Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

SERVIÇO SOCIAL E ACESSO A INFORMAÇÃO: Informação e interaçã

No description
by

Karina Mariana

on 20 May 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of SERVIÇO SOCIAL E ACESSO A INFORMAÇÃO: Informação e interaçã

SERVIÇO SOCIAL E ACESSO A INFORMAÇÃO
INTRODUÇÃO:
Essa apresentação é referente a “Veiculação de Informação e Interação Social na Sala de Espera”, realizado no Hospital de Clínicas da UFTM, na área de Pediatria Infantil. As temáticas das atividades foram desenvolvidas em equipe, a partir da percepção das demandas e após várias conversas com a assistente social do local. Na qual identificamos que muitos dos direitos sociais não são conhecidos pela população, como também percebemos que os acompanhantes dos pacientes aguardavam muito tempo para a realização da consulta, o que fomentou o interesse em transmitir “ Veiculação de Informação e Interação Social na Sala de Espera”.
Desenvolvimento:
Veiculação de Informação e interação social na sala de espera
Considerando os diversos meios e as múltiplas formas de transmitir informações, realizou- se ações socioeducativas que contribuíram para o acesso às informações sobre os direitos relativos a saúde, direitos sociais, previdenciários e TFD(Tratamento fora de domicilio). Levando em conta a veracidade das informações prestadas, que na maioria das vezes é manipulada e/ou influenciada pela mídia e por opiniões divergentes. No intuito de chamar-lhes atenção para debates e questionamentos frente as demandas apresentadas.
A “Veiculação de Informação e Interação Social na Sala de Espera”, se materializou como um instrumento técnico-operativo crítico e reflexivo que contribuiu para a possibilidade de proximidade a efetivação dos princípios do Código de Ética do Serviço Social no que diz respeito à emancipação do sujeito, à liberdade, à justiça social, à equidade social e possibilitando maior integralidade do acesso aos direitos. Pois de acordo com Guerra e Amaral [s.d.]; “A preocupação principal da Constituição foi a de cercear o direito de informar, de garantias que afastam qualquer tipo de obstrução, censura, cerceamento ou embaraço.
Logo, foi realizada a ação socioeducativa para fomentar e possibilitar o acesso à informação sobre os direitos sociais da população atendida na instituição, e ainda lhes informar sobre o trabalho da Assistente Social inserida naquele espaço e qual o seu papel. Que segundo Guerra e Amaral [s.d.] “ Entende-se, também, como uma liberdade de acesso a informação, uma vez que o dispositivo constitucional desembaraçou uma passagem, possibilitando uma investigação a toda a fonte de informação almejada”.
Grupo:

Adriana Cristina de Oliveira
Aline Aparecida Silva
Brunna Graziella Silva Dias
Karina Mariana Silva Santana
Weslane Cristina Oliveira
Relação com o Serviço Social
Após termos contato com Assitente Sociais da área da saúde e experiência no Hospital das Clínicas apreendemos/percebemos que na política de saúde é onde se encontra as maiores demandas e ou expressões da questão social. Resultando assim na idealização do projeto “Veiculação de Informação e Interação Social na Sala de Espera” com a possibilidade de levar conhecimento e informações aos acompanhantes dos usuários da pediatria do HC, sobre o que é Serviço Social e qual a sua contribuição na área da saúde, especificamente, na Pediatria onde foram realizada as atividades. Haja vista que esses cidadãos/usuários na maioria das vezes não têm conhecimento dos seus direitos, que acabam sendo negligenciados por falta de informação.
Dessa forma, pensar nessa sala de espera embasamos em conhecimentos teóricos que se fundamentam no Código de Ética da profissão e da Lei de Regulamentação nº 8.662/93, acreditando que com veiculção de informações e orientações quanto aos direitos sociais, políticas públicas, políticas sociais a esses usuários. Almejamos assim, alcançar uma das perspectivas fundamentais do Código de Ética ao buscar efetivar direitos e possibilitar a emancipação dos indivíduos, para além procurando assim, garantir-lhes o acesso e direito a informações.
Considerações Finais:
Concluimos portanto que é de suma importância empreender ações como essa que possibilite descobrir e abrir caminhos, concentrando esforços a fim de contribuir para um melhor atendimento a essa população usuária, ampliando assim o acesso a informação, que lhes é de direito de acordo com a Lei nº 12.527 de 18 de novembro de 2011, considerando a importância da veracidade das informações para que se efetive e atenda as demandas apresentadas. Lenvantando contudo a indação de que quais os meios de comunicação a sala de espera dos usuarios do serviços de pediatria do HC tem se apropriado para que seja possível a efetivação do direito ao acesso a informação ?
REFERÊNCIAS:
BRASIL.
Código de Ética do Assistente Social. Brasília
, DF: CFESS, 1.993. CFESS. Parâmetros para atuação de assistentes sociais na Política de Saúde. Brasília: CFESS, 2010.

COUTO, Berenice Rojas.
Formulação de projeto de trabalho profissiona
l. In: Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais – Brasília: CFESS/ABPESS, 2009.

GUERRA, Tâmara Belo. AMARAL, Sérgio Tibiriçá.
Direito de Informação
. [s.d.]. Disponível em: <http://ead.uftm.edu.br/pluginfile.php?file=%2F55096%2Fmod_resource%2Fcontent%2F1%2Fo%20direito%20a%20informa%C3%A7%C3%A3o.pdf> Acesso em: 10 maio 2016.

BRASIL.
Lei n. 12.527
, de 18 de novembro de 2011. In______. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos. 31 mar. 2016. Disponível em: <http://ead.uftm.edu.br/pluginfile.php?file=%2F55094%2Fmod_resource%2Fcontent%2F1%2FLAI.pdf> Acesso em: 10 maio 2016.


Obrigada!
Full transcript