Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Educação Física no Ciclo I: Ginástica

No description
by

Educação Física

on 20 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Educação Física no Ciclo I: Ginástica

Artística
Rítmica
Ginástica de Trampolim
Ginástica Acrobática
Ginástica aeróbica
Ginástica para todos
Educação Física no Ciclo II:
Ginástica

Equipe
Caroline de Freitas
Movimentos Ginásticos
Lingiada de Estocolmo
Festival internacional de Ginástica em comemoração ao centenário de morte de Per Henrik Ling

Impulso para a criação da Gymnaestrada
A história da Ginástica
Pré-História
Atividades como meio de sobrevivência (nadar, caçar, pescar, correr, lutar, etc)

Atividades de aspecto recreativo (encenação, festejo de vitórias, etc)

Atividades de aspecto religioso (cultuação a deuses com danças)
Leilane Lazarotto
Raphael Di Giulio
Antiguidade
Idade Média
Preparação militar (Cruzadas)
Justas e Torneios
Esgrima
Equitação
Arco e flecha
Grécia
Idade Moderna

Jean-Jacques Rousseau (1712- 1778), na obra "Emílio", vê a necessidade da pratica física como meio para atingir a razão

Johann Bernard Basedow (1723-1790) defende que o exercício físico deveria fazer parte dos programas das escolas primárias.
Métodos Ginásticos
Escola Alemã
Executado em aparelhos em contato com a natureza
Escola Francesa
Aperfeiçoamento motor
Escola Sueca
Finalidades higiênicas e corretivas
Escola Americana
Influência da Escola Sueca
Orientações para trabalho em grupo
Modalidades
Desenvolveu-se na Alemanha
Primeiro Ginásio ao ar livre em 1911
A ginástica de Jahn era tipicamente militarista
Proibição na Alemanha por motivos políticos
Movimento político social na Europa
Criação da CBG em 1979
Aparelhos Femininos
Combinação de ginástica clássica com dança
Exclusivamente feminina
Estreia como modalidade olímpica nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000
Diretrizes Curriculares PMC
Método de Ensino da Ginástica
Forma de exercitação, com ou sem uso de aparelhos
Possibilita vivências que provoquem ricas experiências corporais
O professor deve levar em consideração a vivência do movimento ginástico e não a execução perfeita do movimento

Elementos Fundamentais da Ginástica
Habilidades básicas
Andar
Correr
Saltar
Lançar
Chutar
Outros movimentos

*De diversas formas, com e sem o uso de materiais
Ginástica para Todos
Elementos da ginástica associado a outros elementos da Cultura Corporal, de forma livre e criativa
Elementos da Ginástica Artística
Rolamento para frente e para trás
Roda ou estrela
Ponte
Vela
Parada de três apoios
Parada de dois apoios
Elementos da Ginástica Rítmica
Mãos livres
Arco
Bola
Fita
Maça
Corda
Ginástica Circense
Malabarismo
Equilibrismo
Acrobacias
Atividades de interpretação
Método Sintético
Consiste na realização do movimento, sem exercícios introdutórios
Método Analítico
Consiste na realização de exercícios auxiliares, previamente ao movimento
9 grupos (4 para 4º e 4 para 5º)
Formular planejamento para o Eixo Ginástica
Objetivos
Conteúdos
Critérios de Avaliação
Apresentação dos planejamentos

Atividade hora à distância
Elaborar, individualmente, plano de aula para cada eixo, a partir dos planejamentos trabalhados durante o curso

Enviar até 04/06/14 no email:

educacaofisica@sme.curitiba.pr.gov.br
Contatos
(41) 3350 3178

educacaofisica@sme.curitiba.pr.gov.br

Palavra grega “gymnos” (nu) pelo fato dos exercícios serem praticados com o corpo nu.

Jogos Olímpicos
Roma
Preparação militar

Atividades desportivas ligadas a questões bélicas (combate de gladiadores)

Circo

Estádios
Aparelhos Masculinos
Luta
Escalada
Jogos simples e de pelota
Jogos de raquete
Final da Primeira Guerra Mundial
Surgiu da combinação da ginástica artística com música
Primeiro campeonato em 1961, no Leste Europeu
Introduzida nos Jogos Olímpicos em 1984
Materiais
Criada em 1936 nos EUA
Possui relação com as práticas circenses
Primeiras competições em Londres, em 1964 e 1965
Desenvolvida no século VII
Possui relação com as práticas circenses
Primeira competição mundial em 1973
Engloba movimentos de solo da Ginástica Artística e movimentos rítmicos
Desenvolvida nas décadas de 60 e 70, nos EUA
Iniciou no Brasil na década de 80
Modalidade esportiva em 1995
Interliga ginástica, jogos e brincadeiras, artes cênicas, musicais e plásticas, lutas, esportes e danças
Utiliza-se de grandes áreas
Abrange todas as faixas etárias
Não competitiva
Contato do corpo com o solo
Valorização do rítmico
Improviso na atividade corporal
Introdução dos aparelhos portáteis
Caráter pedagógico de formação moral e disciplinar
Abragência pedagógica, militar, médica e estética
Exercícios analíticos, racionais, simples e localizados
Valorizava exercícios naturais, repudiando os artificiais
Ênfase nas qualidades físicas utlizadas na vida cotidiana
Considerava dimensões anátomo-fisiológicas
Exercícios livres, com pequenos aparelhos
Princípios: higiene e educação
Elaboração da calistenia
Objetividade e neutralidade
Disciplina corporal e trabalho com o corpo,
Fortalecer, embelezar, corrigir e tornar saudáveis os corpos da população europeia
Full transcript