Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Tendência Progressista Libertadora.

Uma Descrição da Tendência Progressista Libertadora (A Pedagogia de Paulo Freire).
by

Elizângela Nascimento

on 18 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Tendência Progressista Libertadora.

A Tendência Progressista
Libertadora... Os Passos da Aprendizagem ... Tendência Progressista Libertadora . Tendências pedagogicas Progressistas As Tendências Progressistas começa a germina na França a partir de 1968, e no Brasil coincide com o início da abertura política e com a efervescência cultural. Nesta concepção a escola passa a ser vista não mais como redentora, mas como reprodutora da classe dominante. Em nível mundial, três teorias em especial deram a base para o desvelamento da concepção ingênua e a-crítica da escola: Bourdieu e Passeron (1970) com a teoria do Sistema enquanto Violência Simbólica; Louis Althusser (1968) com a teoria da escola enquanto Aparelho Ideológico do Estado; e Baudelot e Establet (1971) com a teoria da Escola Dualista. Nessa perspectiva, Libâneo (1994), divide a Pedagogia Progressista em três tendências:

* A Pedagogia Progressista Libertadora,

* A Pedagogia Progressista Libertária,

* A Pedagogia Progressista Crítico-Social dos Conteúdos. No final dos anos 70 e início dos 80, a abertura política decorrente do final do regime militar coincidiu com a intensa mobilização dos educadores para buscar uma educação crítica, tendo em vista a superação das desigualdades existentes no interior da sociedade.
Surge, então a “pedagogia libertadora” que é oriunda dos movimentos de educação popular que se confrontavam com o autoritarismo e a dominação social e política. Conteúdos de Ensino... Papel da Escola ... Métodos de Ensino... Uma Educação democrática e solidária, centrada na relação entre os sujeitos que aprendem juntos "em comunhão". O educando assimilaria o objeto de estudo fazendo uso de uma prática dialética com a realidade. No diálogo, como método básico, a relação é horizontal, onde educador e educandos se posicionam como sujeitos do ato de conhecimento.
O critério de bom relacionamento é a total identificação com o povo, sem o que a relação pedagógica perde consistência. Elimina-se, por pressuposto, toda relação de autoridade, sob pena de esta inviabilizar o trabalho de conscientização, de "aproximação de consciências". Relacionamento Professor-Aluno... Trata-se de uma "não-diretividade", mas não no sentido do professor que se ausenta (como em Rogers), mas que permanece vigilante para assegurar ao grupo um espaço humano para "dizer sua palavra", para se exprimir sem se neutralizar. A própria designação de "educação problematizadora" como correlata de educação libertadora revela a força motivadora da aprendizagem. A motivação se dá a partir da codificação de uma situação-problema, da qual se toma distância para analisá-la criticamente. Aprender vincula-se a atos de conhecimentos concretos, são realidades vividas pelo educando que devem ser um "processo de compreensão, reflexão e crítica." A única avaliação possível é aquela voltada para a "prática vivenciada entre educador-educandos no processo de grupo e, às vezes, a auto-avaliação feita em termos de compromissos assumidos com a prática social". Pressupostos de Aprendizagem... Todaselas classificadas como “crítico-reprodutivistas”, mas nenhuma delas apresenta uma proposta pedagógica explicita, buscam apenas, explicar as razões do fracasso escolar e da marginalização da classe trabalhadora. Defendem a necessidade de superação, tanto da “ilusão da escola como redentora, como da impotência e o imobilismo da escola reprodutora” (Saviani, 2003a). “A educação libertadora questiona concretamente a
realidade das relações do homem coma natureza e
com os outros homens, visando a uma transformação,
daí ser uma educação crítica” * Temas Geradores;

* Conteúdos tradicionais são recusados
(invasão cultural ou depósito de informação);

* Textos redigidos pelos alunos. Manifestações na
Prática Escola... A pedagogiaLibertadora tem como
inspirador e divulgador
Paulo Freire. Pedagogia do Oprimido... Paulo Freire parte do princípio de que vivemos em uma sociedade dividida em classes, na qual os privilégios de uns impedem a maioria de usufruir os bens produzidos. Se a vocação humana de se realizar só se concretiza pelo acesso aos bens culturais, ela é "negada na injustiça, na exploração, na opressão, na violoência dos opressores, mas afirmada no anseio de liberdade, de justiça, de luta dos oprimidos, pela recuperação de sua humanidade roubada". Obras do educador Paulo Freire: - Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1967.
- Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1970.
- Educação e mudança. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1979. - A importância do ato de ler em três artigos que se completam. São Paulo: Cortez Editora, 1982.
- A educação na cidade. São Paulo: Cortez Editora, 1991.
- Pedagogia da esperança. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1992.
- Política e educação. São Paulo: Cortez Editora, 1993. - Pedagogia da autonomia. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1997.
- Pedagogia da indignação. São Paulo: UNESP, 2000.
- Educação e atualidade brasileira. São Paulo: Cortez Editora, 2001. Fontes Bibliograficas da pesquisa ... http://www.ead.uepb.edu.br/ava/arquivos/cursos/geografia/fundamentos_socio_filosoficos_da_educacao/Fasciculo_09.pdf https://sites.google.com/site/ged0611/libertadora http://www.ufsm.br/lec/01_00/DelcioL&C3.htm http://www.onordeste.com/onordeste/enciclopediaNordeste/index.php?titulo=Paulo+Freire&ltr=p&id_perso=265 http://2.bp.blogspot.com/-1bfXN5agVRs/T3ONpFJfE-I/AAAAAAAAAF0/3F6iwE9KvVM/s1600/100_3417.JPG http://avmprojetointerdisciplinar2010-2.blogspot.com.br/2010_10_01_archive.html UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco Fundamentos Filosóficos, Históricos e
Sociológicos da Educação. Prof: Williams Turma: L B 3 Alunas: Elânia Priscila
Elizângela Cabral
Isabel Cristina
Liliane Vilela http://prezi.com/rb3lqahxgtny/untitled-prezi/ Fim
Full transcript