Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Indústria Têxtil de Santa Catarina

No description
by

Patricia Marzola

on 4 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Indústria Têxtil de Santa Catarina

CIA HERING 1880

Hering e Hering Kids

Dzarm e Puc Histórico 1844: Indústria têxtil algodoeira Bahia

1850: Colonização de Blumenau Indústria Têxtil
de Santa Catarina Camilla Sápia
Gabriela Zandoná
Maria Júlia Castro
Renata Ferreira
Patrícia Marzola DÖHLER 1881

Joinville

3.000 funcionários KARSTEN 1882

1° foco no vestuário – algodão alemão

I Guerra Mundial – cama, mesa, banho TEKA 1926

Blumenau

Cama, mesa, banho

4.700 funcionários CREMER 1935

Blumenau

Produtos hospitalares MERCADO INTERNO - DADOS GERAIS MERCADO INTERNO - DADOS GERAIS MERCADO INTERNO - DADOS GERAIS 169.434 trabalhadores -2011

9.702 estabelecimentos

21,36% da indústria de SC Faturamento SC: R$ 1.483.423.146,07 (2011)

210 maiores empresas no Brasil: 51 de SC BR: 6ª maior indústria têxtil do mundo

2° produtor denin (jeans)

3° maior produtor malha MERCADO EXTERNO 2003 a 2007: crescimento exportações BR

A partir de 2008 – queda exportações

SC: 2010 a 2012: queda nas exportações DESTINO DAS EXPORTAÇÕES ORIGEM DAS IMPORTAÇÕES China - 28,4% das importações (2006)

Indonésia: 16,9%

Índia: 15,7% DIFICULDADES Logística

Impostos

Eletricidade COTEMINAS COTEMINAS •ABIT. Conjuntura da Indústria Têxtil e de Confecção Brasileira. Disponível em: <http://www.abit.org.br/adm/Arquivo/Servico/023119.pdf>. Acesso em: 20 Mai. 2013.

•CAMPOS, R. R.; CÁRIO, S. A. F.; NICOLAU, J. A. Arranjos e Sistemas Produtivos Locais e as Novas Políticas de Desenvolvimento Industrial e Tecnológico. Disponível em: < http://www.fepese.org.br/portaldeeconomia-sc/arquivos/links/textil_vestuario/2000%20Textil_Arranjos_UFSC_BNDES_FINEP.pdf>. Acesso em 22 Mai. 2013.

•CREMER. Institucional. 2013. Disponível: em: < http://200.247.161.241/cremer/ml_inicial.html>. Acesso em 22 Mai. 2013.

•COTEMINAS. A empresa. 2013. Disponível em: <http://www.coteminas.com.br/scripts/cgiip.exe/WService=coteminas/cot/emp/organograma.htm?dum=201353068178>. Acesso em: 22 Mai. 2013.

•DÖHLER. Institucional. 2013. Disponível em: < http://www.dohler.com.br/site/institucional/historia>. Acesso em: 22 Mai. 2013.

•FIESC. A participação de Santa Catarina no Mercado Têxtil do Sul do País. 2006. Disponível em: < app.fiescnet.com.br/aplic/ciesc/extranet.nsf/.../rankink_textil.doc>. Acesso em: 22 Mai. 2013.

•FIESC. Indústria Têxtil e do Vestuário de Santa Catarina. 2013. Disponível em: http://www2.fiescnet.com.br/web/pt/site_topo/pei/info/textil-e-vestuario>. Acesso em 22 Mai. 2013.

•FILHO, A. Formação Econômica de Santa Catarina. Florianópolis: Editora da UFSC, 2007.

•HERING. A Empresa. 2013. Disponível em: < http://www.ciahering.com.br/site/pt-br/Empresa/Sobre+a+Cia+Hering>. Acesso em 22 Mai. 2013.

•KARSTEN. Institucional. 2013. Disponível em: <http://www.karsten.com.br/institucional>. Acesso em 22 Mai. 2013.

•LEAO, T. Estratégias de Exportação de Empresas do Setor Têxtil-Vestuarista do Estado de Santa Catarina. Monografia. 2010. Disponível em: < http://tcc.bu.ufsc.br/Economia292755>. Acesso em: 18 Mai. 2013.

•LIMA, J.; SANSON, J. O Surto de Industrialização do Setor Têxtil a Partir de 1880: Blumenau e Brasil. Revista de História Econômica e Economia Regional Aplicada. Vol. 3, N° 5, 2008. Disponível em: <http://www.ufjf.br/heera/files/2009/11/artigo_5.pdf>. Acesso em 22 Mai. 2013.

•Melhores Empresas no Setor Têxtil. Revista Exame. 2011. Disponível em: < http://exame.abril.com.br/negocios/melhores-e-maiores/empresas/melhores/1/2010/texteis/-/-/-?>. Acesso em 22 Mai. 2013.

•SANTOS, S. Impacto Ambiental Causado pela Indústria Têxtil. Associação Brasileira Engenharia de Produção. 1997. Disponível em: < http://www.abepro.org.br/biblioteca/ENEGEP1997_T6410.PDF>. Acesso em: 22 Mai. 2013.

•SEBRAE. Santa Catarina em Números. 2010. Disponível em: <http://www.sebrae-sc.com.br/scemnumero/arquivo/Texti-e-Confeccao.pdf>. Acesso em: 20 Mai. 2013.

•Tecendo inovações no setor têxtil. Blog do Zero. Disponível em: <http://blogdozero.files.wordpress.com/2008/05/pag_12.pdf>. Acesso em 22 Mai. 2013.
1936: Artex

1967: Coteminas

2000: Coteminas + Artex REFERÊNCIAS Parcerias - algodão e hidrelétricas

Produção verticalizada Universidade do Sul de Santa Catarina
Professora: Kátia Macedo “Conceito de marca” US$190.131.897 2010 US$172.725.662 2012 Santa Catarina Destaques: beachwear, jeanswear e homewear Março 2013 Março 2012 têxtil queda de 8,06% vestuário queda de 11,36% Indústria Têxtil Brasileira Santa Catarina Setor Têxtil Vestuário 22% 29% Faturamento: US$145 milhões

23° lugar no ranking nacional Faturamento: US$164,6 milhões

20° lugar no ranking nacional Faturamento: US$740,2 milhões

3ª maior empresa têxtil do país (2011) 1880: Cia Hering

I Guerra Mundial

Década 1940 a 1960: consolidação Faturamento: US$153,1 milhões

22° lugar no ranking nacional Faturamento: US$ 240,9 milhões

13° lugar no ranking nacional
Crise da Zona do Euro

Produtos importados Santista
Artex
MMartan
Casa Moysés
Full transcript