Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Segurança Rodoviária

No description
by

Joao Ferreira

on 3 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Segurança Rodoviária

TRABALHO REALIZADO POR:
VICTOR TEIXEIRA Nº23 9ºC
JOÃO FERREIRA Nº12 9ºC COMO FUNCIONAM E COMO ATUAM Um décimo de segundo após o impacto o carro imobiliza-se e os ocupantes sem cinto são projetados para fora do carro.
Durante o acidente, o cinto de segurança distribui as forças da desaceleração rápida pelo peito, ombros e ancas.
As pessoas que usam cinto não são projetadas contra as outras e/ou contra o interior do veículo ou para fora dele.
Permitindo ao condutor ficar no seu lugar, possibilita que tente manter o controlo do veículo, evitando um segundo embate.
Claro que tudo isto corre bem melhor se os limites de velocidade forem respeitados. RELAÇÃO CINTO DE SEGURANÇA --> FÍSICA Por exemplo, um ocupante de 75 Kg cujo automóvel colide a 50 km/h sofre a ação de uma força de cerca de 20 000, o equivalente a 30 vezes o seu peso! Uma pessoa adulta só pode suportar uma força 3 vezes maior ao seu peso…
A expressão F =m x v/Δt indica que o valor da força, F, na colisão pode ser diminuído se aumentar o tempo de colisão, Δt, do com o veículo. Com o cinto o ocupante demora mais tempo a parar, aumentado assim o tempo de colisão e diminuindo a intensidade da força. O cinto de segurança faz com que a força da colisão seja distribuída pelo peito, ombros e anca, ou seja, por uma maior área, o que significa que a pressão é menor do que seria sem sinto. É por isso que este deve estar corretamente colocado. RELAÇÃO CINTO DE SEGURANÇA --> FÍSICA (cont.) SEGURANÇA RODOVIÁRIA CINTOS DE SEGURANÇA Quem inventou o cinto de segurança foi o sueco Nils Bohlin que apresentou, em 1959, o cinto como conhecemos hoje. Mas eles foram utilizados pela primeira vez pelos pilotos que disputaram a corrida Paris-Marseille, na França, em 1896. Originalmente, os cintos de segurança envolviam apenas o abdómen do usuário, permitindo assim que o tronco fosse projetado para a frente no momento da desaceleração. Aperfeiçoados, os equipamentos moderno cruzam o peito do usuário, proporcionando-lhe maior segurança. INVENÇÃO VANTAGENS E DESVANTAGENS O uso do cinto de segurança é controverso, mas, quando se trata de vantagens e desvantagens, é universalmente aceite que é melhor usá-lo do que não usá-lo.
Um novo estudo concluiu que as senhoras que usam cintos de segurança têm um risco maior do que os homens. VANTAGENS E DESVANTAGENS (CONT.) Os cientistas descobriram que as motoristas que usam cintos de segurança são mais tendentes a lesionarem-se do que os motoristas que usam cintos de segurança. Por exemplo, em acidentes semelhantes, as mulheres com cinto de segurança sofrem mais lesões no peito e na coluna do que os homens.

Com certeza não seria uma tarefa fácil para as companhias de carro projetar um cinto de segurança que funcionasse para todos os tipos de corpo, mas, tendo em vista as sérias implicações de saúde, devemos ser capazes de comprar um cinto de segurança que sirva exatamente para o nosso tamanho e forma de corpo. VIDEO BIBLIOGRAFIA Livro 9CFQ (MANUAL)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cinto_de_seguran%C3%A7a
http://www.cowboysdoasfalto.com.br/entretenimento/curiosidades/curiosidades_da_semana/detalhe.cfm?codigo=156
Full transcript