Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Se estou só, quero não ´star

No description
by

Diogo Rocha

on 1 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Se estou só, quero não ´star


Se estou só, quero não ´star,
Se não ´stou, quero ´star só.
Enfim, quero sempre estar
Da maneira que não estou.

Ser feliz é ser aquele.
E aquele não é feliz
Porque pensa dentro dele
E não dentro do que eu fiz.

A gente faz o que quer
Daquilo que não é nada,
Mas também se o não fizer
Fica perdido na estrada.

Se estou só, quero não ´star...
Estrutura Externa
Análise Formal
Fernando Pessoa
de Fernando Pessoa
Se estou só, quero não ´star...
Escola Básica Integrada Francisco Ferreira Drummond
Ano letivo:
2014/2015
Disciplina
: Português
Professora:
Marina Silva

Trabalho realizado por:
- Diogo Rocha, Nº7;
- Vasco Melo, Nº 23
9ºB

Fernando Pessoa
Biografia
Fernando António Nogueira Pessoa, mais conhecido por Fernando Pessoa nasceu a 13 de junho de 1888 na cidade de Lisboa e partiu a 30 de novembro de 1935 na mesma cidade, este foi filósofo, escritor e um dos mais famosos poetas portugueses. Frequentou várias escolas, acabando por em 1905 regressar a Portugal e fixar-se em Lisboa, onde se matriculou no Curso Superior de Letras (que abandonou em 1907). Foi a partir desta data que começou a sua intensa actividade literária.
Em 1935, no dia 29 de Novembro foi internado no Hospital de São Luís dos Franceses, em Lisboa, em que lhe seria diagnosticado com “cólica hepática” devido ao facto que não ter bebido com moderação (é causada pelo excessivo consumo de álcool), no dia seguinte ele iria falecer e a sua ultima frase escrita foi na cama dos hospital dizendo: “ Know not what tomorrow will bring” ( "Não sei o que o amanha trará” ).

Se estou só, quero não ´star,
Se não ´stou, quero ´star só.
Enfim, quero sempre estar
Da maneira que não estou.

Ser feliz é ser aquele.
E aquele não é feliz
Porque pensa dentro dele
E não dentro do que eu fiz.

A gente faz o que quer
Daquilo que não é nada,
Mas também se o não fizer
Fica perdido na estrada.

Análise Formal
Género da Composição
O género da Composição "Se estou só, quero não ´star" de Fernando Pessoa é do tipo:

- Liríco
Número de Estrofes e Versos
Se estou só, quero não ´star,
Se não ´stou, quero ´star só.
Enfim, quero sempre estar
Da maneira que não estou.

Ser feliz é ser aquele.
E aquele não é feliz
Porque pensa dentro dele
E não dentro do que eu fiz.

A gente faz o que quer
Daquilo que não é nada,
Mas também se o não fizer
Fica perdido na estrada.
Tipo de Rima e Esquema Rimático
Métrica
A métrica ao longo do
poema, não é regular.
Estrutura Interna
Se estou só, quero não ´star,
Se não ´stou, quero ´star só.
Enfim, quero sempre estar
Da maneira que não estou.

Ser feliz é ser aquele.
E aquele não é feliz
Porque pensa dentro dele
E não dentro do que eu fiz.

A gente faz o que quer
Daquilo que não é nada,
Mas também se o não fizer
Fica perdido na estrada.

Análise da Compreenção do Poema
Se estou só, quero não ´star,
Se não ´stou, quero ´star só.
Enfim, quero sempre estar
Da maneira que não estou.

Ser feliz é ser aquele.
E aquele não é feliz
Porque pensa dentro dele
E não dentro do que eu fiz.

A gente faz o que quer
Daquilo que não é nada,
Mas também se o não fizer
Fica perdido na estrada.
Análise do Conteúdo do Poema

... Figuras de Estilo
- Antítese

Em todo o poema (contras-te entre duas ideias ou coisas).

Ex
:
"Se estou só, quero não estar,/Se não estou, quero estar só"


- Rima

No decorrer do poema à rima cruzada.

Ex:
A gente faz o que quer (...) / Mas falha se o não fizer"
Dá a entender que o sujeito poético só está bem da maniera que não está naquele preciso momento.
O sujeito poético diz que cada um é feliz a sua maneira, assim a felicidade de uma determinada pessoa pode ser a mesma que a nossa.
Significa que se não fizermos algo que achamos que não é importante, pode ser na realidade, importante.
Se estou só, quero não ´star,
Se não ´stou, quero ´star só.
Enfim, quero sempre estar
Da maneira que não estou.

Ser feliz é ser aquele.
E aquele não é feliz
Porque pensa dentro dele
E não dentro do que eu fiz.

A gente faz o que quer
Daquilo que não é nada,
Mas também se o não fizer
Fica perdido na estrada.

Fernando Pessoa
O poema em questão é contituido por 3 quadras (3 estrofes contítuidas, cada uma, por 4 versos). 12 versos.
Se estou só, quero não ´st
ar
,
Se não ´stou, quero ´star s
ó
.
Enfim, quero sempre est
ar
Da maneira que não est
ou
.

Ser feliz é ser aque
le
.
E aquele não é fel
iz
Porque pensa dentro de
le
E não dentro do que eu f
iz
.

A gente faz o que qu
er
Daquilo que não é na
da
,
Mas também se o não fiz
er
Fica perdido na estra
da
.
Fernando Pessoa
O poema é constítuido por rima do tipo cruzada.
a
b
a
b
Tema:
Insatisfação/Contradição
c
d
c
d
e
e
f
f
Esquema rimático:
abab/cdcd/efef
Tema e assunto:

-Insatisfação/Contradições.
Caracterização do Sujeito Poético:
- O sujeito poético sente-se insatisfeito com algo.
Publicação de....
Fernando Pessoa
Fernando Pessoa
Caracterização do Ambiente:
- O sujeito poético encontra-se sempre a contrariar.


Análise do Conteúdo do Poema


"Mensagem", 1 de dezembro de 1934.
Poema
"Se estou só, quero não s´tar"
de Fernando Pessoa cantado por Camané.
Atitude do poeta:
-
O sujeito poético diz uma coisa e depois contraria-se dizendo o oposto.
... Compreenção do Poema
Full transcript