Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

História da Animação Sociocultural

No description
by

Armando Ribeiro

on 17 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of História da Animação Sociocultural

como atividade social e humana


Animação Sociocultural
Objetivos
Conceitos e origens da ASC
Acima de tudo, a rapidez com que se deram essas transformações e mudanças dificultaram a adaptação da sociedade às novas exigências, realidades e problemas, criando as condições necessárias para o aparecimento e implementação da ASC.

Nesta década de 60, foi um acordar para a descoberta. A ASC prepara-se de metodologias participativas e ativas para promover o envolvimento dos indivíduos na comunidade onde se inserem, tornando-os protagonistas do seu próprio desenvolvimento.
Compreender a evolução histórica da Animação;

Conhecer conceitos e origens da Animação Sociocultural;

Refletir sobre a atualdade da Animação Sociocultural.
Origens da Animação
Proposta
Em Portugal a ASC desenvolve-se depois 25 de Abril 1974.

1974 a 1976,
fase revolucionária,

a
ssume-se a ASC como método eficaz para a intervenção na comunidade;
1977 a 1980,
fase Constitucionalista
, onde toda a sua ação foi determinada por instituições;
1981 a 1985,
fase Patrimonialista
, caracterizada por uma intervenção centrada na preservação e recuperação do património cultural;
1986 a 1990,
fase da passagem
da ASC do
poder central

para o
poder

local;
1991 a 1995,
fase Multicultural e Intercultural;

A última fase, a partir de 1996,
fase da Globalização
que conduz a ASC a intervir na integração e participação do ser humano nos desafios que se lhe deparam.
A palavra animação, no seu sentido etimológico significa ato ou efeito de animar, dar vida, infundir ânimo, valor e energia.

Tem origem na palavra latina anima, que significa princípio vital, sopro, alma.

Numa perspetiva pessoal, a animação parte do interior do indivíduo e exprime-se nas atitudes, nos gestos nos comportamentos, nas palavras e nas interações.

Numa perspetiva de grupo, significa a ação de estímulo e mobilização de indivíduos, grupos e coletividades
(Jardim, 2002:6)
Definição de ASC
A definição de ASC é complexa, ambígua e heterogénea, dada a polissemia de conceitos
Quintana (1986),
Besnard (1991),
Ventosa (1993),
Trilla (1998),
Ander Egg (2000) ...

têm vindo a teorizar acerca da ASC mas nem todos defendem dos mesmos princípios e fundamentos.
Terá surgido na Áustia - França e Bélgica -anos 60

O aparecimento da ASC esteve diretamente relacionado com a
Revolução Industrial
e com todas as transformações e mudanças que daí resultaram.

desponta historicamente a partir da conjugação de vários fatores:

o aumento do tempo livre e a preocupação com o preenchimento criativo do lazer e do ócio;

a necessidade de educação e de formação permanente ao longo da vida;

o aumento do fosso cultural entre as classes sociais como consequência das diferentes condições de acesso aos bens culturais;

o surgimento das indústrias culturais, através de um processo de fabrico, reprodução, difusão e venda em grande escala de bens e serviços (Lopes, 2008).
Contexto histórico da Animação
“conjunto de práticas sociais que visam estimular a iniciativa e a participação das populações no processo do seu próprio desenvolvimento e na dinâmica global da vida sociopolítica em que estão inseridos”.
(UNESCO em 1977)
Embora a ASC não gera consenso, a principal diferença entre estes autores surge nas palavras e não nas ideias e aplicações práticas.
Conceito de ASC
Conteúdos
Contextualização histórica da Animação
Conceitos e origens da Animação Sociocultural
GERAL:
Reconhecer a Animação Sociocultural enquanto prática social e humana – a transformação da realidade social.
Específicos:



Procura desenvolver processos de participação em todos aqueles que estão envolvidos.

Os seus métodos e técnicas de atuação apoiam-se numa pedagogia de participação.

Adequa a sua metodologia à prática dos intervenientes, à sua forma de atuação e à sua situação contextual.

Respeita a autonomia cultural de cada indivíduo e aceita o pluralismo cultural.


Conclusão
O Animador

Técnicas de ASC
Animação na atualidade
A ASC serve-se de instrumentos que indicam como fazer determinadas ações para se atingir metas e objetivos específicos. É de notar que a metodologia da animação se baseia numa pedagogia participativa.
Como metodologia de intervenção social
A ASC manifesta-se através de um conjunto de ações dos poderes públicos (política cultural) com o objetivo de promover a cultura de uma forma abrangente.
trata-se de uma atividade educativa-formativa, pois promove, encoraja, desperta inquietações, motiva para a ação, suscita potencialidades latentes em indivíduos, grupos e comunidades.
como forma de ação política cultural
como função eduticava
A ASC constitui, hoje, um campo fundamental da ação educativa que abrange públicos muito diversos (em idade, estatuto social, nível de instrução), está presente em áreas de atividade social muito diversificadas (empresas, serviços sociais, vida escolar, administração pública, organizações de saúde, etc.)

Actualmente, a ação e o dinamismo que se podem gerar através da animação não estão tanto orientadas para a transformação da realidade social, mas incidem mais sobre as relações sociais.

Manifestam-se sobretudo em três perspetivas:
Em suma, a Animação Sociocultural exige responder aos inúmeros desafios da desertificação rural, grande densidade urbana, focos de marginalidade, grupos com necessidades educativas especiais, animação de tempo livre e do tempo ócio de indíviduos ou grupos.

Uma Animação Sociocultural que leve o ser humano a libertar-se e a descobrir o seu caminho, sendo protagonista do seu próprio desenvolvimento integral.
Podemos então traçar um
conjunto de caraterísticas
que percorrem a ASC:
Full transcript