Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Patologias em Répteis

No description
by

Carolina Fonseca

on 13 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Patologias em Répteis

classificação(ordem)
Quelônios(tartarugas, jabutis e cágados)
Crocodilianos(jacarés e crocodilos)
Escamosos(cobras e lagartos)
Sistema digestório completo, terminando na cloaca.
Sistema respiratório mais desenvolvido que nos anfíbios, tornando a respiração cutânea dispensável.
Realizam fecundação interna.
Maioria ovípara.
Possuem pálpebras e membrana nictitante(proteção dos olhos).
Não possuem orelha externa, mas alguns apresentam conduto auditivo externo e curto, que fica abaixo de uma dobra da pele, de cada lado da cabeça.

Cerca de 7 mil espécies conhecidas.
Primeiros vertebrados efetivamente adaptados à vida em lugares secos.
Animais pecilotérmicos: A temperatura do corpo varia de acordo com a do ambiente.
Possuem pele seca e praticamente impermeável, com células mais superficiais da epiderme muito queratinizadas, protegendo o animal contra a desidratação (adaptação ao ambiente terrestre):
principais patologias
Doenças renais:
Insuficiência renal em répteis geralmente é caracterizada por elevações nas concentrações de ácido úrico.
Letargia, anorexia.
Altas concentrações de fósforo e baixas concentrações de cálcio.
Mineralização dos vasos grandes e de tecidos moles é observada nos iguanas severamente afetados.
Doença Óssea Metabólica:

Geralmente resultante de desnutrição extrema(manejo errado da alimentação).
Ocorre deficiência de vitamina D e cálcio.
Inchaço em mandíbula e membros, fragilidade óssea, podendo causar fraturas, apatia.
Se não tratada, leva à morte.

principais patologias

Abrasões no rosto:
Tentativas de escapar dos tanques ou gaiolas, esfregando seus narizes sobre os cercos.
Frequentemente causadas pelo vidro ou caixas plásticas de suas gaiolas.
Quando não tratadas, podem resultar em úlceras no rosto, infecção bacteriana e outras deformidades.
principais patologias

Dermatite vesicular:
Infecção por bactérias gera bolhas com líquido claro dentro.
Pele ao redor das bolhas ulcera e necrosa.
Bactérias podem se disseminar para os órgãos internos do animal, causando septicemia e morte.
Causado pela permanência em locais sujos.
principais patologias
Estomatite:
Deficiência de vitamina C causada pela má nutrição.
Ocorre com a parada alimentar e discreto aumento de salivação.
Geralmente é antecedido por traumatismo.
O perigo está na propagação das lesões para o esôfago e intestinos levando à septicemia.
introdução
iguanas
Cobras
Patologias em Répteis
Placas:
Escamas
Carapaça
(crocodilianos)
(escamosos)
(quelônios)
répteis como pets
Mercado crescente no Brasil e muito difundido em países como EUA, Japão e Europa.
Brasil tem clima ideal para criação de répteis.
Necessidade de Médicos Veterinários especializados.
Iguanas, cobras e jabutis são os pets mais comuns.
répteis
Herbívoros
Na natureza, habitam regiões tropicais
Possuem variedades domésticas(menores)
O Iguana-verde pode atingir até 180cm
principais patologias
Tratamento
Correção do manejo: lâmpadas UV, banhos de sol e suplementação de vitamina D.
Modificações na alimentação.
Suplementação de cálcio e calcitonina.
Todas as serpentes são carnívoras.
A pele das cobras é coberta por escamas.
São animais ectotérmicos.
Apresentam respiração pulmonar.
Existem espécies domésticas e não domésticas.
principais patologias
Pneumonia
As serpentes com pneumonia, geralmente, se mostram apáticas e anoréxicas.
Apresentam dificuldade para respirar (respiram pela boca).
Têm corrimento nasal e apresentam desequilíbrio ao nadar.
tartarugas
O casco das tartarugas é formado por carapaça e plastrão.
As "tartarugas de terra" são denominadas Jabutis.
As tartarugas são animais ovíparos.
As tartarugas põem ovos que têm casca maleável e, por isso, ficam enterrados durante a incubação.
principais patologias

Prolapso
Deslocamento ou queda de um órgão que sai da sua posição natural.
Prolapso do pênis é comum em quelônios.
O prolapso intestinal é causado pela presença de corpos estranhos no trato gastrointestinais, obstruindo o fluxo do bolo alimentar.
principais patologias
Falta ou excesso de vitamina A
Pode causar edema de pálpebra.
Metaplasia escamosa (hipovitaminose A).
Pele seca, resultando em perda de pele, expondo tecidos musculares.

principais patologias
Doenças no casco:
Fraturas devido à atropelamentos, quedas, ataques de outros animais, etc.
Piramidismo(causada por excesso de proteína animal).
Amolecimento de queratina e queda das placas córneas podem ocorrer a elevadas umidades. Fungos e bactérias podem acelerar o processo de queda, expondo a superfície óssea da carapaça.
conclusão
Ficou evidente para as integrantes do grupo que uma quantidade considerável de patologias aqui abordadas em reptéis domésticos são resultantes de manejo impróprio. Muitos diagnósticos são dificultados pela falta de estudos de padrões de substâncias no hemograma. É de muita importância consultas ao médico veterinário sempre que for notado algo anormal e também exames e consultas de rotina(pelo menos uma vez ao ano), para assim assegurar que o animal tenha saúde e bem estar.
COMPONENTES:
Anna Luiza Lemos
Carolina Oliveira
Clara Dias
Dominique Ferreira
Laís Colombo
Luiza Fragelli
Maria Paula Sousa
Maria Vitória Moraes

Niterói, 13 de Junho de 2016
Universidade Federal Fluminense
Graduação em Medicina Veterinária
Disciplina de Biologia Geral
Professor José Mario d'Almeida
Full transcript