Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TRADUÇÃO DE TEXTOS ESPECIALIZADOS: Unidades Fraseológica

No description
by

Marina Waquil

on 23 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TRADUÇÃO DE TEXTOS ESPECIALIZADOS: Unidades Fraseológica

TRADUÇÃO DE TEXTOS ESPECIALIZADOS: Unidades Fraseológicas Especializadas e Técnicas Tradutórias

Delimitação do tema

Contextos de tradução: espanhol português

Relação de equivalência

Técnicas tradutórias empregadas
para a tradução das UFEs.

Objetivos
a) Equivalência /UFE /Técnicas de Tradução;

b) Corpus paralelo;

c) Técnicas de tradução;

d) Categorização de técnicas.

Fundamentação Teórica

Metodologia
ANÁLISE DAS TÉCNICAS PARA AS UFEs

Marina Leivas Waquil

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Instituto de Letras
Programa de Pós-Graduação em Letras

Terminologia



Teoria Comunicativa da Terminologia (TCT)

“Ativação pragmática”.

Análise das unidades em
contextos reais de uso.

Tradução
Hurtado Albir (2001, p. 41): processo interpretativo e comunicativo que consiste na reformulação de um texto com os meios de outra língua que se desenvolve em um contexto social e com uma finalidade determinada.

Tradução: um ato de comunicação, uma operação textual e uma atividade cognitiva.


Equivalência
Nossa posição

Depende da definição de tradução escolhida;

Relação entre textos dinâmica, flexível e dependente intrinsecamente específicos deste processo (cultura de chegada, receptores, situação comunicativa e finalidade que deve desempenhar o texto traduzido;

Varia de acordo com o nível de especialização do texto em questão;

Deve contemplar critérios fundamentais da comunicação especializada: a adequação e precisão na transmissão do conhecimento são essenciais.


Fraseologia
Unidades pluriverbais;

“Integram a comunicação humana” (KRIEGER; FINATTO, 2004, p. 84);

Unidades da língua comum que adquirem caráter especializado;

Unidades sintagmáticas;

Critérios: frequência, convencionalidade, combinabilidade, comutabilidade;

Inerentes aos textos especializados.

Técnicas Tradutórias

Análise de 4 propostas de categorização:

Vinay e Darbelnet (1958);

Barbosa (1990);

Aubert (1998);

Hurtado Albir (2001).


A compilação do corpus

Ideia inicial: compilar o corpus a partir de material disponível on-line.

Editoras: disposição de livros publicados em língua portuguesa como tradução da língua espanhola.

Um milhão de palavras (em cada língua).

Textos da área da Educação.

A pesquisa nos originais

1) Compilação do corpus;

2) Limpeza e organização do corpus (pdf para txt);

3) Lista das palavras mais frequentes;

4) Compilação dos glossários fornecidos pelos livros;
6) Listagem dos termos compostos por palavras ou expressões que estavam nos glossários;

7) 107 termos que selecionados para identificação de candidatos a UFEs;

8) Pesquisa destes termos no Antconc para identificar candidatos a UFEs;

9) Identificação de 1600 UFEs a partir dos critérios estabelecidos.

A pesquisa nas traduções

1) Comparação das listas de palavras frequentes (originais e traduções);

2) Comparação dos glossários;

3) Extração dos termos correspondentes aos selecionados no glossário dos textos originais no glossário das traduções;

4) Extração de candidatos a UFEs a partir dos termos listados;

5) Comparação de UFEs de espanhol (ES) e português (PT);

6) Seleção das UFEs que são formadas por verbos ou deverbais;

7) Análise contextual das UFEs selecionadas; e

8) Listagem das 878 UFEs em ES e PT.

A análise das técnicas
1
Analisar as UFEs para identificar em qual das técnicas categorizadas em cada proposta se encaixava a solução proposta pelo tradutor;

Os coocorrentes indicam a técnica utilizada:

A análise das técnicas
2
Proposta de tabela para cada proposta de categorização;

Acréscimo do campo “Outros”;

Destacamos, em cada uma das análises realizadas, os resultados que chamaram a nossa atenção e que se diferenciam das outras propostas.

A análise da proposta de Vinay e Darbelnet
4 procedimentos foram identificados na análise das UFEs.

Tradução literal: maioria.

Definições de técnicas pouco explicativas.

A análise da proposta de Barbosa
A análise da proposta de Aubert
“Tradução literal” e “Tradução palavra por palavra”: destacar a possibilidade de ocorrência deste tipo de adaptação é importante para o par de línguas espanhol/português, uma vez que além de sua frequência ter se mostrado bastante expressiva, demonstra questões de regras e formas de expressão próprias de cada uma destas línguas e da tradução entre as mesmas.

A proposta foi expandida e alguns dos novos procedimentos deram conta de unidades sem espaço na proposta de Vinay e Darbelnet.

A porcentagem de unidades que não puderam ser encaixadas em nenhum procedimento diminuiu na proposta de Barbosa.

“Erro”

“Transposição” e “Tradução literal”:
apresenta com mais clareza as condições segundo as quais uma unidade pode ser identificada como traduzida através destas modalidades.

A análise da proposta de Hurtado Albir
Compressão e Ampliação linguística;

Equivalente consagrado: ocorre sempre que o tradutor utilize um termo ou uma expressão que seja reconhecida como equivalente na língua meta, seja pelo uso ou por estar dicionarizada.

CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO
RESULTADO DA ANÁLISE
1) Os modelos analisados não tinham como foco a tradução especializada e as unidades fraseológicas;

2) As técnicas mais utilizadas:
- TRADUÇÃO LITERAL
- TRANSPOSIÇÃO
- EQUIVALÊNCIA
- MODULAÇÃO

3) As técnicas sem uso


4) A questão do erro como procedimento;

5) A importância dos coocorrentes para a identificação das técnicas utilizadas;

6) Especificidades dos resultados.

Nossa proposta de categorização de técnicas

CONSIDERAÇÕES FINAIS
Dificuldade de compilação do corpus paralelo.

Para a análise da relação de equivalência, a observação das técnicas empregadas é de extrema utilidade.

Linguagem da área da Educação: limiar entre a as linguagens especializadas e a comum.

UFEs transparentes.

A equivalência estabelecida entre UFEs é relativa, flexível e dinâmica.

As UFEs são unidades de tradução (seguindo a concepção de Alves, 2000).

Importância do trabalho para a construção de produtos terminográficos para tradutores.


REFERÊNCIAS
AUBERT, F. H. Modalidades de tradução: teoria e resultados. TradTerm, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 99-128, 1998.
BARBOSA, H. G. Procedimentos técnicos da tradução: uma nova proposta. 2. ed. Campinas: Pontes, 2004.
BEVILACQUA, C. R. Unidades Fraseológicas Especializadas Eventivas: descripción y reglas de formación en el ámbito de la energía solar. 2004. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada)—Instituto Universitario de Linguística Aplicada, Universidad Pompeu Fabra, Barcelona, 2004.
CABRÉ, M. T. La terminología: teoría, metodología, aplicaciones. Barcelona: Antártida; Empúries, 1993.
HURTADO ALBIR, A. Traducción y traductología: introducción a la traductología. Madrid: Ediciones Cátedra, 2001.
KRIEGER, M. G. ; FINATTO, M. J. B. Introdução à Terminologia: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2004.
VINAY, J. P; DARBELNET, J. A methodology for translation. In: VENUTI, L. (Ed.). The translation studies reader. London: Routledge, 1995. p. 84-93.
Full transcript