Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

REGIONALIZAÇÃO MUNDIAL - ÁSIA

AULA 18 - REVISÃO
by

Eduardo Calestini

on 6 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of REGIONALIZAÇÃO MUNDIAL - ÁSIA

Prof:. EDUARDO CALESTINI
ÁSIA
Vasta extensão longitudinal (11 fusos);
Vasta extensão latitudinal (altas/baixas latitudes);
Variação climobotânica (polar ao equatorial);
Destaque para os extensos e elevados planaltos (PAMIR - "telhado do mundo" - TIBETE - Cordilheira do Himalaia);
Planaltos: Mongólia, Arábia, Irã, Decã, Siberiano, Anatólia;
Planícies aluviais: Siberiana, Indo-Gangética (vales e deltas muito importantes - fertilidade), Chinesa e Manchúria (solo de loess - ação dos ventos), Indochina, Mesopotâmia;
Grandes depressões absolutas ( Mar de Aral, Cáspio, Morto)
DIVERSIDADE NATURAL
Himalaia - encontro entre placa indo-australiana e euro-asiática-dobramentos e desaparecimento do Mar de Tétis (conchas no cume do Everest);
Diferença entre Himalaia e Andes (choque é o mesmo, mas no Himalaia as placas são continentais e nos Andes uma é continental e outra oceânica);
Anel de fogo do Pacífico
Formação do Himalaia e Anel de fogo
60% da população e 36% de recursos hídricos;
Rios de regime misto (nival e pluvial): Ganges , Indo, Yang-Tse-Kiang, Huang-Ho (solo de loess), Mekong, Lenissei e Ob (congelamento - inundações verão), Tigre e Eufrates.
O desastre ambiental do Mar de Aral (utilização para irrigação - perda de 75% de suas águas - salinização e contaminação)
HIDROGRAFIA
MONÇÕES ASIÁTICAS
3400 ilhas;
4 ilhas principais: Honshu, Hokkaido, Kyushu e Shikoku
Relevo montanhoso - forças orogênicas recentes (vulcões e terremotos);
20% planícies e planaltos - altamente povoados;
O solo é fértil (vulcânico) - pobre em RN;
O Clima é Temperado Frio ao Norte e Subtropical no Centro-Sul, devido a latitude (Zona Temperada do Norte). Sofre influências das correntes marítimas Oyashivo (ou Curilas) que passa no norte e é fria, e da corrente Kuroshivo (do Japão) ao sul, que é quente.
A vegetação é formada de 50 a 72 % de floresta de coníferas.
BAIU (maio a junho -começam com pequenos chuviscos e transformam-se em grandes tempestades) &TAIFUS (tufões - sul Shikoku)
JAPÃO


* O Predomínio de montanhas limita a agricultura às planícies do litoral e ao uso de Técnicas como Jardinagem, Polderização (avanço de aterros sobre o mar) e terraceamento. Os produtos cultivados são: Trigo no norte; Chá, Arroz, Algodão, Amoreiras (para criação do Bicho da Seda) no Centro Sul.

* A Pesca é uma forte atividade japonesa, tanto a predatória quanto a piscicultura. O Peixe e frutos do mar são os alimentos básicos da população.
Quadro Econômico do Japão
* A Tecnologia vem transformando a indústria desse país. A introdução da robótica em larga escala trouxe mais competitividade aos seus produtos, ao mesmo tempo em que proliferaram as indústrias High-Tech, tais como de Biotecnologia, Informática, Micromecânica e Microeletrônica com uma maior distribuição espacial em áreas até então tomadas por atividades tradicionais.

* Há muitos Tecnopólos – centros que concentram indústrias de tecnologia avançada e centros formadores como Universidades, Locais de Pesquisa e Desenvolvimento entre outros.
Quadro Econômico do Japão


* Fim do Xogunato e início da Era Meiji (ESTADO) incentivo à abertura de fábricas, educação, ferrovias; criou-se o Banco de Tóquio, a moeda Yen. Grandes grupos industriais/econômicos familiares no poder - Zaibatsus.

*Disputa pela Coréia (Fe e Carvão) - ocupa a Manchúria na China (minérios) - vitória contra a Rússia;

* Após a 2ª Guerra Mundial - financiamento dos Estados Unidos, pois o Japão tinha mão de obra numerosa e barata, com produção voltada à exportação e formação dos tecnopólos. (investimento em educação e tecnologia - poupança interna)

* Cria inovações tecnológicas com produtos de maior valor agregado; o país vive a era da robotização e informação e programas de qualidade e "Just in Time" (para maximizar os lucros) – Toyotismo.

* Durante a década de 90 grande crise econômica - excesso de capitais - investimento na bolsa e no mercado imobiliário - aumento irreal de preços e quebra do setor bancário.
JAPÃO INDUSTRIAL
Influência na zona dos tigres asiáticos e os novos tigres;
Boas relações com China e grande preocupação com o avanço econômico chinês;
Disputa territorial (nacionalização de ilhas particulares) com a China pelas ilhas Senkaku/Diaoyu (recursos pesqueiros, possíveis jazidas de gás e petróleo) - protestos antijaponeses nas cidades chinesas e atentados a fábricas japonesas na China;
Dependência de gás natural e petróleo da Rússia - permanecem litígios territoriais com a Rússia;
Dependência da proteção bélica americana e manuenção de relações comerciais com países com quem já travou seus principais conflitos.
GEOPOLÍTICA JAPONESA
ÍNDIA
Formação da península indiana (Indo-Australiana Vs Euro-asiática);
Himalaia (Indiana Vs Euro-asiática);
Rios Indo e Ganges (Himalaia);
Planícies - sedimentação trazida pela água dos rios, chuvas e gelo (Himalaia) em direção ao sul;
inundações dos rios Indo e Ganges (lama e húmus);
Planalto do Decã (Fe e Mn)
Aspectos Naturais
O controle inglês;
A importância de Mahatma Gandhi (não pagamento de impostos e boicote as mercadorias inglesas - pacifismo);
muçulmanos minoria (24%) exigiam uma pátria separada dos hindus (massacres e confrontos)
Migração para a região noroeste (Paquistão);
Disputas fomentadas pelos ingleses;
Caxemira (Paquistão e Índia e após Índia e China - disputa por fronteiras);
Punjab - Indianos e Sikhis (formação do Kalistão)
A Índia e o processo de independência
Ingleses construíram extensas redes de ferrovias que ligavam as zonas produtivas (plantation) até os portos;
Concentração fundiária durante a colonização;
ISI - Estado protegia a indústria nacional;
Modelo não se sustentou devido as diferenças entre as políticas econômicas internas e externas (crescimento industrial gerou necessidade do aumento de importações - maquinário e recursos energéticos - ao mesmo tempo produção nacional não conseguia concorrer com o mercado externo - déficit na balança comercial)
Crise do petróleo e elevação dos juros da dívida externa;
FMI - adesão plano de reajuste estrutural (privatizações);
70% da população é rural - pequenos proprietários e extrema pobreza;
ZPE (Zona de processamento de Exportações) - além da subvalorização da rúpia e baixo custo da mão-de-obra.
ECONOMIA INDIANA
Não alinhados as superpotências na Guerra Fria;
Entretanto, aproximação da URSS (apoio para industrialização - a Índia não aceitava que sua indústria de base fosse particular, a URSS tinha o modelo estatal - A presença chinesa de Mao Tse-Tung - URSS tinha interesse no potencial energético indiano hidrelétrico e mineral);
modelo sem reflexos para a grande maioria miserável indiana;
1980 crise URSS - abertura econômica - mão de obra barata e qualificada (matemática e Ciências);
Bengalore - indústria de softwares e TI;
Indústria farmacêutica (genéricos - maior exportador mundial);
Naval, mecânica, química, petroquímica, siderurgia, petrolífera, extração de minérios, entre outras;
Bollywood - supera a indústria americana em número de filmes;
INDÚSTRIA INDIANA
Poucos recursos técnicos da maioria dos agricultores;
Agricultura de jardinagem;
Grande concentração de terras;
Autosuficiencia alimentar e a questão da Revolução Verde;
Fome e subnutrição
Monoculturas (Chá, algodão, café, juta e cana-de-açúcar - mãos de estrangeiros)
AGRICULTURA INDIANA
CHINA
REGIÕES CHINESAS
3° maior país do mundo - dividido em 5 grandes regiões e 2 Regiões Administrativas Especiais
- Manchúria Interior (NE) Extensas planícies sedimentares, intensa atividade agrícola (trigo/carvão) - complexos siderúrgicos (poluição ambiental);
- Mongólia Interior - deserto de Gobi (continentalidade) população nômade e a econômia é de pastoreio. Nos últimos anos projetos de irrigação foram implantados pelo Estado chinês com o objetivo de aliviar áreas extremamente ocupadas;
- Sin Kiang - planaltos áridos, população nômade, rica em petróleo e gás natural, conflitos separatistas (UIGURES);
- China do Leste - as planícies orientais concentram mais de 70% da população chinesa. Destaque para o solo de loess no rio Amarelo (arroz), o rio Azul (grande potencial hidrelétrico - 3 gargantas) e o rio das Pérolas (Zhu Jiang). Predomina o clima de monções;
- Tibete - Grande cadeia de montanhas (Himalaia) extremamente frio (frio de montanha), nascente dos principais rios chineses, conflitos separatistas
PARTE FÍSICA
Relevo Escada (leste para oeste);
Vegetação (florestas temperadas (NE), tropicais (SE), desertos (CO), semiárido (O), estepes (NO), montanhas elevadas (SO);
5 Rios principais: Amarelo, Azul, Brahmaputra, Mekong, SinKiang - grande concentração populacional;
CHINA ANTIGA
Quintal do mundo (seda, porcelanas e especiarias);
Ex: Portugueses - Macau, Ingleses - Hong Kong;
Comércio de Ópio (produzido na Índia e vendido na China);
Guerras do Ópio - abertura dos portos e concessão de Hong Kong (Tratado de Nanquim);
Invasões japonesas - Manchúria (início do séc XX);
Partido Nacionalista e Partido Comunista (partidos rivais e união para expulsão japonesa);
Vitória do PCC - socialismo
Refúgio para Ilha de Formosa (Taiwan - Rep. China - apoio americano e inglês, adotaram o capitalismo);
A CHINA DE MAO A DENG
A China desde 1949 recebe ajuda da URSS (planos quinquenais - industria de base e ferrovias);
China pretendia obter armas nucleares - URSS negava; morte de Stalin e rompimento das relações;
Comunas populares (coletivização da agricultura e da economia) - "Grande Salto para a Frente";
Desorganização da produção - grandes impactos ambientais (solo, pragas, contaminação de rios, desertificação) = "Grande Fome" (1959/61);
Revolução Cultural;
Morte de Mao Tse Tung;
A entrada de Deng Xiaoping (4 modernizações: Indústria, Agricultura, Ciência e Defesa Militar);
1 país, 2 sistemas ( ZEE - entrada de capital e tecnologia estrangeira, elevação dos níveis de consumo da população e bolsa de valores de Pequim)
fim das comunas - início da produção privada (aumento da produção) ;
Grande exôdo rural (hoje 50% da população vive nas cidades) - problemas no Hokou - desruralização chinesa.
Controle de natalidade
GEOPOLÍTICA CHINESA
O massacre da Praça Paz Celestial (morte de vários estudantes);
A devolução de Hong Kong (1997) - permanencia do capitalismo até 2047;
A devolução de Macau (1999) - Las Vegas asiática;
A questão do Tibete;
A questão de Taiwan;
Dongtan a cidade ecológica chinesa
RÚSSIA
Revolução Socialista de 1917;
PC aboliu a propriedade privada e controlou os organismos de Estado;
Economia planejada e industria de base próximas as fontes de matérias-primas (combinats - cadeias produtivas , como aço e carvão - ex: Donbass, na Ucrânia);
formação de complexos agroindustriais (Linho/indústria têxtil em Belarus, uva/vinho na Moldova, agricultura irrigada no Cazaquistão e Turcomenistão;
Indústria bélica era o único setor que URSS competia com os EUA (4% PIB);
Corrida espacial
CARACTERÍSTICAS DA URSS
Fim da URSS e o desenvolvimento econômico russo
Problemas sociais (ex:filas para abastecimento);
Glasnost e Perestroika;
Alguns inegáveis feitos do socialismo soviético;
Tratado de Minsk, 1991 (CEI) - problema (países bálticos: LLE );
CEI, o domínio Russo e o alto preço cobrado pelo gás;
Grande exportadora de produtos primários (40% petróleo e gás natural) e metalúrgicos ( Al e produtos minerais - 30%);
Brasil exportação de produtos agropecuários para a Rússia;
Agricultura (cereais) - questão de terras (privado e público de origem soviética);
Xenofobia na Rússia;


Entre as principais mudanças na economia chinesa destacam-se:
1.Introdução controlada de lucros nas empresas;
2.Adoção de salário diferenciado;
3.Permissão de capital e tecnologia estrangeiros;
4.Ampliação das trocas comerciais;
5. Concessão de autonomia às empresas estatais;
6. Aquisição de modernas tecnologias de produção;
7. Elevação dos níveis de consumo da população;
8. Criação da Bolsa de Valores de Pequim;
9. Restabelecimento parcial da propriedade privada na agricultura.

POLÍTICA DE PORTAS ABERTAS - 1984
Full transcript