Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Barroco francês e Rococó

No description
by

Wagner Bôa Morte

on 23 September 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Barroco francês e Rococó

Barroco francês e Rococó
O barroco foi um período da história cultural do ocidente originado como uma nova forma de conceber a arte. Como sabemos, nasceu em Roma, mas, posteriormente, se espalhou por toda a Europa. Floresceu principalmente nos países católicos, tendo, portanto, grandes laços com a Contrarreforma religiosa. Já o barroco dito protestante, foi explorado por artistas na Bélgica e Holanda. Na França, ficou à serviço da monarquia. Desenvolveu-se primeiramente nas artes plásticas e depois se manifestou na literatura, no teatro e na música.
Arquitetura
Formas dinâmicas, exuberante decoração e um sentido cenográfico das formas e dos volumes.
Itália
França
Espanha
Escultura
Adquiriu o mesmo caráter dinâmico, sinuoso, expressivo e ornamental.
Apolo e Dafne
San Andrés
Milión de Crotona
São João Batista
Pintura
O precursor do barroco foi Michelangelo.
Composição assimétrica, em diagonal, que se revela num estilo grandioso, monumental, retorcido, substituindo a unidade geométrica e o equilíbrio da arte renascentista.
Acentuado contraste de claro-escuro (expressão dos sentimentos)/ luz-sombra , recurso que visava intensificar a sensação de profundidade e volume das obras.
Escolha de cenas no seu momento de maior intensidade dramática.
Os temas eram variados: religiosos, mitológicos, pinturas de gênero, naturezas-mortas, marinhas e na forma de retratos.
A pintura barroca está relacionada com a Contrarreforma e o renascimento católico.
Rococó
Movimento artístico nascido na França entre os anos de 173O e 1760.
As principais características do barroco estão presentes nesta fase, como as curvas e o excesso de detalhes decorativos.
Visto por muitos como a variação "profana" do barroco, surge a partir do momento em que o barroco se liberta da temática religiosa e começa a incidir-se na arquitetura de palácios civis, por exemplo.
Literalmente, o rococó é o barroco levado ao exagero.
O rococó é também conhecido como o "estilo da luz" devido aos seus edifícios com amplas aberturas e sua relação com o século XVIII.
Na França é chamado estilo Luis XV e Luis XVI.

Era mais leve e intimista do que o estilo barroco.
Gosto pelas cores luminosas, suaves e claras, tons pastéis e o dourado.
Representação de alegorias.
Possui leveza na estrutura das construções.
Unificação do espaço interno, com maior graça e intimidade.
Texturas suaves.
O rococó se desenvolveu no Brasil no mesmo período em que a extração do ouro começava a diminuir. Assim sendo, os artistas começaram a utilizar cores mais leves, como o branco e tons claros de rosa e azul substituindo o dourado.
Quanto aos temas, predominam as formas inspiradas na natureza, na mitologia, na beleza dos corpos desnudos, na arte oriental e nos temas galantes e amorosos.
Representação da vida profana da aristocracia.
Arquitetura
O interior será um lugar de fantasia e colorido. As fachadas se caracterizam pela simplicidade.
Pintura
Artes decorativas é conhecida como pintura Galante, e não como pintura rococó. Como já sabemos, cores claras e delicadas, assim como as formas curvilíneas decoram as telas com querubins e mitos do amor.
Escultura
É considerada uma das jóias do rococó francês.
Características
Jean-Baptiste-Siméon CHARDIN
Tornou-se um dos mais célebres pintores do barroco francês do século XVIII.
Emoção x razão renascentista;
Sua importância para a pintura francesa – devido a ter retratado em suas obras os costumes da época e muita natureza-morta, com obras simples, mas carregadas de emoção.
Não há qualquer sugestão da alegria rococó em seus quadros.
Começou por produzir naturezas-mortas de animais e frutas.
A obra de Chardin é representante do estilo rococó; há rebuscamento e requinte, características da arte oficial da aristocracia do século XVIII. Um princípio ideológico dos mecenas aristocráticos, grandes consumidores desse estilo na época, era o uso da arte para diferenciá-los da classe burguesa e da massa popular. Assim, as cenas retratavam o universo da nobreza, seus hábitos, seu dia-a-dia, seus valores. A cena representada por Chardin nos mostra uma jovem que é submetida aos ensinamentos, que iam da literatura ao bom comportamento. Na obra, prevalece o equilíbrio assimétrico, fato decorrente da maior concentração de elementos visuais e, sobretudo, pela luz à esquerda, que resulta em área de grande peso visual. O artista segue a tendência do estilo, pois valoriza o ambiente e a aura de sobriedade distinta da nobreza de modo objetivo.
Próxima da estética barroca pela expressão plástica, mas igualmente oposta a ela pelas novas formas, objetivos e materiais, a escultura deste período apresenta características inovadoras.
Continuando a apreciar e a acentuar as linhas curvas e contracurvas, os escultores do rococó tornaram-nas mais delicadas e fluídas, organizadas em estilizados esses(S), em expressivos cês (C) ou ainda em contra-curvas.
Na figura humana, utilizaram o cânone anatômico maneirista, de corpos alongados e silhuetas caprichosas, e procuraram conferir-lhe leveza e graciosidade nos gestos, nas atitudes e nas posições, em tudo galantes, cortesãs ou lânguidas, nos grupos escultóricos, as composições possuíam movimento e ritmo (algumas personagens parecem quase dançar) e um elevado sentido cênico, fazendo enquadramento perfeito da escultura com o cenário a ela destinado.
2º ano - Ensino Médio
Aprofunde seus conhecimentos (vídeos)
Vídeo - Barroco
Palácio de Versalhes
Full transcript