Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Alegria no contexto escolar: recortes de um fazer pedagógico que produz Autonomia

No description
by

Lohane Soares Peixoto

on 24 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Alegria no contexto escolar: recortes de um fazer pedagógico que produz Autonomia

Alegria no contexto escolar: recortes de um fazer pedagógico que produz Autonomia.
Primeiros passos...
Mãos à obra...
Fim de uma jornada!
Memorial
Alfabetização;
Experiência escolar;
Cursinho pré-vestibular;
Universo UnB;
Projetos.
Problema
Como o Projeto Autonomia pode contribuir na construção de espaços de Alegria na escola?
Justificativa
Baseado no contexto escolar atual nota-se que o conteúdo é priorizado em detrimento do sujeito e suas singularidades. Daí a necessidade de uma pedagogia voltada para a constituição de espaços de Autonomia e Alegria no contexto escolar, promovendo a formação de cidadãos críticos, reflexivos e ativos.
Objetivo Geral
Investigar como se constituem espaços de Alegria na escola por meio do Projeto Autonomia.
Projeto Autonomia
Inspirado na Escola da Ponte;
Pensado primeiramente por pais;
III Seminário de Educação Infantil, 2009;
Parceria com a UnB;
Apresentação do documento Projeto Autonomia;
Curso de Extensão na UnB e Projetos 3 e 4;
Primeira atuação através de oficinas;
Segunda atuação através de observação, intervenção e oficinas.
Conceitos Norteadores
Autonomia
Conceitos Norteadores
Alegria
Metodologia
Pesquisa participante;
Observação participante;
Diário de bordo;
Entrevista semiestruturada;
Termo de consentimento.
Considerações Finais
Ao realizar este trabalho percebi que os conceitos de Autonomia e Alegria estão muito interligados e é até difícil dizer qual vem primeiro, pois se considerarmos que um sujeito tenha encontros bons, fique alegre e isso gere potência de agir, com o tempo isso poderá trazer sua Autonomia. Já um sujeito sendo autônomo, ou seja, autor de seus processos, provocará encontros alegres que gerará mais potência de agir realimento o processo. O pré-requisito para qualquer um deles é a liberdade, pois assim, ambos poderão ocorrer e um poderá levar ao outro.
Referências
Lohane Soares Peixoto
Orientadora: Dra. Fátima Lucília Vidal Rodrigues.
Objetivos Específicos
Compreender o conceito de Alegria proposto por Spinoza;
Conhecer os espaços/momentos de Alegria existentes na escola;
Investigar como as atividades realizadas pelo Projeto Autonomia proporcionam espaços/momentos de Alegria.

Heteronomia:
No sistema educativo, heteronomia se dá através do inibir a criatividade, a autonomia, a crítica e a iniciativa dos educandos, tornando-os reprodutores e conformadores dos sistemas sociais, sem perspectiva de mudanças.
Uma pedagogia que visa o desenvolvimento de sujeitos autônomos deve, acima de qualquer coisa, ter um olhar atento sobre os sujeitos, levando em conta suas peculiaridades, interesses, curiosidades, medos e sua identidade, para assim estabelecer um ambiente no qual esse sujeito se sinta inserido e disposto a participar.
Fundamentação teórica: Paulo Freire e José Pacheco.
A constituição do conceito Alegria é desencadeada a partir do entendimento de bom e mau, e dos seus impactos na vida do sujeito, ou seja, causando momentos de alegria ou tristeza e, por conseguinte, influenciando positiva ou negativamente sua potência de agir, conforme afirma Spinoza (2002) chamamos “bom” ou “mau” o que é útil ou nocivo à conservação de nosso ser, isto é, o que aumenta ou diminui, ajuda ou reduz a nossa potência de agir.
Análise dos Fragmentos
Experiência inovadora para a escola;
Alegria e Autonomia relacionada aos momentos de liberdade e às próprias escolhas;
Atividades lúdicas e Aprendizagem Significativa.
Obrigada!
Até o próximo desafio!
Brasíllia, junho de 2014
Lohane Soares Peixoto
Lohane Soares Peixoto
Lohane Soares Peixoto
Lohane Soares Peixoto
Bons encontros
Alegria
Potência de Agir
Autonomia
Experiência inovadora para a escola:
Quebra de rotina;
Valorização e motivação dos educadores;
Transversalidade das oficinas.
Alegria e Autonomia relacionada aos momentos de liberdade e às próprias escolhas:
Autonomia x Alegria;
Espaços de liberdade;
A escola e o Projeto Autonomia.
Atividades lúdicas e Aprendizagem Significativa:
Recreio;
Atividades diferenciadas;
Aumento do interesse dos estudantes;
Oficinas.
PACHECO, José. Dicionário de Valores, 2012, 47p.

KOBLITZ, Rodrigo Vasconcelos; LUZ, Dioclécio.Projeto Autonomia, 2010, 21p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: Saberes Necessários à Prática Educativa. EGA, 1996. Formato digital: 2002. Disponível em: <http://www.letras.ufmg.br/espanhol/pdf%5Cpedagogia_da_autonomia_-_paulofreire.pdf>. Acesso em: 10 mar. 2014, 09:50:35

Spinoza, Baruch. Ética Demonstrada à Maneira dos Geômetras. São Paulo: Martin Claret, 2002 427 p. (Coleção a Obra Prima de Cada Autor – Série Ouro).

Atuar na área, preferencialmente num cargo público;
Iniciar o mestrado;
Estudar outros idiomas;
Estudar música.
Perspectivas profissionais:
Full transcript