Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Estrutura e Funcionamento da Comunicação

No description
by

Nayara Costa

on 26 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Estrutura e Funcionamento da Comunicação

REMENTE, MENSAGEM E DESTINATÁRIO
São justamente as três peças mais
conhecidas e visíveis na estrutura; eis como aparecem na estrutura da
comunicação:
Uma estrutura de 3 peças
Como pegar a ideia?
Como cada peça funciona
Estrutura e Funcionamento da Comunicação
A mensagem é feita de signos
Definimos que:

a) a mensagem é constituída de uma ou mais unidades a que denominamos signo;

b) o signo resulta da associação entre o significante (estímulo físico) e o significado (ideia ou conceito).
O código: uma quarta peça meio escondida
O código pode ser definido como um programa ou uma instrução que cria, e depois controla, a relação entre significante e
significado; o estabelecimento da relação significante/significado é que possibilita a geração do signo. Eis um esquema da geração do signo, a partir do código:
REMETENTE
MENSAGEM
DESTINATÁRIO
Ideia
Resposta
Se o remetente e o destinatário não estiverem
conscientes de suas respectivas funções e atentos ao seu papel, a estrutura da comunicação ficará bem vulnerável a ruídos.
Cabe, pois, ao remetente controlar o envio e as condições de emissao e recepção das mensagens verificando:

- se o destinatário entendeu a mensagem e sabe qual a resposta que deve produzir;

- em caso de resposta -"incorreta", quais os ruídos que impediram o destinatário de produzir a resposta esperada ou
desejada.
Se a necessidade de uma ideia permanecer apenas na cabeça do remetente, o destinatário jamais poderia pegar ou apanhar tal ideia e saber a resposta que deveria produzir:
Obrigado!
Ideia
??
O remetente só poderia pegar a ideia se esta se tornasse..."captável". E a ideia, que é abstrata, será apanhada quando se encontrar associada a algum estímulo físico (sons, letras, imagens etc), captável por nossos sentidos. Ao captar o estímulo, recolhemos também a ideia que lhe foi associada. Ligada a um estímulo físico, a ideia passaria da mente do remetente para a
do destinatário, ou, em outras palavras, torna-se comum a remetente e destinatário. Pois bem, a mensagem resulta justamente da associação de uma ou mais ideias a um ou mais estímulos
físicos:
Ideia
IDEIA
ESTÍMULO FISÍCO
Ideia
+
=
MENSAGEM
+
A mensagem é um conjunto de unidades menores que resultam de uma associação entre um estímulo físico e uma ideia. Cada uma destas unidades é denominada signo, e a mensagem pode ser formada por um ou mais signos.
As palavras escritas ou orais, por exemplo, são significantes, e as
ideias ou conceitos a elas associados são os significados. Observemos o seguinte:
MENSAGEM
SIGNO
SIGNIFICANTE
SIGNIFICADO
(Ideia / Conceito)
(Estímulo fisíco)
'DIREÇÃO
PROIBIDA'
Tornar Comum
Essa operação — que consiste em transformar as ideias em mensagens constituídas de signos — possibilita o tornar comum, isto é, a comunicação; para tal, é suficiente que o destinatário receba os signos, captando os significantes e entendendo os significados.
Para que o significado de saída seja o mesmo que o significado de chegada, é preciso que a ligação entre significante e significado permaneça intacta ao longo de todo o fluxo comunicativo que vai do remetente ao destinatário.
O código aberto
O código não controla totalmente a relação entre o significante e o significado. Exemplo:
Repertório
O código fechado
Fazer com que, para um mesmo significante, haja um, e apenas um, determinado significado. Exemplo:
O domínio do código
Se o destinatário não conhece o código utilizado pelo remetente, não poderá descodificar os signos da mensagem que lhe foi enviada.

Codificação e descodificação
o processo de transformação de uma ideia em
mensagem, e portanto em signos, não passa de um processo de codificação. Quando o remetente liga uma ideia ou significado a um estímulo físico ou significante, formando um signo, ele realizou
uma codificação.

Já o destinatário, por sua vez, ao receber o signo, captando o significante e extraindo o significado que vem associado a esse mesmo significante, está realizando o processo inverso, ou seja, a
descodificação.
SIGNIFICADO
SIGNIFICANTE
CÓDIGO
'DIREÇÃO
PROIBIDA'
SIGNO
'DIREÇÃO
PROIBIDA'
Sem código não há signo!
Embora nem sempre visível, o código é uma peça essencial na
estrutura da comunicação, pois é a partir dele que um estímulo
físico qualquer pode virar signo. Para tanto, é suficiente que, por
meio do código, esse estímulo se torne um significante,
associando-se a um significado.
estabelece que, para o significante está previsto, apenas um determinado significado que é: DIREÇÃO PROIBIDA.
CÓDIGO
1 SIGNIFICANTE
2 SIGNIFICADOS
08:00 hs
08:00 hs manhã
20:00 hs
Código aberto ou código fechado?
Em determinados contextos culturais e profissionais que
utilizam sistemas de comunicação com objetivos bem delimitados
e precisos, o código aberto pode ser inconveniente e bastante
permeável a ruídos.
Cuidado com estereótipos
Ideia padronizada é o chamado estereótipo,
Estereótipo é uma espécie de carimbo ou clichê, utilizado principalmente na composição tipográfica; mas pode designar também um "carimbo mental", ou melhor, uma ideia padronizada que se solidificou em nossa mente e que utilizamos em nossa percepção para reconhecer ou identificar os indivíduos, os acontecimentos e os objetos
CULTURA
INFÂNCIA
IDEOLOGIA
FAMÍLIA
EDUCAÇÃO
PROFISSÃO
NÍVEL ECON.
RELIGIÃO
:
O repertório vem a ser, portanto, toda uma rede de referências, valores e conhecimentos históricos, afetivos, culturais, religiosos, profissionais, científicos etc.

Repertórios diferentes levam a diferentes
percepções, as mesmas palavras
passam a ser descodificadas de modo diferente por diferentes
repertórios.
É preciso, então, que, antes de começar a escrever a mensagem,
nos perguntemos sempre:

— A quem estou escrevendo?

—Qual e o repertório da pessoa a quem estou enviando amensagem?
Relembrando...
Sem veículo ... a mensagem não chegará ao destinatário
É preciso um cuidado muito especial: não devemos deixar que os estereótipos dominem o repertório, a ponto de surgirem manchas na percepção sempre limpa que devemos ter de nossos destinatários.
REPERTÓRIO
CÓDIGO
REPERTÓRIO
REMETENTE
MENSAGEM
DESTINATÁRIO
(Veículo)
Conclusão
B. Preencher as cinco condições para a descodificação eficaz: conhecer o código, usar código fechado, conhecer o repertório do destinatário, bem como o repertório do contexto cultural e profissional, e usar o veículo adequado.
Corrosivo
Exemplificando:
Código
Codificação
Significado
Significante
Corrosivo
REMETENTE
Código
Signo
MENSAGEM
DESTINATÁRIO
'CORROSIVO'
'CORROSIVO'
Descodificação
Captação do significante
Entendimento do significado
RESPOSTA
Corrosivo
RESPOSTA?????
Relatório
Superficial
Código???
Se pretendemos que a nossa mensagem escrita seja corretamente descodificada, temos de pensar na experiência e no grau de conhecimento do destinatário. Esta experiência e grau de conhecimento fazem parte de uma bagagem cultural que cada um de nós carrega chamada repertório:
AMIGOS
ESCOLA
BURRA
MENSAGEM
Para que a mensagem chegue ao destinatário, é preciso conduzi-la por meio de elemento de natureza física qualquer. Veículo pode ser definido, então, como todo elemento físico utilizado para transportar ou conduzir a mensage até o destinatário.
(VEÍCULO)
Para evitar ruídos, vimos que é preciso:
A. Conhecer o funcionamento das seis peças da estrutura da
comunicação: remetente, destinatário, código, repertório, mensagem e veículo:
"superficial"
PERFUNCTÓRIO
Significado
???????
Significante
PERFUNCTÓRIO
IDIOTA
Full transcript