The Internet belongs to everyone. Let’s keep it that way.

Protect Net Neutrality
Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Bacias Hidrográficas

Outro trabalho do Chicho :3
by

Cassi de Alencar

on 31 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Bacias Hidrográficas

Bacias Hidográficas Divisores de águas Bacias Hidrográficas São constituídas pelas vertentes* e pelas rede de rios principais, afluentes e sub afluentes cujo conjunto forma a rede de drenagem. Rio Principal: é o curso principal de água numa determinada bacia hidrográfica. Ex: Rio Amazonas Rios Afluentes: São cursos de água menores que desaguam nos rios principais alimentando-os. Rios Subafluentes: São cursos de água ainda menores que são afluentes dos afluentes e portanto subafluentes dos rios principais. Os divisores de águas são elementos naturais desde regiões serranas até mesmo pequenas colinas que separam dois cursos de água. Fundo de vale Nascente Foz Rio Principal Rio Afluente Rio Subafluente Divisor de águas Vertente O Curso dos Rios Mesmo os rios mais caudalosos, em suas nascentes, são nada mais que pequenos córregos. "A medida que avançam para a foz, isto é, de seu alto curso (ou montante)para o baixo curso (ou jusante)vão recebendo água dos seus afluentes. Com isso ocorre um aumento gradativo no volume de água, aprofundando e alargando o rio." O volume dos rios também dependem da região. Rios pernes e caudalosos: Nunca secam. Intermitentes: Secam no período de estiagem. Efêmeros: se formam durante a ocorrência de chuvas. Regime Vazante: Volume baixo Cheia: Volume alto Variação Pluvial: seu volume depende das chuvas. Nival: depende do derretimento de neve. Glacial: Geleiras. Misto (Complexo): Derretimento da neve das montanhas e pela chuva. Bacias Hidrográficas Brasileiras Alguns outros conceitos Várzea (planície de inundação): região inundada a partir do excesso de água não suportada pela calha. Calha: região normal do curso. Canais Rios de palanalto: apresentam grande desnível e podem ser usado na produção de hidreletricidade. Rios de Planície: bem como os lagos são facilmente navegáveis desde que não formem bancos de areia em seu leito. Lagos são depressões do relevo preenchidas por água Bacia do rio amazonas: é a maior do planeta.
suas vertentes são delimitadas pelos andes, planalto das guianas e planato central.
Nasce no córrego apacheta no Peru
Chama-se solimões na fronteira brasileira até se encontrar com o rio negro onde recebe o nome de amazonas.
é o rio mais extenso e de maior volume do planeta.
Da fronteira brasileira até a foz percorre mais de 3mil km Bacia do rio Tocantis-Araguaia No bico do papagaio se encontra rio tocantins e araguaia formando a maior ilha fluvial do mundo, a do Bananal. Bacia do Paraná, Paraguai e Uruguai São subdivisões da bacia do rio da prata a segunda maior bacia do mundo. O paraná é o principal rio dessa bacia. Possui o maior potencial hidrelétrico do país. Paraguai é o segundo grande rio nascendo do mato grosso e se juntando ao paraná quase em sua foz. Uruguai desemboca no rio da prata. Bacia do rio São Francisco: é a menor das quatro grandes bacias brasileiras. Nasce na Serra da Canastra em MG. Atravessa o sertão e desemboca no Oceano Atlântico. Bacia do rio Parnaíba
é a segunda mais importante da região nordeste. Possui afluentes temporários na parte de seu curso onde passa no sertão. Bacias atlânticas ou costeiras:
São 5: Nordeste Ocidental, Leste, Nordeste Oriental, Sudeste e Sul. Elas são agrupadas devido a suas regiões e não possuem ligação entre si. O rio principal de cada uma tem sua própria bacia hidrográfica. Cassiana S. de Alencar C. nº 6 3ºC Prof: Chicho Referências Bibliog´rficas de Sene, Eustáquio e Moreira, João Carlos. "Geografia Geral e do Brasil, Espaço Geográfico e Globalização, São Paulo: Scipione, 2010 http://pt.wikipedia.org/wiki/Rio_principal http://pt.wikipedia.org/wiki/Afluente Alto curso: Região localizada prózima a nascente

Médio curso: Região situada entre a nascente e a foz

Baixo curso: Região situada na foz e próximo a ela
Full transcript