Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

A IMPORTÂNCIA DA MÚSICA NO PROCESSO DE CRESCIMENTO E EDUCAÇÃ

No description
by

Gustavo da Costa

on 22 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A IMPORTÂNCIA DA MÚSICA NO PROCESSO DE CRESCIMENTO E EDUCAÇÃ

A IMPORTÂNCIA DA MÚSICA NO PROCESSO DE CRESCIMENTO E EDUCAÇÃO
NA PRÓPRIA SOCIEDADE...
Independentemente do seu papel dentro da sociedade, a música exerce forte atração sobre os seres humanos.

UMA REALIDADE...
Através da música, as crianças aprendem a conhecer-se a si próprias, aos outros e à vida. E, o que é mais importante, através da música as crianças são mais capazes de desenvolver e sustentar a sua imaginação e criatividade ousada. Dado que não se passa um dia sem que, duma forma ou doutra, as crianças não ouçam ou participem de alguma forma de música, é-lhes vantajoso que a compreendam. Apenas então poderão aprender a apreciar, ouvir e participar na música que acham ser boa, e é através dessa percepção que a vida ganha mais sentido.
E NA HISTÓRIA...
[...] o fazer musical não é o mesmo nos diversos momentos da história da
humanidade ou nos diferentes povos, pois são diferenciados os princípios de
organização dos sons. E esse aspecto dinâmico da música é essencial para que
possamos compreendê-la em toda a sua riqueza e complexidade. (SEKEFF, 2007).

COMEÇANDO DO INÍCIO...
De acordo com os documentos do Referencial Curricular para a Educação Infantil
(RCNEI):
A música é a linguagem que se traduz em formas sonoras capazes de expressar e
comunicar sensações, sentimentos e pensamentos, por meio da organização e
relacionamento expressivo entre o som e o silêncio. A música está presente em
todas as culturas, nas mais diversas situações: festas e comemorações, rituais
religiosos, manifestações cívicas, políticas etc. (BRASIL, 1998, p. 45).
Conclusão
Alguns pensadores, ao comentarem sobre a inteligência musical, resumem os motivos pelos quais ela deve ser valorizada na escola:
A criança, por meio da brincadeira, relaciona-se com o mundo que descobre a cada dia e é dessa forma que faz música: brincando. Sempre receptiva e curiosa, ela pesquisa materiais sonoros, inventa melodias e ouve com prazer a música de diferentes povos e lugares.

REFERÊNCIAS:
BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental, (1998). Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, v. 3.

SEKEFF, Maria de Lourdes. Da Música: Seus usos e recursos. São Paulo: Editora
UNESP, 2007.

JOLY, Ilza, Zenker, Leme, (2000). Um processo de supervisão de comportamentos de professores de musicalização infantil para adaptar procedimentos de ensino. Tese de Doutorado (Educação) São Carlos: UFSCar, 2000.


O gesto e o movimento corporal estão ligados e conectados ao trabalho musical. Implica tanto em gesto como em movimento, porque o som é, também, gesto e movimento vibratório, e o corpo traduz em movimento os diferentes sons que percebe. Os movimentos de flexão, balanceio, torção, estiramento etc., e os de locomoção como andar, saltar, correr, saltitar, galopar etc., estabelecem relações diretas com os diferentes gestos sonoros.

Assim sendo, o corpo torna-se um aliado no processo de ensino aprendizagem musical, proporcionando por meio dos diferentes movimentos oportunidades para o
aprendizado. Por meio desse recurso podemos desenvolver atividades que envolvam a
percepção e interiorização do ritmo, intensidade e altura, trabalhar com a forma musical e também desenvolver a expressividade das crianças.
[...] auxiliar crianças, adolescentes e jovens no processo de apropriação,
transmissão e criação de práticas músico-culturais como parte da construção de sua
cidadania. O objetivo primeiro da educação musical é facilitar o acesso à multiplicidade de manifestações musicais da nossa cultura, bem como possibilitar a compreensão de manifestações musicais de culturas mais distantes. Além disso, o trabalho com música envolve a construção de identidades culturais de nossas crianças, adolescentes e jovens e o desenvolvimento de habilidades interpessoais.
Na Grécia Clássica o ensino da música era obrigatório, e há indícios de que já havia orquestras naquela época. Pitágoras de Samos, filósofo grego da Antigüidade, ensinava como determinados acordes musicais e certas melodias criavam reações definidas no organismo humano. “Pitágoras demonstrou que a seqüência correta de sons, se tocada musicalmente num instrumento, pode mudar padrões de comportamento e acelerar o processo de cura”
"A música poderia exercer sobre o homem poder maléfico ou benéfico, por imitar a harmonia das esferas celestes, da alma e das ações. Com o seu encanto sedutor, poderia conduzir perniciosamente o homem, através de um complexo de emoções não recomendável, como também teria condições de realizar o inverso, contribuindo, de modo eficaz, para a educação da juventude. Daí, a necessidade de colocar a música sob a administração do Estado, sempre a serviço da edificação espiritual humana, votada para o bem da polis, almejada como cidade justa." (Platão)
O educador pode selecionar músicas que falem do conteúdo a ser trabalhado em sua área, isso vai tornar a aula dinâmica, atrativa, e vai ajudar a recordar as informações.

Quem é que não lembra de alguma musiquinha de propaganda de rádio, tv, etc?
As atividades musicais realizadas na escola não visam a formação de músicos, e sim, através da vivência e compreensão da linguagem musical, propiciar a abertura de canais sensoriais, facilitando a expressão de emoções, ampliando a cultura geral e contribuindo para a formação integral do ser.
A música pode melhorar o desempenho e a concentração, além de ter um impacto positivo na aprendizagem de matemática, leitura e outras habilidades linguísticas nas crianças.
O trabalho com musicalização infantil na escola é um poderoso instrumento que desenvolve, além da sensibilidade à música, fatores como: concentração, memória, coordenação motora, socialização, acuidade auditiva e disciplina.
Atividades musicais na escola podem ter objetivos profiláticos, nos seguintes aspectos:

Físico: oferecendo atividades capazes de promover o alívio de tensões devidas à instabilidade emocional e fadiga;

Psíquico: promovendo processos de expressão, comunicação e descarga emocional através do estímulo musical e sonoro;

Mental: proporcionando situações que possam contribuir para estimular e desenvolver o sentido da ordem, harmonia, organização e compreensão.
Full transcript