Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Sobrevivendo ao apocalipse zumbi

Ícones da cultura pop, os zumbis estão ficando cada vez mais famosos, mas poucos sabem mais do que a mídia mostra.
by

Rodrigo Oliveira

on 9 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sobrevivendo ao apocalipse zumbi

Ícones da cultura pop, os zumbis estão ficando cada vez mais famosos, mas poucos sabem mais do que a mídia mostra. Sobrevivendo ao apocalipse zumbi Histórico Apocalipse Tipos de zumbi Derivado de Zombi, outro nome do deus-serpente da religião Vodu, Iwa Danballah Wedo. No original, Nzambi ou Nzumbi, do Kikongo (língua do antigo reino do Congo, atual Angola e República do Congo), que significa divindade ou espírito/espectro ancestral.

Também se refere a um feitiço Vodu de reanimação de mortos e controle de vivos. O zumbi é um escravo, seja de outro que o comanda, seja de seus próprios instintos. Mídia Os mortos-vivos têm aparecido de forma ficcional desde o início do século XX no cinema e se tornam cada vez mais populares na TV, literatura, quadrinhos e videogames.

Porém, temos fortes indícios de que a ameaça seja real e constantemente abafada por órgãos governamentais a fim de conter o caos e a desordem, além dos interesses de poder e econômicos.

Os produtos midiáticos nada mais são do que obras para deslegitimizar a veracidade do apocalipse iminente e banalizar um problema social sério como se fosse obra irreal. Cataclisma, desgraça extrema.
Tragédia de proporção incalculável.
Evento ao qual se dará o término da sociedade como conhecemos com grandes possibilidades de extinção da raça humana na Terra.

A expressão “Apocalipse” é a transliteração do vocábulo grego, que em Português significa “revelação”. Em ordem de frequencia de aparição e ataques: Origem do termo Vodu (feitiço)
Infernal
Hospedeiro (parasita)
Infectado (vírus) Zumbi vodu Também conhecidos como zumbis enfeitiçados, tratam-se de vivos escravizados e até mesmo cadáveres frescos controlados por meio de magia africana ancestral, especialmente da região do Haiti. Transformação e possessão Os rituais vodu realizados para o controle de corpos se dão por meio de drogas com substâncias psicoativas que levam a vítima ao coma. Após a reanimação usando técnicas de esforço físicos e psicológicos extremos (incluindo asfixiamento), a vítima permanece em um estado de consciência alterado, onde não se reconhece mais como se estivesse vivo.

Comandos hipnóticos profundos são inseridos na mente do zumbi a fim de controlar seus instintos e ações.
Zumbis vodu não são infecciosos e os procedimentos necessários para possessão são bastante complexos, fazendo com que as aparições sejam cada vez mais raras. Comportamento O comportamento de um zumbi enfeitiçado pode ser muito parecido ao de um ser humano comum, visto que não há decomposição física aparente nos primeiros momentos da possessão. Porém, é comum apresentarem lentidão de reflexos e demonstram uma constante apatia ao ambiente.

Zumbis vodu podem falar, mas não respondem a chamados de voz ou demais estímulos que não sejam oriundos de seu possessor. Zumbis vodu conseguem usar armas e ferramentas, mas não costumam ser muito habilidosos. Zumbis vodu Pontos fortes Não cansam nunca, mas possuem força um pouco inferior à humana.
Extremamente resistentes à dor.
Podem correr, saltar e até mesmo nadar.
Usam armas quando comandados.
Obedecerão às ordens de seu líder rigorosamente enquanto for possível. Zumbis vodu Pontos fracos Não atuam em grandes grupos.
Morrem como se fossem um ser humano comum.
Não se “reproduzem”.
Dependem de ordens por parte de um controlador/mestre.
Alguns feitiços dependem de uma miniatura da vítima: destruí-la pode matar o zumbi. Zumbis vodu Como combater Fazer um zumbi vodu ingerir sal grosso pode cancelar o transe hipnótico.
Podem ser descapacitados por meio de lesão cerebral ou falência múltipla de órgãos internos.
Destruir o mestre e suas marionetes. Zumbis infernais Os zumbis infernais são caminhantes que resultam de rituais satânicos e geralmente possuem um demônio ou espírito maligno comandando o morto como um fantoche.
Os ataques a aparições mais importantes se dão em cemitérios, levantando dos túmulos. Transformação e possessão Uma invocação demoníaca libera espíritos do inferno para possuírem cadáveres: o inferno deixa de receber mortos e estes voltam a caminhar na terra literalmente endemoniados.

O zumbi infernal não é infeccioso, mas o ritual de possessão pode se estender aos mortos assassinados por zumbis infernais. Comportamento A atuação dos mortos-vivos do inferno depende 3 fatores:
O estado do cadáver possuído.
A classe de espírito maligno ou demônio em posse do corpo.
O nível de maldade da alma original do corpo.

Alguns demônios podem controlar vários corpos simultaneamente, especialmente aqueles já mortos há muito tempo. Nestes casos, os zumbis serão lentos e com os corpos frágeis.
Os zumbis infernais não estão interessados em comer, apenas em matar. Seu instinto básico é de provocar o caos e o medo por meio do terror e carnificina. Pontos fortes Não morrem com descapacitação cerebral.
Braços podem atacar mesmo desconectados do corpo.
Por influência de seus controladores, alguns podem possuir garras e outras modificações corporais.
A agilidade e força são imprevisíveis. Pontos fracos Mortos-vivos infernais não conseguem invadir solo sagrado, como igrejas e templos.
A maioria possui corpos frágeis e em decomposição avançada.
Sobrevida curta: espíritos malignos e demônios não conseguem permanecer por mais de 10 dias em nosso plano sem que precisem voltar ao inferno. Após este tempo são necessários mais rituais de invocação e controle.
São extremamente sensíveis à luz branca do sol. Como combater Grandes quantidades de água-benta podem derreter o corpo de um zumbi infernal.
Imagens e palavras sagradas podem paralizá-los por alguns instantes, mas recobram o movimento com mais fúria.
Desmembramento pode dificultar a locomoção e ataque, embora não descapacite o zumbi.
Eliminar os responsáveis pela invocação demoníaca para prevenir novas possessões.
Invocação do nome real do demônio possessor pode intimidá-lo e fazer perder o controle sobre os cadáveres. Alguns nomes de demônios responsáveis por ataques zumbis: Amdúcio, Baal, Buer, Caym, Crocélio, Furfur, Ipos, Malfas, Nabério, Oriáque, Paimão, Ronwe, Xaques, Uvall, Valafar, Zagan e Zepar. Zumbis hospedeiros podem lembrar os zumbis infectados em alguns aspectos, embora não sofram decomposição, mas sim mutações destrutivas. Transformação e possessão O parasita infesta-se na vítima causando morte cerebral para depois controlar o corpo, que permanece vivo.
O zumbi hospedeiro se propaga por meio da reprodução do parasita no meio, podendo infestar também animais.
Não há estudos aprofundados acerca do ciclo de vida do parasita, seu meio de transporte e forma de infestação, mas acredita-se que o homem seja seu hospedeiro final.
Um ataque direto de um zumbi hospedeiro poderia inocular formas larvais do parasita em uma vítima, contribuindo para a propagação.
Não podemos tratar este zumbi como infeccioso, mas sim infestante.
A ameaça de apocalipse é baixa, mas não improvável. Zumbis hospedeiros São os mortos-vivos oriundos da presença de um parasita controlador. Não se sabe ao certo se os parasitas zumbis são de origem natural ou sintética. Há fortes indícios de que se tratem de uma forma de vida alienígena. Comportamento Devido ao fato de o parasita infestar um corpo vivo, é comum que os zumbis hospedeiros tenham um comportamento ágil e extremamente agressivo, com alguns instintos elevados ao máximo.
Precisam alimentar-se constantemente para nutrir o parasita que parece ter afeição por carne e sangue humanos.
O principal órgão vital de um zumbi hospedeiro não é o cérebro, mas sim seu coração. Uma vez que o parasita é quem comanda todas as funções do corpo, o cérebro pouco se faz necessário.
Da mesma forma, o invasor é quem comanda o sensoriamento do hospedeiro, possuindo percepção funcional mesmo com olhos e aparelho autitivo descapacitados.
Zumbis hospedeiros podem manusear armas ou ferramentas em alguns casos.
São identificados por seus gritos estridentes e raivosos. Pontos fortes Extremanente agressivos e ágeis, com força física superior à humana.
Extremamente resistentes à dor.
Percepção aguçada, mas sensíveis à luz.Alguns estágios avançados e hipernutridos conseguem se regenerar.
Alguns podem manejar armas e ferramentas.
Podem aparecer garras e espinhos para proteção e ataque. Pontos fracos Baixo índice de “reprodução” devido ao consumo exagerado das vítimas.
Não possuem instinto de manada.
Enfraquece após 5 dias sem alimentação, não durando mais do que 40 dias sem comer.
Não sabem nadar.
Sensíveis à luz. Como combater Prejudicar drasticamente a circulação sanguínea por meio de lesão vascular grave.Por necessitar dos pulmões, este zumbi pode ser morto por sufocamento.
Temperaturas frias extremas podem fazer com que o parasita hiberne, imobilizando o hospedeiro.
Fogo pode ajudar a matar o parasita, mas enquanto estiver vivo, teremos um zumbi furioso pegando fogo. Única espécie com capacidade de provocar o Apocalipse, devido ao fato de sua propagação se dar por meio de um vírus extremamente infeccioso. Zumbis infectados Infecção e propagação Uma pessoa só poderá se transformar em zumbi infectado após sua morte. O próprio vírus pode matar a vítima, bem como baixar sua imunidade.
O vírus pode estar incubado em uma pessoa sem apresentar sintomas, porém, esta pessoa voltará como zumbi após morrer por qualquer outro motivo.
O contato com fluídos de um zumbi ocasiona infecções gravíssimas que levam à morte.
Não são somente as mordidas o perigo letal: arranhões também são extremamente infecciosos. Características básicas A premissa básica instintiva de um zumbi infectado pelo vírus é de sobreviver e multiplicar sua espécie. Este é o objetivo do vírus.
Um zumbi infectado precisa se alimentar, mas não tanto ao ponto de destroçar completamente sua vítima.
O processo de absorção de nutrientes das vítimas não depende do sistema digestivo.
Seriam necessários aprox. 30 zumbis para devorar um corpo humano ao ponto de que este não volte como zumbi.
Não há órgãos vitais além do cérebro em um zumbi infectado.
No momento em que uma pessoa morre e se converte em zumbi, é iniciado um processo lento de decomposição em todo seu corpo, menos no cérebro.
A pós-vida de um zumbi infectado é entre 2 e 6 anos, dependendo muito de sua alimentação e ambiente em que está. O cérebro da vítima é completamente tomado pelo vírus e passa a controlar todas as funções motoras do corpo tanto por meio de fluídos quanto por fibras. Sentidos VISÃO: Os danos causados pelo vírus prejudicam muito os olhos e fazem com que a visão seja bastante prejudicadas. Pontos fortes de luz na escuridão podem chamar a atenção dos zumbis.
AUDIÇÃO: Os zumbis infectados não escutam bem, porém, sons de alta intensidade podem atrair muitos zumbis.
OLFATO: o melhor sentido dos zumbis infectados. Conseguem detectar hormônios e odores de seres vivos a muitos metros de distância.
TATO: zumbis infectados não sentem absolutamente nenhuma dor. Atributos físicos ESTAMINA: zumbis infectados não cansam nunca, mas seu desempenho pode variar de acordo com sua alimentação e idade de seu corpo morto.
FORÇA: a força exercida por um zumbi é sempre a máxima capacidade de seu corpo.
AGILIDADE: a idade e condições do corpo determinam a velocidade de movimento dos zumbis. Muitos podem correr.
COORDENAÇÃO MOTORA: zumbis podem carregar itens por traumas de memória de sua vida, mas dificilmente fazem uso eficiente de tais objetos. Por que cérebros? As lesões cerebrais de um zumbi anulam quase completamente sua memória, deixando apenas resquícios muito básicos de personalidade em raros casos.
Ao consumir massa cinzenta fresca de uma vítima, o zumbi experimenta uma rara e volátil epifania com flashes de memória da vítima. Tal sensação pode causar vício em alguns mortos-vivos. Preparação Movimentação
Sobrevivência
Grupos
Locais
Conflito
Armas Movimentação A menos que você já esteja alocado em uma estrutura forte e auto sustentável, você deverá migrar constantemente em busca de mantimentos e outros vivos.
Procure fazer exercícios em silêncio e tente garantir que terá disposição para correr muito a qualquer momento.
Será necessária muita agilidade para sair em busca de armas e provisões e ainda escapar da perseguição de zumbis.
Busque regiões elevadas e frias para passar um tempo. A movimentação dos zumbis é prejudicada com o frio. Sobrevivência Com o tempo, os recursos ficarão escassos. Você precisará de mantimentos que lhe forneçam energia para fugir e combater, além de manter-se hidratado.
Quando encontrar grandes quantias de comida, mesmo que tenha muita fome, evite comer muito.
Beba pouca água constantemente, mas certifique-se de que é potável. Alguns reservatórios poderão ter bactérias originarias de corpos em decomposição.
Muita atenção no momento de fazer necessidades fisiológicas. Locais Não permaneça em nenhum lugar fechado sem se certificar de que não há nenhum zumbi dentro ou possibilidade de invasão.
Ao invadir um local, arremesse objetos dentro dos cômodos antes de entrar, para verificar a presença de zumbis ou outros vivos.
Procure invadir de modo discreto armazéns e sumermercados em busca de suprimentos, mas não se instale neste locais.
Para descansar, busque locais elevados e de difícil acesso.
Um barco pode ser um excelente refúgio, uma vez que seja raro um zumbi infectado que consiga nadar (normalmente eles apenas caminham no fundo da água). Grupos Ande em grupos divididos em duplas e tente sempre saber exatamente onde seu companheiro está localizados para evitar surpresas.
Se seu grupo tiver mais do que 3 pessoas, designe grupos menores de modo que cada um tenha alguém para proteger.
Crie políticas de revezamento de tarefas e descanso. Não tolere comportamentos que prejudiquem o grupo. Exemplos de armas corpo-a-corpo Encontrando com zumbis Mantenha-se calmo e JAMAIS grite: o som chama atenção de outros zumbis e os deixa com a percepção mais alerta.
Corra o mais rápido que puder e evite o conflito. Em muitas vezes ele será inevitável.
O importante é causar a máxima quantidade de dano o mais rápido possível.
O órgão vital do zumbi infectado é o cérebro. Apenas rompendo as funções cerebrais é que poderemos matá-los.
Em caso de aproximação, tente empurrar o zumbi para ganhar distância ou para fugir, ou para golpear. Armas Praticamente qualquer coisa poderá servir de arma contra zumbis, escolha as mais eficientes.
Tenha uma faca como utensílio, mas evite usá-la como arma.
Uma faca dificilmente causará dano suficiente para descapacitar um zumbi e ainda poderá ficar presa em sua carne.
É necessário efetuar um ataque preciso com uma faca para que ela funcione, sem contar a proximidade que você terá do inimigo.
Possua uma arma de fogo, mas use-a o mínimo possível, pois o som da arma certamente atrairá muitos zumbis.
Devido a proporções de força, deixe as armas de fogo preferencialmente com as mulheres, mas TODOS no grupo deverão saber atirar.
Outro motivo para as armas de fogo estarem com as mulheres é a ameaça de homens vivos. Exemplos de armas de fogo Armas a evitar Dicas úteis Use roupas que te protejam, mas que não o impeçam de mover-se rapidamente.
Roupa de motoqueiro, uniformes do exército ou de batalhão de choque da polícia podem ser úteis.
Tenha uma mochila de tamanho médio e apenas com o necessário.
Raspe a cabeça: Cabelos podem acumular piolhos e sujeira. Se compridos, pior ainda, podem se prender em obstáculos ou mesmo serem puxados pelos zumbis.Não fume: você precisa de fôlego para correr.Não consuma qualquer tipo de entorpecente: você precisa de todos os seus sentidos funcionando da melhor forma possível. Se for mordido A menos que seu grupo tenha um médico que possa amputar a região mordida em menos de 30 minutos, você vai morrer e vai virar zumbi.
Se tiver fôlego, aproveite seus últimos minutos de vida para caçar alguns mortos-vivos.
Preserve os que ainda têm chance de sobreviver. Deixe suas armas, roupas e equipamentos em um local à vista de outros e tente acabar com seu sofrimento de modo que seu corpo não retorne para atacar os outros.
Um tiro na boca, de cima para baixo pode ser muito eficiente. BOA SORTE. Por Rodrigo Oliveira, com ajuda de Marcelo Dalcin. Bônus Crianças são facilmente infectáveis.
O apreço dos pais pode ser fatal para acabar com uma familia inteira. zumbis hospedeiros zumbis hospedeiros zumbis hospedeiros
Full transcript