Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O processo de independência do Brasil - alguns pontos

Aulas 5 e 6 - 7ªs.
by

professor eduardo

on 16 August 2010

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O processo de independência do Brasil - alguns pontos

Double click anywhere & add an idea O processo de independência do Brasil Como vimos, há alguns fatores-chave para
se entender o processo de independência do Brasil
No Brasil
A vinda da família real - 1808
As mudanças advindas deste episódio
Brasil: Reino Unido à Portugal e Algarves
1815

Em Portugal
A administração de Beresford
A Revolução Liberal do Porto
As "cortes" e a nova Constituição
As pressões sobre o Brasil Alguns episódios isolados também são importantes
Como o retorno de D.João VI a Portugal
A decisão do príncipe regente, Pedro, de continuar no Brasil ("Dia do Fico")
O atrito crescente entre as "cortes" e o Brasil Mas o que eram mesmo essas "cortes"? Os líderes da Revolução Liberal do Porto propuseram a criação de um parlamento, que tinha como um dos objetivos redigir e fazer valer uma nova Constituição para Portugal - a esse parlamento denominamos "Cortes" (ou "cortes reunidas")

Tendo sido elevado à categoria de "reino unido", o Brasil tinha representantes nessas "Cortes".

Embora liberais, os representantes portugueses (grande maioria!) eram favoráveis à recolonização do Brasil, o que aumentava o conflito entre aquele país e sua "colônia".
O príncipe regente, após o ultimato das "Cortes", declara a independência do Brasil A pergunta é: o que se queria demonstrar com este quadro? Pintado por Pedro Américo, em 1888
Mede 7,60 m de largura e 4,15 m de altura Atualmente está exposto no Museu Paulista da USP
(Museu do Ipiranga) Profº Eduardo Gomes
Ensino Fundamental
CFNP Mas o processo de consolidação foi conflituoso em algumas províncias brasileiras Além disso, o Brasil ainda pagou uma indenização de 2 milhões de libras a Portugal O primeiro país a reconhecer nossa independência foi os Estados Unidos da América (em 1824) Seguido por Portugal e Inglaterra Como Bahia, Maranhão, Piauí e Grão-Pará O que faz entendermos que a independência foi um processo
histórico, e não um capricho dos "grandes nomes da história!
Full transcript