Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

"Os fins e os meios. Que ética para a vida Humana."

No description
by

tânia almeida

on 20 January 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of "Os fins e os meios. Que ética para a vida Humana."

"Os fins e os meios. Que ética para a vida Humana."
A ética é construída por uma sociedade com base nos valores históricos e culturais. Do ponto de vista da Filosofia, a Ética é uma ciência que estuda os valores e princípios morais de uma sociedade e seus grupos.
Códigos de ética
Cada sociedade e cada grupo possuem seus próprios códigos de ética. Num país, por exemplo, sacrificar animais para pesquisa científica pode ser ético. Em outro país, esta atitude pode desrespeitar os princípios éticos estabelecidos.
A ética em ambientes específicos
Além dos princípios gerais que norteiam o bom funcionamento social, existe também a ética de determinados grupos ou locais específicos.

Neste sentido, podemos citar:

Ética médica;
Ética profissional (trabalho);
Ética empresarial;
Ética educacional;
Ética nos desportos;
Ética jornalística;
Ética na política;
etc.
Definição de ética
O termo ética deriva do grego ethos (carácter, modo de ser de uma pessoa).

Ética é um conjunto de valores morais e princípios que norteiam a conduta humana na sociedade.

A ética serve para que haja um equilíbrio e bom funcionamento social, possibilitando que ninguém saia prejudicado. Neste sentido, a ética, embora não possa ser confundida com as leis, está relacionada com o sentimento de justiça social.
Antiética
Uma pessoa que não segue a ética da sociedade a qual pertence é chamada de antiético, assim como o ato praticado.


Exemplos éticos e não éticos
No trabalho:

Éticos:
- Educação e respeito entre os funcionários;
- Cooperação e atitudes que visam à ajuda aos colegas de trabalho;
- Divulgação de conhecimentos que possam melhorar o desempenho das actividades realizadas na empresa;
- Respeito à hierarquia dentro da empresa;
- Busca de crescimento profissional sem prejudicar outros colegas de trabalho;
- Ações e comportamentos que visam criar um clima agradável e positivo dentro da empresa como, por exemplo, manter o bom humor;
- Realização, em ambiente de trabalho, apenas de tarefas relacionadas ao trabalho;
- Respeito às regras e normas da empresa.


Não éticos:


- Impontualidade
- Apresentação inadequada
- Postura antiética
- Fofocas
- Mentiras
- Usar informática para fins pessoais
- Assédio moral e sexual
- Desequilíbrio emocional





Desporto

Éticos:
- Fair-play
- Respeitar as regras
-Respeitar os jogadores
-Respeitar os árbitros
-Respeitar os treinadores

Não éticos:
- Cometer faltas de prepósito
- Simular quedas ou faltas



Medicina

Ética:
- Competência exclusiva da ordem dos médicos
- A justiça
- A autonomia
- Sigilo médico

Não ética:
- Receber por ato médico do qual não participou
- Encaminhamento de pacientes uns para os outros sem indicações precisas
- Prescrição de receitas médicas sem nenhum contacto com o paciente
- o médico permitir que outra pessoa não médica receitar medicamentos no lugar dele.






Consequências da falta de ética no desporto
É neste momento que entra o conceito de “Fair-Play” como uma extensão do conceito de ética desportiva. Este significa, numa tradução linear para português, jogo limpo, sendo muitas vezes entendido também como Desportivismo e Espírito Desportivo. Tido como um dos valores a impor na prática desportiva por contraposição ao conceito de “vitória a qualquer custo”, os mais altos responsáveis mundiais e europeus na área de Desporto têm-se preocupado em fomentar os valores do respeito e da lealdade inerentes ao “fair-play” entre todos os agentes envolvidos na prática desportiva. O “Fair-Play” significa muito mais do que o simples respeitar das regras, representa noções de amizade, de respeito pelo outro, e de espírito desportivo, um modo de pensar, e não simplesmente um comportamento. O conceito abrange a problemática da luta contra a batota, a arte de usar a astúcia dentro do respeito das regras, o doping, a violência (tanto física como verbal), a desigualdade de oportunidades, a comercialização excessiva e a corrupção. O “Fair-Play” é um conceito positivo.
Futebol é "Fair-Play"

O Futebol é um desporto competitivo, onde o objectivo é derrotar a oponente, por forma a obter a glória, o reconhecimento da superioridade frente aos adversários, mas também o respeito dos adeptos, dos media, dos patrocinadores, dos organizadores e de todos os públicos que constituem o global do futebol.
Contudo, o respeito também se conquista com comportamentos responsáveis de todos, respeitadores das regras do jogo, cumpridores das regras básicas do comportamento humano e de uma correcta conduta cívica. É um facto que o futebol é praticado com constante contacto físico entre os jogadores, e que por vezes as lesões acontecem. Mas jogar duro não é jogar violento. Os jogadores sabem que terão de ser eles os primeiros a solicitar ou provocar uma interrupção do jogo perante uma lesão quer ela seja de um colega de equipa, quer seja de um colega da equipa adversária, por forma a garantir assistência em tempo útil que não ponha em causa a integridade física de jogador lesionado. E sabem que não devem procurar tirar partido de uma vantagem pouco legítima, como a da lesão de um opositor.

A esta atitude cívica por parte dos atletas e equipas, a esta lógica de comportamento e atitude no campo por parte todos os actores de futebol tem-se designado de “Fair-Play, e esta forma de viver o desporto tem vinda a ser promovida em todo o mundo em todas as grandes competições, em todos os grandes palcos de futebol. Porque sem desportivismo não há verdadeiramente desporto.
Ética no Comércio
A publicidade é uma actividade profissional dedicada á difusão publica de ideias associadas a empresas, produtos ou serviços, especificamente, publicidade comercial.
Publicidade
Clientes
Informação correta sobre os serviços que prestam, as suas características técnicas, a assistência pós-venda, os preços e as condições de pagamento, quer se trate de comércio e serviços tradicionais, quer de transacções e prestações de serviços através de Comércio Eletrónico.
Não ética no comércio
O Código de Defesa do Consumidor defende o consumidor contra a publicidade enganosa e publicidade abusiva.
A publicidade enganosa é aquela que apresenta conteúdo (completo ou parcial) falso, ou que mesmo por omissão, induz o consumidor ao erro ou a situações de prejuízo material e moral.
Publicidade enganosa
Publicidade abusiva
A publicidade abusiva apresenta caráter discriminatório, seja racial, social, económico, e que tire alguma vantagem sobre superstições, deficiências jurídicas de um indivíduo ou grupo, e leve o consumidor a prejudicar a sua saúde e segurança.
Multa de 45 mil euros por publicidade enganosa
Empresa Arcashop
- Valência, Espanha

Vende produtos por correspondência, como cremes e artigos domésticos, tendo sempre como isco um prémio em dinheiro. Mas o cheque nunca chega e os artigos são de fraca qualidade, queixam-se os clientes.

A forma de actuação consiste em fazer um cerco ao potencial cliente, enviando cartas sucessivas que o fazem acreditar que só não receberá 7000/8000 euros, um televisor ou um computador se não quiser. "Apenas" é preciso fazer uma encomenda e quanto maior é a factura a pagar mais probabilidades tem de ganhar.
Publicidade
A falta de pleno conhecimento e profissionalismo, faz com que as atividades de publicidade e propaganda não venham a considerar os princípios éticos de “jamais lançar mão da mentira”; jamais disseminar a desonestidade e o vício”

A ausência de informações verídicas nas ações de publicidade e propaganda para o turismo leva à motivação de uma viagem ou à escolha de determinado produto ou serviço com base em desejos ou expectativas que não serão satisfeitas pelo turista.
Consequências da falta de ética no comércio
Fornecedores
As empresas do Setor devem manter uma relação de parceria leal e amigável com os seus fornecedores, baseada em regras que assegurem uma justa partilha de benefícios e das responsabilidades da cadeia de valor em que operam.
Ética no trabalho
Código de ética no trabalho
1.Ser honesto e digno em qualquer situação;
2.Nunca fazer nada que não possa assumir perante a sua equipa;
3.Ser humilde, tolerante e disposto a ouvir críticas e sugestões:
4.As criticas e sugestões devem ser feitas frente a frente à pessoa a quem se refere;
(...)
9.Dar crédito a quem merece,sem nunca aceitar comentários e elogios;
10.Ao errar deve-se reconhecer mas sem exageros.
Exemplos de ética no trabalho
Utilização do telefone
Utililização de e-mail
Comportamento em reuniões
Fofocas no corredor
Relacionamentos entre colegas
Assédio moral
Trabalho realizado por:
Ana Azevedo nº 2
Joaquim Cerqueira nº 5
Tânia Almeida nº8
Full transcript