Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O legado de Mandela

No description
by

Eduardo Calestini

on 14 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O legado de Mandela

A RSA: Histórico
1. Colonização por protestantes holandeses (bôeres);
2. A colônia passou ao controle britânico em 1814 (Cong. de Viena), decretada a escravidão - início da "Grand Trek"
3. "Trekers" lutaram contra nativos e fundaram as repúblicas do Orange e Transvaal (sistema de escravidão);
4.Guerra dos Bôeres - vitória britânica (UniSA)
5. Criação do Partido Nacional (africânders radicais)
influência nazista, chegam ao poder 1948.
6. Instituem o "apartheid" (desenvolvimento
em separado)

A saga do líder
ANTES DA PRISÃO (1918-1962)
Rolihlahla Mandela

nasce numa tribo de etnia xhosa. Recebe o nome de Nelson na escola. Perde o pai aos 9 anos. Aos 21 anos, entra para a única universidade sul-africana que admitia alunos negros.Eleito representante dos estudantes contesta a má qualidade das refeições na cantina e acaba expulso da universidade.Mandela iniciou sua militância política antes mesmo de terminar a faculdade de Direito, ao se unir ao Congresso Nacional Africano (CNA) – organização que tinha como principal objetivo combater a segregação racial no país. Após divergências com a cúpula da entidade, Mandela e outros membros formaram a Liga da Juventude do CNA, que defendia uma postura mais agressiva frente ao governo, embora sem uso da violência.
O embate ficaria ainda mais duro após 1948, quando chegou ao poder o Partido Nacional, que oficializou o apartheid. Depois do massacre de Sharpeville – em 1960, quando a polícia sul-africana atirou contra manifestantes negros desarmados –, Mandela passou a defender a resistência armada e coordenou uma campanha de sabotagem contra alvos militares e do governo. Acabou preso, sob a acusação de traição e terrorismo.
A divisão do "Apartheid"
1.Duração: (1948 a 1994) - domínio da população minoritária branca (ingleses, africânders) sobre a população mestiça (coloured) e a grande maioria negra (zulus e xhosas);
2.Duas etapas distintas:
a) Pequeno Apartheid (1948-1966): controle rígido da circulação da pop. negra, os locais que essa pop. poderia frequentar e o tipo de serviço que ela utilizaria (ônibus,sanitários, escolas) e leis que vetavam os relacionamentos interraciais.
b) Grande Apartheid (1966-1994): criação dos bantustões e a desnacionalização compulsoria negra.
3. Motivos da queda:
a) pressões internas
b) pressões externas (políticas e econômicas)
c) Fim da Guerra Fria e a ameaça comunista.


O legado de Nelson Mandela
O número da lenda: 46664
A RSA SEM O APARTHEID
Graves problemas atuais
( grande concentração de renda, nas mãos da minoria branca, altos níveis de violência e criminalidade, expansão do número de infectados com o vírus HIV);

Contribuição de Mandela
: impediu que o país mergulhasse numa violência disputa extremista entre a população negra e branca, provocando a fragmentação do país, manutenção da posição de destaque regional da RSA no continente africano.

"MADIBA"
A saga do líder
NO CÁRCERE (1962-1990)
No período de 27 anos em que Mandela esteve preso, seu nome foi amplamente associado à oposição ao apartheid. O clamor "Libertem Nelson Mandela" virou lema das campanhas contra o regime de segregação em todo o mundo. A pressão internacional foi tamanha que, em fevereiro de 1990, Mandela foi libertado, aos 72 anos, por ordem do então presidente Frederik Willem de Klerk.
Imediatamente, o governo e a oposição negra criaram mecanismos de transição para um sistema político não discriminatório. Foi criado um comitê, encarregado de elaborar a nova Constituição e de supervisionar as primeiras eleições multipartidárias e multirraciais: em abril de 1994, Mandela venceu o pleito, tornando-se o primeiro presidente negro da África do Sul.

A saga do líder
LIBERDADE(1990–2013)
Logo após a libertação de Mandela, o governo e a oposição negra criaram mecanismos de transição para um sistema político não discriminatório. Mandela e De Klerk receberam juntos o Prêmio Nobel da Paz, e, mais tarde, foi criado um comitê encarregado de elaborar a nova Constituição e de supervisionar as primeiras eleições multipartidárias e multirraciais. Em abril de 1994, Mandela venceu o pleito, tornando-se o primeiro presidente negro da África do Sul.
Após o fim do mandato, concentrou suas energias em ações junto a organizações sociais e direitos humanos, como o combate à Aids. Aos 85 anos, anunciou sua aposentadoria da vida pública, alegando problemas de saúde. Porém, continuou, por outras vias, defendendo a igualdade. Hoje, é considerado um ícone da luta contra o segregacionismo racial e da paz mundial.
Uma recorrente infecção pulmonar deteriorou a saúde de Mandela nos últimos anos. A doença era um resquício de uma tuberculose contraída na prisão. Entre 2012 e 2013 foram várias internações. O último período hospitalizado durou quase três meses, entre junho e setembro e foi marcado pela constante vigília de sul-africanos dando apoio ao líder. Depois de receber alta, o ex-presidente passou a receber cuidados em sua casa, em Johannesburgo, onde morreu, aos 95 anos.

NASCIMENTO: 1918
Rolihlahla Mandela

Recebe o nome de
Nelson
Etnia: Xhosa
7 anos
21 anos
Universidade de
Fort Hare (Direito)
Expulsão
A MILITÂNCIA POLÍTICA
CNA (Fase
pacífica)
Liga da Juventude
(CNA) = Fase mais agressiva s/ violência
Massacre de Sharpeville(60)
Luta armada
Umkhonto we Sizwe (“Lança da Nação”).
Prisão
ANTES
PRISÃO
CÁRCERE
27 anos preso
(libertado aos
72 anos) -
Robben Island
Liberdade em 1990 (Governo de Frederik de Klerk)
mecanismos
de transição
Constituição
eleição
MANDELA (1º presidente negro RSA
LIBERDADE
Discurso de defesa
“Tenho nutrido o ideal de uma sociedade democrática e livre, na qual todas as pessoas possam conviver em harmonia e com igualdade de oportunidades. É um ideal pelo qual espero viver e que espero ver realizado. Mas, meu Senhor, se preciso for, é um ideal pelo qual estou preparado para morrer."

Campanha para Liberdade

Prêmio
Nobel da Paz
organizações sociais
de DH e combate à Aids
"UBUNTU"
http://g1.globo.com/globo-news/jornal-das-dez/videos/t/cronica/v/nelson-mandela-evitou-que-a-libertade-o-tornasse-um-prisioneiro-da-vinganca/3005319/
Full transcript