Loading presentation...
Prezi is an interactive zooming presentation

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A Imigração, as Fábricas e o Crescimento das Cidades

No description
by

Vinícius Pereira gomes

on 2 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Imigração, as Fábricas e o Crescimento das Cidades

Revolta da Vacina
Em 1904 , a população carioca se revolta com a obrigatoriedade das vacinas.

De 10 a 16 de novembro houveram inúmeras manifestações populares . Houveram prisões e transferências para trabalhos compulsórios nos seringais do Acre.
Golpe do 15 de Novembro, A Imigração, as Fábricas e o Crescimento das Cidades
Os Imigrantes
Reforma Urbana no rio de Janeiro
A Vida nas Fábricas
Com a abolição da escravidão, a nova força de trabalho seriam os imigrantes.
Os trabalhadores sofriam com as condições insalubres a que eram submetidos, com baixos salários e jornadas de 16 horas além de que, direitos como férias e seguro desemprego não existiam. Mulheres e crianças também sofriam na indústria têxtil.
Descontentes com as condições de trabalho nas fazendas, os imigrantes se deslocam para as cidades onde haviam outras oportunidades de trabalho.
Para embelezar a cidade, o presidente Rodrigues Alves manda demolir os casarões para alargar as ruas e facilitar a circulação.
O governo apoiou a imigração pois entendia que a modernização do país passava por um "embranquecimento" da população, e faz a imigração subvencionada, que paga pela viagem do imigrante.
Italianos, espanhóis e portugueses de áreas rurais vinham para SP, RJ e MG (áreas cafeeiras).


Italianos e alemães foram para o sul em pequenas lavouras e criação de animais.
Até 1940 , 100 mil sírios e libaneses se instalam no RJ, SP se dedicam ao comércio.
Entre 1808 e 1930 aproximadamente 130 mil japoneses desembarcam no Brasil.
O investimento na infraestrutura (rede de transportes e hotéis) atraiu cerca de 2,5 milhões de estrangeiros.
A população mais pobre é deslocada para os morros ou distantes do centro, são os subúrbios.
Cortiços e Vilas Operárias
Os aluguéis caros e o alto custo de vida forçam os trabalhadores a morar em cortiços, locais em que estão sujeitos a ambientes desfavoráveis (doenças e falta de higiene)
Inspetores sanitários recomendavam a demolição dos cortiços. Então os trabalhadores são deslocados para vilas, mesmo assim longe dos centros, aonde os patrões poderiam controlá-los.
Os trabalhadores se organizaram em sindicatos. A partir de 1903 ocorreram paralizações em São Paulo, Rio Janeiro, Santos e cidades do interior paulista, nos setores: Têxtil, construção, alimentos e metalurgia.
Foi aprovada a lei de explusão de estrangeiros. Até 1921, 556 pessoas foram deportadas.
Com os auge das manifestações em 1917, Estado começa a regulamentar melhores condições nas fábricas e programas de férias e aposentadoria.
O Golpe de 15 de Novembro
Após reuniões secretas, militares e civis convencem o Marechal Deodoro a chefiar a queda da Monarquia.
Deodoro marchou e o monarca renunciou no dia 15 de novembro de 1889. A família real voltou para Lisboa.
A República da Espada (1889-1894)
Os militares convocam uma Assembléia Constituinte de senhores de terras e militares para criar uma nova Constituição:
Divisão dos 3 poderes e mandato de 4 anos
Voto direto e universal para maiores e alfabetizados
Federalismo para antigas províncias
Separação da Igreja e o Estado
Fim da pena de morte
Deodoro teve problemas com cafeicultores e renunciou. Floriano Peixoto se apoiou no partido republicano até 1894 quando se afasta.
República Oligárquica (1894-1930)
Nesse período o poder está nas mãos de famílias latifundiárias.
Política dos Governadores e o Voto de cabresto
Política do Café com Leite nos Principais cargos Políticos.
Full transcript