Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A GUERRA DO PARAGUAI

No description
by

Zé Eduardo

on 2 September 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A GUERRA DO PARAGUAI

2
VERSÕES
VERSÃO ANTIGA
A GUERRA FOI MOTIVADA
HEGEMONICAMENTE
POR INTERESSES
EXTERNOS
, ISTO É,
INGLESES
Destruir o modelo
desenvolvimentista industrial
paraguaio;
Impedir o mau exemplo e evitar concorrência na América Latina
VERSÃO NOVA ( ATUALIZADA)
A GUERRA FOI MOTIVADA POR
DISPUTAS REGIONAIS

ENTRE ARGENTINA, BRASIL, URUGUAI E PARAGUAI PELA ESTRATÉGICA

BACIA DO RIO DO PRATA
RIO DA PRATA
A QUESTÃO PLATINA
PARTIDO BLANCO
O Brasil tinha interesses
econômicos
e
políticos
na
região platina
, área de fronteira entre Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai.
INTERVENÇÃO BRASILEIRA NO PRATA

Garantir o direito de navegação pelo
rio da Prata
, formado pela junção dos
rios PARANÁ , PARAGUAI E URUGUAI
, que era o único acesso
para a província do
Mato Grosso
e ligava as regiões
ocidentais de Santa Catarina e Paraná ao litoral atlântico
. Na época, não havia estradas da capital do país para o Mato Grosso.
2
º Impedir que vaqueiros uruguaios invadissem as
fronteiras brasileiras
e atacassem as fazendas gaúchas.


Impedir que a Argentina anexasse o
Uruguai e/ou o Paraguai,
formando com eles um só país,
grande e forte.
URUGUAI
PRIMEIRA INTERVENÇÃO
1851
GOVERNO DO PRESIDENTE
MANUEL ORIBE
PECUARISTAS
NACIONALISTAS
DO INTERIOR
COMERCIANTES DE MONTEVIDÉU
A GUERRA CIVIL URUGUAIA
ALIADO DO
ARGENTINO
UNITARISTA
DE BUENOS AIRES, JUAN MANUEL
ROSAS
FRUCTUOSO RIVERA
, PRIMEIRO PRESIDENTE URUGUAIO (1828- 1834) , FOI EXPULSO POR
ORIBE
, INSTALANDO-SE NO
RS
, ONDE SE ALIOU A
BENTO GONÇALVES
(LíDER FARROUPILHA)
PREOCUPADO COM OS
INTERESSES EXPANSIONISTAS DE ROSAS

(ARG.)
, O
IMPÉRIO BRASILEIRO
APOIOU, ASSIM COMO O LÍDER DAS PROVÍNCIAS ARGENTINAS DE
ENTRE RIOS E CORRIENTES - URQUIZA
, A EXPULSÃO DE
ORIBE E ROSAS
DO URUGUAI EM 1851. RIVERA RETOMA O PODER.
SEGUNDA
INTERVENÇÃO
1864

EM 1864, APOIADO PELO DITADOR PARAGUAIO
FRANCISCO SOLANO LÓPEZ,
ATANÁSIO AGRIRRE
ASSUME O PODER DO URUGUAI
O
RIO GRANDE DO SUL
FOI ATACADO: ESTÂNCIA INVADIDAS, GADO ROUBADO, REPRESÁLIAS CONTRA BRASILEIROS E VIOLÊNCIA DAS MAIS DIVERSAS.
MALDITO!!!
SE NÃO PAGAR
INDENIZAÇÃO
SEREI FORÇADO A...
CHUPOU DROGAS?

SEM ACORDO
DIPLOMÁTICO
, O BRASIL INVADE O URUGUAI E
DERRUBA AGUIRRE
. O
COLORADO

VENÂNCIO FLORES
ASSUME O PODER E PAGA A INDENIZAÇÃO.
A GUERRA DO PARAGUAI
(1864-1870)

A
Inglaterra
serviu apenas para
financiar a guerra
e não teve a intenção de destruir o Paraguai e dizimar sua população.
Na verdade, a
GUERRA
foi resultado do processo de
construção dos Estados Nacionais
no Rio da Prata.
JOSÉ GASPAR RODRIGUEZ DE
FRANCIA
"O DITADOR PERPÉTUO"
(1811-1840)
DITADURA
ISOLACIONISMO:
Evitar o expansionismo de BUENOS AIRES (ARG) e influências externas contra sua ditadura.
Expulsão das ordens religiosas e repressão violentas das
ELITES CRIOLLAS.
SECULARIZAÇÃO E ESTATIZAÇÃO
das terras e dos escravos.
Monopólio Estatal do comércio da
ERVA-MATE, DA MADEIRA E DO TABACO.
ESTÂNCIAS DA PÁTRIA:

Terras Estatais arrendadas por camponeses.
CARLOS ANTÔNIO
LOPEZ
(1840-62)
DITADURA

REABERTURA PARA O MERCADO EXTERNO:
Necessidade de modernização.

TRATADO DE ALIANÇA COM BRASIL:
Reconhecimento da independência do Paraguai (1844) e livre navegação brasileira pelos rios compartilhados (MT).

MODERNIZAÇÃO:
Basicamente
militar
- compra de armamento, treinamento de jovens e recrutmento de técnicos europeus, principalmente
INGLESES.
FRANCISCO
SOLANO LOPEZ
(1862-1870)
CARLOS ANTÔNIO LOPEZ:
" O Paraguai tem muitas questões pendentes, mas não busque resolvê-las pela espada, mas sim pela caneta
,
PRINCIPALMENTE COM O BRASIL"
DITADURA
AMPLIAÇÃO DO RITMO DE DESENVOLVIMENTO:
Necessidade de aumentar o comércio externo para conseguir recursos para importar tecnologia.
APROXIMANÇÃO COM O GOVERNO

BLANCO DO URUGUAI: Garantir saída para o oceano e ampliar relações comercias com centros capitalistas europeus.
AGUIRRE
SOLANO LOPEZ
KKKKKK... AINDA BEM QUE EU
POSSO CONTAR COM
EXÉRCITO
DO MEU AMIGO
CORNO
.
O ESTOPIM
INVASÃO BRASILEIRA
NO URUGUAI E CONSEQUENTE
DERRUBADA
DO PRESIDENTE BLANCO AGUIRRE, ALIADO DO PARAGUAI, EM 1864.
1864:
SOLANO APRISIONA O
NAVIO BRASILEIRO MARQUES DE OLINDA
E INVADE O
MT
1865:

SOLANO INVADE A CIDADE
ARGENTINA DE CORRIENTES
1865:
SOLANO ATACA O
RS
(SÃO BORJA E URUGUAIANA)
1865:
SOLANO ATACA O
URUGUAI
X
A TRÍPLICE ALIANÇA
BATALHA NAVAL DO RIACHUELO
(1865)
VITOR MEIRELLES
BATALHA DE TUIUTI
1866
CÂNDIDO LOPEZ

"VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA"


BATALHA DE HUMAITÁ
(1867-68)
FORTALEZA:

Principal ponto de defesa paraguaia
O governo paraguaio acusava o Brasil de querer aumentar seu território às custas de Estados menores e de querer
monopolizar o comércio do Prata
BATALHA DO AVAÍ
(1868)
EM
1869
, SOB O COMANDO DO CORONEL HERMES DA FONSECA, AS TROPAS BRASILEIRAS OCUPAM
ASSUNÇÃO
, QUE SE ENCONTRAVA DESERTA E SAQUEADA.
EM
1º DE MARÇO
, SOLANO LOPEZ, ALCANÇADO PELAS TROPAS BRASILEIRAS, É FERIDO COM UMA LANÇA PELO CABO LACERDA E MORTO, POR OUTRO SOLDADO, COM UM TIRO DE FUZIL
BATALHA DE CERRO CORÁ
1870
JUAN BLANES

" A DESTRUIÇÃO CAUSADA PELA GUERRA" - 1880
CONSEQUÊNCIAS
PARAGUAI
: Destruição territorial e demográfica (300 mil mortes)
BRASIL, URUGUAI E ARGENTINA:
Aumento da dívida externa e da dependência inglesa.
INGLATERRA:
Aumento da influência sobre a América Latina e consolidação de sua hegemonia econômica na região.
CRESCIMENTO DA
MORAL
E DA IMPORTÂNCIA DO
EXÉRCITO BRASILEIRO
RESUMO
X
ORIBE ( URU);
ROSAS ( ARG.- BUENOS AIRES)
RIVERA (URU.);
BRASIL
*
;
URQUIZA (ARG.)
AGUIRRE( URU.);
SOLANO LÓPEZ
(PARAGUAI)
VENÂNCIO FLORES (URU.);
BRASIL
X
PROF. NUNES
PROF. NUNES
PROF. NUNES
PROF. NUNES
PROF. NUNES
PROF. NUNES
PROF.NUNES
PROF. NUNES
PROF. NUNES
PROF. NUNES
PROF. NUNES
PROF. NUNES
RESUMO
O PARAGUAI CONTAVA COM
77.000
SOLDADOS.
O URUGUAI COM UM AFETIVO DE
3.163
SOLDADOS.
A ARGENTINA COM EXÉRCITO DE
6.000
O BRASIL COM UM EFETIVO MILITAR DE

18.320
ENTRADA DE
DUQUE DE CAXIAS
Full transcript