Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Formação do Disco Embrionário Bidérmico e Gastrulação em Humanos

No description
by

Vanessa Cavalcante

on 27 February 2018

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Formação do Disco Embrionário Bidérmico e Gastrulação em Humanos

3ª Semana
Formação da Camada Bilaminar
Formação
Dra. Vanessa Cavalcante da Silva
Plano de Aula
Identificar e situar os principais acontecimentos envolvidos na formação do disco embrionário bidérmico.
Descrever os mecanismos envolvidos na formação da cavidade amniótica, âmnio, vesícula umbilical e saco coriônico.
Formação do Disco Embrionário Bidérmico
e Gastrulação em Humanos

Dia 8
2ª Semana
Dia 9
Dia 10
Dia 12
Dia 13
Dia 14
1ª Semana
Revisão
Dia 20
Bibliografia
Moore, Keith L.
Embriologia Básica / Keith L. More; T.V.N. Persaud; Mark G. Torchia
- 8ª Edição, Rio de Janeiro: Elsevier 2012

Sadler, Thomas W.
Langman Embriologia Médica / Thomas W. Sadler
- 11ª Edição, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan 2010

Schoenwolf, Gary.
Larsen Embriologia Humana / Gary Schoenwolf; S.B. Bleyl;
P.R. Brawer; P.H. Francis-West
- 4ª Edição, Rio de Janeiro: Elsevier 2009

Santos, LMP; Pereira, MZ.
Efeito da fortificação com ácido fólico na redução dos defeitos do tubo neural. Cad. Saúde Pública vol.23 n.1 Rio de Janeiro Jan. 2007.
Disco Embrionário Bidérmico
Gastrulação
do
e
em
Humanos
Revisão
2ª Semana - Dia 09
2ª Semana - Dia 10
2ª Semana - Dia 08
2ª Semana - Dia 13
2ª Semana - Dia 14
2ª Semana - Dia 12
Revisão
Dia 18
3ª Semana
Dia 21
Dia 20
Dia 18
Dia 21
Dia 16
Dia 18
Dia 15
Dia 16
Dia 18
Dia 21
Dia 18
Linha Primitiva
3ª Semana - Dia 16
Região caudal
Plano mediano
Área dorsal
3ª Semana
Formação das três camadas germinativas
Morfogênese: desenvolvimento da forma e estrutura de orgãos e partes do corpo
Gastrulação
3ª Semana - Dia 15
Formação das Três Camadas Germinativas
Destacamento das Células do Epiblasto
Adição de células à extremidade caudal
Formação do sulco primitivo
Crescimento da Linha Primitiva:
Proliferação Celular na Extremidade Cranial:
Nó primitivo
Fosseta primitiva
Formação das Três Camadas Germinativas
Células do Epiblasto
Mesoderma
Endoderma
Células Mesenquimais
Fibroblastos
Osteoblastos
Condroblastos
3ª Semana - Dia 16
Processo Notocordal e Notocorda
Migração de células mesenquimais do nó e foceta primitivos
Placa precordal:
organizador da região cefálica
Membrana orofaríngea
Futura cavidade oral

Membrana cloacal na região caudal
}
cranial
Processo notocordal
Fusão ectoderma + endoderma
Placa Precordal
Após degeneração, parte da notocorda persiste como o núcleo pulposo de cada disco intervertebral
Define o eixo do embrião
Base para o desenvolvimento do esqueleto axial
Indica a futura área dos corpos vertebrais
Induz a formação da placa neural
Medula Espinhal
Núcleo Pulposo
Disco Intervertebral
Medula Espinhal
3ª Semana - Dia 18
Processo Notocordal e Notocorda
3ª Semana - Dia 18
Placa Neural
Dia 17
3ª Semana - Dia 17
Neurulação : formação do tubo neural
Notocorda
Localização
3ª Semana - Dia 21
Fusão das Pregas Neurais
3ª Semana - Dia 20
Somitos
Diferenciação do Mesoderma
Mesoderma Paraxial
Mesoderma Intermediário
Mesoderma Lateral
Origina somitos que são corpos cubóides que aparecem ao lado do tubo neural em desenvolvimento
3ª Semana - Dia 18
Celoma
Surge como espaços pequenos e isolados
3ª Semana - Dia 20
Celoma Intraembrionário
Formação de uma cavidade única
3ª Semana - Dia 21
Celoma Intraembrionário
Mesoderma lateral
Somatoplaura + Ectoderma = Parede do corpo
Esplancnopleura + Endoderma embrionário = Parede do intestino
3ª Semana - Dia 18
Vasculogênese
Formação do sistema cardiovascular

Formação dos Vasos Sanguíneos

Estruturas
3ª Semana - Dia 18
Coração Primitivo
Linha primitiva
Processo notocordal

}
Mesoderma Cardiogênico
Coração
Grandes Vasos
Formado pela fusão de dois tubos revestidos por endotélio (Tubos cardíacos endocárdicos)
3ª Semana - Dia 21
A união do coração tubular aos vasos sanguíneos do embrião do pedículo de conexão, do córion e da vesícula umbilical formam o sistema cardiovascular primitivo
O sangue circula e o coração primitivo começa a bater no 21º ou 22º dia
Dia 21
Dia 16
3ª Semana - Dia 16
Vilosidades
3ª Semana - Dia 21
Vilosidades Terciárias
Capilares Visíveis
Vilosidades Tronco
Vilosidades Terminais
Capa Citotrofoblástica
Definir o processo de conversão do disco embrionário bilaminar em um disco trilaminar (gastrulação) e a importância do alantóide.
Descrever os mecanismos envolvidos na formação da linha primitiva, processo notocordal e notocorda
e suas implicações.
Objetivo I
Objetivo II
Objetivo III
Objetivo IV
Formação do Disco

Trofoblasto Diferenciado
Promoção da Implantação
Cavidade Amniótica
Amnioblastos
Âmnio
{
Formação do Mesoderma Extraembrionário
Surgimento de Lacunas no Sinciciotrofoblasto
}
Início da circulação
úteroplacentária
Embrião Completamente Implantado
Epitélio Endometrial (tampão ou coágulo)
Surgimento de Redes Lacunares
Epitélio Endometrial Regenerado
Redes Lacunares Proeminentes
Sinusoides
Mesoderma Extraembrionário
Fusão dos Espaços Celômicos
Formação do Celoma Extraembrionário
Consequências da Formação do Celoma Extraembrionário
Formação da Vesícula Umbilical Secundária

Rever os eventos gerais compreendidos entre a fertilização e a implantação do concepto.
Citotrofoblasto
Sinciciotrofoblasto
Durante o segundo mês do desenvolvimento o celoma será dividido em:
Embrionário Bidérmico
Como se dá a nutrição embrionária?
Glândulas tortuosas (muco e glicogênio)
Tecido conjuntivo (glicogênio e lipídeos)
Degeneração de células deciduais
Vesícula umbilical primária (dará origem a vesícula umbilical secundária)
Saco coriônico
Surgimento das Vilosidades Coriônicas Primárias
Pedículo de Conexão
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Modificada de Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Modificada de Moore, 2012
Modificada de Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Canal Notocordal
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
www.herniadedisco.com.br/doencas-da-coluna/protusao-discal/
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Diferenciação das células da crista neural
Espinha bífida
Anencefalia
Moore, 2012
Moore, 2012
www.saudefamilia.com/espinhabifida/
Moore, 2012
Originam:
Moore, 2012
Moore, 2012
Sangue materno
Embriotrofo (difusão)
Moore, 2012
Mesoderma Paraxial
Mesoderma Intermediário
Mesoderma Lateral
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Moore, 2012
Defeito no tubo neural
Mesoderma
Apoptose
Enzimas proteolíticas
Hipoblasto
Membrana exocelônica ou Membrana de Heuser
{
Epiblasto
Expansão do Sinciciotrofoblasto
Mitose no citotrofoblasto
Hormônio gonadotrofina coriônica
Teste de Gravidez
http://www.pregnancywyze.com/
Embrião
Moore, 2012
32 dias
Camada Bilaminar Disco Bidérmico
Crescimento
Espaços celômicos extraembrionários
Vasos endometriais terminais com paredes delgadas maiores que capilares comuns
Primórdios dos espaços intervilosos da placenta
esplâncnico extraembrionário
somático extraembrionário
Ectoderma
Mesoderma
Endoderma
Linha Primitiva
Notocorda
Origem
Induz ectoderma sobrejacente à formar a placa neural
Cefalicamente ao nó primitivo
Dorsalmente à notocorda e ao mesoderma
Formação do tubo neural (processo celular complexo e multifatorial)
Gânglios espinais
Gânglios do sistema nervoso
Bainhas dos nervos periféricos
Pia-mater
Aracnóide
Linha primitiva
em embrião de galinha
Mesoderma lateral
Mesoderma cadiogênico
Camada somática ou parietal (somatopleura)
Camada esplâncnica ou visceral (esplancnopleura)
Esqueleto axial
Músculos associados
Derme da pele adjacente
Necessidade crescente de oxigênio e nutrientes
a partir da circulação materna
Diferenciação das células mesenquimais
(precursoras de celúlas endoteliais ou angioblastos)
Ilhotas sanguíneas
Cavidades
Canais endoteliais
Córion
Mesoderma extraembrionário da visícula umbilical
Pedículo de conexão
Migração das Células Mesenquimais
Coração Primitivo
Formação das Vilosidades Secundárias:
Mesênquima penetra as vilosidades primárias
Vilosidades secundárias recobrem o saco coriônico
Vesícula umbilical humana (não tem vitelo)
Papel na transferência seletiva de nutrientes
Cordão umbilical
Crescimento de células citotrofoblasticas no sinciciotrofoblasto
Induzido pelo mesoderma somático extraembrionário
Placa Neural
Celoma Intraembrionário
Moore, 2012
Células mesenquimais da linha primitiva e processo notocordal
Mesoderma cardiogênico
Moore, 2012
Vilosidades que se prendem ao tecido materno
Derivam das vilosidades tronco (maior parte das trocas)
Proliferação de células citotrofoblásticas que se estedem através do senciciotrofoblasto, envolve o saco coriônico e se prende ao endométrio
Somitos
Vasculogênese
Coração Primitivo
Vilosidades Coriônicas
Ectoderma
Característica: longa e larga
Sulco neural
Pregas neurais
Origina o sistema nervoso central e retina
Placa Precordal
Cavidade Pericárdica
Cavidade Peritonial
Cavidade Pleural
www.medicinariatrica.com.br
tabanikadepayalvo.blogspot.com.br
www.imaios.com
Recaptulação - 3ª Semana
Placa Neural
Moore, 2012
Origina o sistema nervoso central e retina
Diferenciação
do
Mesoderma
Células do Epiblasto
Formação
da
Linha Primitiva
Base para o desenvolvimento do esqueleto axial
Notocorda
Ectoderma,
Mesoderma
Endoderma
Diferenciação das células mesenquimais
Vasculogênese
Somitos
Induz a formação da placa neural
Esqueleto Axial
Recaptulação - 2ª Semana
Moore, 2012
Hipoblasto
Epiblasto
Camada Bilaminar
Formação da Camada Bilaminar
Extraembrionário
Formação da Vesícula Umbilical Secundária
Formação de Lacunas e Redes Lacunares
Saco Coriônico
Disco Bidérmico
Formação
do Celoma
Córion
Derivados das Três Camadas Germinativas
Full transcript