Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Organelas Citoplasmáticas

biologia
by

Daniel Pereira

on 11 February 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Organelas Citoplasmáticas

O citoplasma das células eucariontes contém inúmeras bolsas e tubos
cujas paredes têm uma organização semelhante à da membrana plasmática.
Essas estruturas formam uma complexa rede de canais interligados, conhecida
pelo nome de retículo endoplasmático, que pode ser de dois tipos:
Rugoso (granular) e liso (agranular).
Retículo Endoplasmático


é formado por tubos membranosos lisos, sem ribossomos aderidos. Suas principais funções são: síntese de diversos lipídios, como o colesterol; hormônios esteróides e fosfolipídios. E no Retículo Endoplasmático liso que também ocorre o processo de desintoxicação das células.
Retículo Endoplasmático liso:
também chamado de ergastoplasma, é formado por bolsas membranosas achatadas, com grânulos – os ribossomos – aderido à superfície externa. Sua principal função, graças aos ribossomos presente, é a síntese de proteínas.
Retículo Endoplasmático rugoso:

O citoplasma das células eucariontes contém inúmeras bolsas e tubos cujas paredes
têm uma organização semelhante à da membrana plasmática. Essas estruturas
formam uma complexa rede de canais interligados, conhecida pelo nome de retículo endoplasmático, que pode ser de dois tipos: Rugoso (granular) e liso (agranular).
Retículo Endoplasmático:
é formado por tubos membranosos lisos, sem ribossomos aderidos. Suas principais funções são: síntese de diversos lipídios, como o colesterol, hormônios esteróides e fosfolipídios. É no RE liso que também ocorre o processo de desintoxicação das células.
Retículo Endoplasmático Liso:

também chamado de ergastoplasma, é formado por bolsas membranosas achatadas, com grânulos – os ribossomos – aderido à superfície externa. Sua principal função, graças aos ribossomos presente, é a
síntese de proteínas.
Retículo Endoplasmático Rugoso:
ele está presente em praticamente todas as células eucariontes. O complexo de golgi atua como centro de armazenamento, transformação, empacotamento e remessa de substâncias na célula, além de atuar na secreção do ácido pancreátil, na produção de polissacarídeos, na produção de lipídios, na secreção de enzimas digestivas, formação da lamela média em células vegetais, formação do lisossomo e na formação do acromossomo do espermatozóide.
O aparelho de Golgi desempenha papel fundamental na eliminação de substâncias úteis ao organismo, processo denominado secreção celular.
Aparelho de Golgi
em grego: lise, quebra, destruição. São bolsas membranosas que contêm enzimas capazes de digerir diversas substâncias orgânicas. Os lisossomos estão presentes em praticamente todas as células eucariontes. Uma das funções dos lisossomos é a digestão intracelular. Outra função do lisossomo é a autofagia (do grego: auto, próprio e phagin: comer), é o processo pelo qual as células digerem partes de si mesmas, com o auxílio de seus lisossomos. Além das funções citadas, os lisossomos têm como função a citólise ou autólise, que o processo pelo qual a célula toda é digerida.
Lisossomos
elas são organóides celulares – presentes nos eucariontes – delimitadas por duas membranas lipoprotéicas. A membrana externa é lisa, e a interna apresenta inúmeras pregas, chamadas cristas mitocondriais, que se projetam para o interior da organela. Entre as cristas há uma solução chamada matriz mitocondrial. Essa solução viscosa é formada por diversas enzimas, DNA, RNA, pequenos ribossomos e outras substâncias. A mitocôndria é a organela onde ocorre a respiração celular.
Mitocôndrias
Vacúolos
os vaúolos digestivos são a fusão de fagossomos e pinossomos com o lisossomo. E os vaúolos Existem dois tipos: Vacúolo Contráteis: presentes nos protozoários de água doce. E os Vacúolo de Suco Celular: é característico das células vegetais.
Peroxissomos
são bolsas membranosas que contêm alguns tipos de enzimas digestivas, semelhantes aos lisossomos, como a catalase, que transforma o H2O2 (água oxigenada, formada na degradação dos aminoácidos e das gorduras) em H2O (água) e O2 (oxigênio).
Além disso, os peroxissomos também atuam no processo de desintoxicação das células.
Centríolos
esse citoplasma é encontrado nas células animais. Eles têm duas funções: na divisão celular das células animais e na formação de cílios (estruturas curtas e numerosas) e flagelos (estrutura longa e em pequeno número), pelo corpo basal, que servem para a locomoção ou para a captura de alimento.
Cloroplastos
são delimitados por duas membranas lipoprotéicas. Nas membranas internas do cloroplastos estão presentes os fotossistemas, cada um deles constituídos por algumas moléculas de clorofila, reunidas de modo a formar uma microscópica antena captadora de luz. Nos cloroplastos ocorre a fotossíntese.
Ribossomos
Presentes em todos os seres vivos são grãos formados por ácido ribonucléico e proteínas. A principal função dos ribossomos é a síntese das proteínas, ou seja, é através dele que os aminoácidos se conciliam para produzir as proteínas.
Full transcript