados riscos adicionais:

Substancias perigosas quaisquer;
Radiação ionizante ou não ionizante;
Vibração;
Ruído;
Calor;
Materiais pirofóricos;
Superfícies aquecidas;

Deve ser adotadas medidas de segurança e controle dos riscos adicionais, de acordo com o risco existente, para eliminar ou reduzir a exposição do trabalhador ao agente. Deve sempre ser feita a manutenção preventiva e corretiva, e se essas causarem riscos deve ser feitas apenas por profissionais legalmente habilitados, e o registro das manutenções deve ficar disponível aos trabalhadores envolvidos na operação.

As manutenções preventivas e corretivas devem ser registradas em livro próprio, ficha ou sistema informatizado.

A manutenção, inspeção, reparos, limpeza, ajuste e outras intervenções que se fizerem necessárias devem ser executadas por profissionais capacitados, qualificados ou legalmente habilitados, formalmente autorizados pelo empregador, com as máquinas e equipamentos parados e adoção dos seguintes procedimentos:

Nas manutenções das máquinas e equipamentos, sempre que detectado algum defeito, deve ser providenciada sua reparação ou substituição imediata. A sinalização de segurança deve ficar destacada na máquina ou equipamento; ficar em localização claramente visível; e ser de fácil compreensão.

As inscrições devem ser em português brasileiro, legíveis e explicativas.

Nas máquinas e equipamentos, as sinalizações indicaram suas especificações e limitações técnicas.

Exceto quando houver previsão em outras Normas Regulamentadoras, devem ser adotadas as seguintes cores para a sinalização de segurança das máquinas e equipamentos SINALIZAÇÃO AMARELA SINALIZAÇÃO AZUL Proteções fixas e móveis;
Gaiolas das escadas, corrimãos e sistemas de guarda-corpo e rodapé. As máquinas e equipamentos fabricados a partir da vigência desta Norma devem possuir em local visível as informações indeléveis, contendo no mínimo:

Razão social, CNPJ e endereço do fabricante ou importador;

Informação sobre tipo, modelo e capacidade;

Número de série ou identificação, e ano de fabricação;

Número de registro do fabricante ou importador no CREA,

Peso da máquina ou equipamento. Devem ser elaborados passo a passo, a partir da analise de risco.

Não devem ser a única forma de proteção adotada para prevenir acidentes.

O operador deve sempre fazer inspeção das condições de operação e segurança, no inicio de cada turno.

Todo serviço que ofereça risco de acidente deve ser planejado e realizado conforme o procedimento de segurança, e serem procedidos de “OS” (ordem de serviço). Para trabalhar com máquinas o profissional deve ser habilitado, qualificado ou autorizado.

O empregador deve oferecer a capacitação compatível com a função do operário e os riscos que ele corre. O operário não pode ser menor de 18 anos, salvo como aprendiz.

A capacitação deve: Ser antes de o operário trabalhar, sem ônus, ter carga horaria de no máximo 8 horas e ser ministrada por profissional qualificado e supervisionada por profissional legalmente habilitado.

A reciclagem de trabalhadores ocorrerá sempre que haja uma mudança importante nas instalações e na operação do maquinário, essa reciclagem deve atender os motivos para que foi passada.

Deve ser colocada na CTPS e no registro de empregado, a função do trabalhador que opera com máquinas. P/ Acionar a máquina
precione o botão vermelho
Full transcript