Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Petróleo e Derivados

No description
by

Philip Borges

on 29 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Petróleo e Derivados

Além de gerar a gasolina, que serve de combustível para grande parte dos automóveis que circulam no mundo, vários produtos são derivados do petróleo como, por exemplo: O sabão, o asfalto, o chiclete, o detergente e outras coisas que estão presentes na vida humana.
No procedimento da matéria-prima até o produto comercializável ocorrem várias reações químicas. Dentre os processos, há o aquecimento a 370ºgraus celsius, que faz o material assumir a forma gasosa. Quando volta na forma líquida, o petróleo já tem boa parte de seus principais subprodutos separados. Ao longo da torre, tem andares que colhem partes do vapor de petróleo que esfriam e viram líquido de novo enquanto sobem. Esse líquido é capturado por pratos.
Petróleo e Derivados
Surgimento do Petróleo
Existem muitas teorias sobre o surgimento do petróleo, porém, a mais aceita é que ele surgiu através de restos orgânicos de animais e vegetais depositados no fundo de lagos e mares, sofrendo transformações químicas ao longo de milhares de anos. Essa substância inflamável possui estado físico oleoso e com densidade menor do que a água. Sua composição química é a combinação de moléculas de hidrocarbonetos, nitrogênio, oxigênio e enxofre.
Derivados
Refinação - como funciona
A refinação tem a função de decompor o petróleo em diferentes subprodutos, como gasolina, diesel e querosene. Para isso, a refinaria recebe o petróleo na forma de óleo crú das plataformas de extração e submete a diversos processos químicos. O mais importante processo é a destilação, que separa os componentes de acordo com suas temperaturas de ebulição.
Chiclete
Toxicidade
O petróleo, como dito,
além de hidrocarbonetos, possui nitrogênio, oxigênio e enxofre. Esse último é a pior impureza do petróleo, sendo responsável pelo mau-cheiro dos produtos da queima; atrapalha o funcionamento do motor e é responsável pelo efeito estufa e chuva ácida. Hoje há projetos para reduzir o teor de enxofre na composição.
A glicerina presente na composição faz com que o chiclete amoleça ao ser mascado, a temperatura do interior da boca ativa essa função, a elasticidade, caractéristica única do chiclete que permite que se puxe, encolha, possa fazer bolha e brincar com o mesmo. A Goma Base que é o componente principal, é um derivado do petróleo e talvez seja o maior atrativo do chiclete: a massa sintética que estica.
O primeiro poço de petróleo foi descoberto nos Estados Unidos, na Pensilvânia em 1859. Ele foi encontrado em uma profundidade de apenas 21 metros, mas isso foi porque na época a tecnologia não era tão avançada quanto hoje em dia, em que os poços encontrados ultrapassam os 6.000 metros.
Desenvolvimento
Tecnológico
Por ser um produto de alto risco de contaminação, o petróleo causa danos ao meio ambiente quando entra em contato com oceanos ou com o solo. Quando ocorre no oceano as consequências ambientais afetam os ecossistemas litorâneos provocando extinção de algumas espécies de peixes e outros animais marítimos.
Riscos ao meio ambiente
No século XIX, depois que o petróleo se tornou um importante combustível, as empresas começaram cada vez mais a buscá-lo, e, visando maior lucro, começaram a estudar meios mais eficientes de procura, na extração e principalmente na refinação.
Com tanto investimento já feito em tecnologia para o petróleo, hoje é um dos setores mais modernos e lucrativos que tem.
O chiclete que conhecemos hoje surgiu no final do século XIX. O produto foi inventado pelo americano Thomas Adams. Foi ele quem fabricou o primeiro lote de chicletes em formato de bola e aromatizados com extrato de alcaçuz.

Depois da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), as resinas naturais foram substituídas por substâncias sintetizadas. Na década de 1960, surgiram no mercado os primeiros chicletes sem açúcar.

O chiclete é produzido a base de goma formada de borracha sintética e parafina, derivadas do petróleo, adicionadas a substâncias emulsificantes e antioxidantes, além de carbonato de cálcio, açúcar ou adoçante, aromas, corantes, ácidos cítricos e glicerina.
Full transcript