Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

POLÍMEROS

Engenharia de produção - EPR 331
by

Andrea Marisol Burga Noriega

on 1 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of POLÍMEROS

São especificados através do módulo de elasticidade, do limite de escoamento e do limite de resistência à tração.
Para alguns polímeros, o ensaio simples tensão-deformação é utilizado para caracterizar alguns desses parâmetros.
São em sua maioria, sensíveis à taxa de deformação, à temperatura e à natureza química do ambiente como por exemplo: água, oxigênio,solventes orgânicos.
Aplicações
POLÍMEROS
Introdução
A palavra polímeros vem do grego polumeres, que quer dizer
“ter muitas partes”.

São moléculas muito grandes (macromoléculas) constituídas pela repetição de pequenas e simples unidades químicas, denominadas de monómeros.
Apresentam usualmente baixa densidade, pequena resistência à temperatura, baixas condutividades elétrica e térmica.
Os polímeros sempre fizeram parte do cotidiano humano.
Século XX -Químico alemão Hermann Stauding descobriu o processo de polimerização, deixando de ser, o polímero, um fenômeno natural
Indústria constitui um dos pilares do estilo de vida contemporâneo, utilizados na indústrias de automóvel, de embalagens, de revestimentos e de vestuário
Polímeros
Divisão dos
Polímeros
Termoplásticos - Tipo de plásticos mais encontrados no mercado. Pode ser fundido diversas vezes. Assim, a sua reciclagem é possível.

Termorrígidos - São rígidos e frágeis, sendo muito estáveis a variações de temperatura. Uma vez prontos, não se podem fundir novamente.

Elastómeros - Classe intermediária entre os termoplásticos e os termorrígidos.
Processos de
Transfomação
Extrusão
Sopro
Injeção
Termoformagem
Rotolagem
Fundição

Extrusão
Injeção
Sopro
Rotomoldagem
Termofornagem
Classes
Os tipos de polímeros mais consumidos atualmente são os polietilenos, polipropilenos, poliestirenos, poliésteres e poliuretanos.

Vários outros polímeros são fabricados em menor escala por terem uma aplicação muito específica ou devido ao seu custo ainda ser alto e por isso são chamados de plásticos de engenharia.
Polímeros Naturais Orgânicos
Polímeros orgânicos sintetizados pela natureza
Ex: borracha natural e celulose
Polímeros Naturais Inorgânicos
Polímeros Artificiais
Polímeros naturais orgânicos modificados através de reações químicas.
Ex: acetato de celulose e nitrato de celulose.
Polímeros Sintéticos
Polímeros sintetizados.
Ex: PE (polietileno), PS(poliestireno), PVC (policloreto de vinila)
Celulose
Polímeros inorgânicos sintetizados pela natureza
Ex: diamante e grafite
Propriedades
Mecânicas
Tensão-deformação
Dentre esses aspectos, as características mecânicas dos polímeros são muito mais sensíveis a mudanças de temperatura.
Módulo de elasticidade e a ductilidade são determinados do mesmo modo que nos metais.
Para os polímeros plásticos o limite de escoamento pode ser analisado como sendo um valor máximo na curva
A tensão nesse ponto de máximo é a tensão limite de escoamento.
Resistência à tração corresponde ao nível de tensão.
Deformação Macroscópica
Na figura abaixo têm-se a curva tensão-deformação em tração para um material semicristalino que se encontrava inicialmente sem deformações, também é possível visualizar na figura representações do perfil do corpo-de-prova durante os processos de deformação
Módulo de relaxação viscoelastico
O comportamento viscoelastico dos polímeros dependem do tempo e da temperatura, para medir estes comportamentos existem varias técnicas experimentais. As medições da relaxação de tensões representam uma possibilidade.
Deformação Viscoelástica

Viscoelasticidade é combinação das características mecânicas encontradas em temperaturas intermediárias, onde têm-se um sólido com características de uma borracha.
A deformação elástica é instantânea. Além disto, se as tensões externas forem liberadas, a deformação é totalmente recuperada, voltando a sua dimensão original.
Existem 3 tipos diferentes de comportamento, como no gráfico abaixo.
Curva A: demonstra o comportamento tensão-deformação de um polímero frágil.
Curva B : Semelhante ao encontrado para muitos materiais metálicos, no início tem sua deformação elástica, seguida por escoamento e por uma região de deformação plástica.
Curva C: Totalmente elástica, é típica de polímeros da classe elastômeros.

No gráfico é considerado a tensão-deformação para o Plexiglas a várias temperaturas, com isso torna-se possível notar a tensão-deformação conforme o aumento ou diminuição da temperatura.
A 4°C (40°F) o material é frágil, enquanto uma deformação considerável é obtida tanto a 50 como a 60°C.
Fluência Viscoelástica


Muitos polímeros são suscetíveis a deformações dependentes do tempo quando o nível de tensão é mantido constante, essas deformações são conhecidas por fluência viscoelastica.
A magnitude do módulo de relaxação é muito sensível para a faixa de temperaturas de serviço dos elastômeros
.
Poliestireno: Copos, embalagens, utensílios domésticos, isopor.
Polietileno: Sacos de lixo e de embalagens, baldes
Polipropileno: Cadeiras, pára-choques, embalagens, tapetes
Policarbonato: Lentes de óculos
Poliamida ou Nylon: Roupas, cordas, carpetes
Policloreto de vinila: Tubos e conexões
Borracha de butadieno estireno: Pneus, calçados, adesivos

Curiosidades
Na natureza o isopor leva 150 anos para ser degradado, conforme estimativas.
Uma nova classe de polímeros biológicos (biopolímeros) tem sido o foco de atenção de muitas pesquisas devido a suas aplicações no campo da medicina.
Grupo:
Andrea Marisol Burga Noriega
Camila Mariani
Leonardo Heusy
Full transcript