Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Oriente Médio

No description
by

Silvia Beltrane Cintra

on 11 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Oriente Médio

Primeiros habitantes
Crescente Fértil
Cristianismo/Islã
Oriente Médio
Localização geográfia
Continente asiático.
Costas sul e leste do mar Mediterrâneo.
Compreende a região Marrocos até a península Arábica e o Irã.
O nome Oriente Médio assumiu seu sentido atual quando foi dado ao Exército britânico que comandava no Egito durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

História
Cananeus, israelitas, fenícios e filisteus também já viviam no oriente médio milhares de anos antes do advento do islã.
Sunitas e Xiitas
632 - morre Maomé - sucessor califa.
Sunitas: o califa poderia ser um companheiro de Maomé (vencedores)
Xiitas: o califa deveria vir da linhagem de Maomé
A oposição entre as duas vertentes do Islã dura até hoje.
Estado Islâmico
Maomé se diferenciava dos líderes cristão por ser ao mesmo tempo, líder político e religioso.
Única lei: Sharia - regula todos os aspectos da vida humana.
Países
Turquia, Chipre, Síria, Líbano, Iraque, Irã, Palestina, Israel, Jordânia, Egito, Sudão, Líbia, Arábia Saudita, Kuait, Iêmen, Omã, Bahrain, Qatar, Emirados Árabes Unidos.
Informalmente, por relações culturais, econômicas e políticas, também levam o termo: Tunísia, Algéria, Marrocos, Afeganistão e Paquistão.
Região disputada desde 3.000 a.c
2.500 a.C - Egipcios
1.500 a.C - Hititas (povo indo-europeu)
10 a.C - Israelitas
8 a.C - Assírios
7 a.C - Babilônios
6 a.C - Persas
4 a.C - Macedônios
1 - Romanos
5 - Bizantinos (cont. Império Romano - Constantinopla)
7 - Califado islâmico
12 - Seljúcidas, cruzados e muçulmanos
13 - Império Mongol
16 - Império Otomano
20 - Potências ocidentais;
Esses povos habitavam o chamado Crescente Fértil (Israel, Líbano e Cisjordânia).
Séc 13 a.C.: israelitas conquistaram Canaã, ao sul do Crescente, onde viviam cananeus e jebuseus, formaram um reino ao norte (Israel) e outro ao sul (Judá).
300 anos depois seriam unificados pelo rei Davi, tendo Jerusalém como capital.
Enfraquecido por disputas internas, o reino de Israel foi conquistado por Nabucodonosor, rei da Babilônia, em 586 a.C.
Os judeus foram exilados.
Até o séc. 3 os seguidores de Cristo eram considerados uma seita e portanto, eram perseguidos.
No séc. 4 com a conversão do imperador Constantino se tornou a religião oficial de Roma (Bizantino - oriente médio)
Invasões bárbaras
Batalhas entre persas e bizantinos
637- Nova potência: Islã de Maomé.
1096 - Cruzadas: retomada da Terra Santa
1187 - muçulmanos retomam Jerusalém

Séc. XIV - XVI: Renascimento - europeus recuperaram o atraso científico.
Séc. XVI: Espanha, Portugal, Áustria e Rússia haviam ganhado sucessivas batalhas contra os exércitos de Alá.
Séc. XVII: Islã era uma força em retirada e seus líderes se sentiam ameaçados pelos impérios ocidentais.
Ocidente renovou seus valores com a Revolução Francesa e promoveu a Revolução Industrial, enquanto o Islã, numa inversão do curso, parecia estagnado.
Quase 1.000 anos - entre o declínio do Império Romano e o advento da modernidade – o Islã esteve na dianteira do progresso humano.
Principal potência econômica e comercial do planeta;
Vanguarda nas artes e nas ciências.
1798 - Crise do Império Otomano
Napoleão Bonaparte entra no Egito submetendo os centros vitais do islã a potências ocidentais.
Franceses e britânicos lotearam as terras do Império Otomano.
Colocaram líderes de clãs árabes pró-Ocidente para endossar seus interesses pelo petróleo. “Essa criação de nações com fronteiras artificiais, unindo povos com identidades e lealdades ancestrais muito distintas, foi um processo frágil que plantou a semente de crises de legitimidade e poder”
Com a Guerra Fria surgiram regimes progressistas, originados de revoluções antiocidentais: Egito, Síria, Iraque, Argelia - alinhados à União Soviética.

Hamas, Hezbollah, Al Qaeda
Síria
1918 - território passa a ser administrado pela França.
1946 - ONU determina que tropas francesas e deixem o território.
17/04/1946 - Síria independente
1949 - Golpe militar
1954 - Novo Golpe restabelece o regime constitucional
1970 - Golpe de Estado que levou Hafez al-Assad ao poder.
Full transcript