Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Dimensões da gestão escolar e suas competências

No description
by

Adriana Ribas

on 29 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Dimensões da gestão escolar e suas competências

Fundamentação e princípios da educação e da gestão escolar (cap.1,p.15 a 29)
A ação do diretor escolar será tão limitada quão limitada for sua concepção sobre a educação, a gestão escolar e o seu papel profissional na liderança e organização da escola.


ELEMENTOS DA EDUCAÇÃO
A educação é um processo organizado, sistemático e intencional, ao mesmo tempo em que é complexo, dinâmico e evolutivo.
A educação escolardeve vincular-se às práticas sociais e ao mundo do trabalho, tornando-se assim imprescindível como ação contínua e permanente,
A ESCOLA
A escola é uma organização social constituída pela sociedade para cultivar etransmitir valores sociaispara o desenvolvimento de aprendizagens significativas quepossibilitem aos alunos conhecerem o mundo e conhecerem-se no mundo.
OS PROFESSORES
Os professores são profissionais que influem diretamente na formação dos alunos.
OS ALUNOS
Os alunos são as pessoas para quem a escola existe e para quem deve voltar suas ações.
OS FUNCIONÁRIOS
Os funcionários são os colaboradores diretos da construção do ambiente educacional e na qualidade da efetivação de seus processos educacionais.
OS GESTORES ESCOLARES
Os gestores escolares, constituídos em uma equipe de gestão, são os profissionais responsáveis pela organização e orientação administrativa e pedagógica da escola.

PRINCÍPIOS DA GESTÃO ESCOLAR
A gestão escolar constitui uma das áreas de atuação profissional na educação destinada a realizar o planejamento, a organização, a liderança, a orientação, a mediação, a coordenação, o monitoramento e a avaliação dos processos necessários à efetividade das ações educacionais orientadas para a promoção da aprendizagem e formação dos alunos.
O SIGNIFICADO DA GESTÃO ESCOLAR
Gestão escolar é o ato de gerir a dinâmica cultural da escola, tem um enfoqueque objetiva promover a organização, a mobilização e a articulação de todas as condições materiais e humanas necessárias para garantir o avanço dos processos sócio educacionais dos estabelecimentos de ensino, orientados para a promoção efetiva da aprendizagem dos alunos.
Promover ações conjuntas e interligadas a fim de buscar soluções para os problemas que apresentam-se de forma global e inter-relacionados.

Dimensões da gestão escolar e suas competências
Heloísa Lück

O DIRETOR
O diretor escolar é o líder, mentor, coordenador e orientador principal da vida da escola.
Garante o funcionamento pleno da escola como organização social, com o foco na formação de alunos e promoção de sua aprendizagem.
Promove e mantém na escola a integração, coerência e consistência entre todas as dimensões e ações do trabalho educacional, com foco na realização do papel social da escola e qualidade das ações educacionais.Promove na escola o sentido de eqüidade e respeito à diversidade, de modo que todos os alunos tenham sucesso escolar.

OBJETIVO:A aprendizagem e formação dos alunos

DESAFIOS:
Conhecer a realidade e a necessidade derealizar nos contextos educacionais os ajustes e mudanças de acordo com as necessidades.
Renovação do conhecimento.
Ter o aluno como centro de toda a sua atuação.
Manter o diálogo aberto.
Estabelecer unidade na diversidade



Sem planejar, trabalha-se, mas sem direção clara e sem consistência entre as ações.

ELEMENTOS IMPORTANTES
necessidade de sua organização
intenções
rumos
objetivos
possibilidades de ação
flexível e compreensivo
reflexivo sobre a realidade
estratégias


PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO – PPP “ é a configuração da singularidade e da particularidade da instituição educativa”. Que deve ter o aluno como foco.

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA – PDE define a natureza da escola, a sua missão, visão, valores, finalidades e objetivos gerais além de estratégias de atuação.

PLANO DE ENSINO- O plano de ensino se assenta sobre o PPP e a organização curricular adotada pela escola.
PLANO DE AULA

O plano de aula é um instrumento de trabalho que organiza o tempo e as atividades a serem promovidas com os alunos.

PLANEJAMENTO PARTICIPATIVO
Promover as articulações necessárias entre todas as dimensões.


P
2. Planejamento e organização do trabalho escolar (cap.2,p.31 a 42)
Monitoramento de processos educacionais e avaliação institucional (cap 3, p 43 a 54)


Percebe-se que o monitoramento e avaliação em educação, embora constituam-se em processos essenciais da gestão, não são práticas comuns em escolas e apenas recentemente estão sendo adotadas como práticas na gestão de sistemas de ensino. De certa forma, por ser atribuído significados inadequados a eles: o monitoramento visto como um controle cerceador e limitado, portanto nergativo, e a avaliação como uma estratégia de encontrar erros e causar reprovações. Cabe destacar a mera aplicação de instrumentos e rotinização do processo sem a reflexão e retroalimentação das práticas educacionais, incluindo a reflexão sobre o significado por trás das mesmas, em detrimento da sua orientação como práxis pedagógica. E ainda a grande escassez de referências bibliográficas sobre monitoramento e avaliação em relação à educação brasileira.
Reconhece-se agora o grande prejuízo que essa desconsideração promoveu à educação brasielira, pois nenhuma atuação político-pedagógica é implementável sem os cuidados técnicos que apoiam a realização do processo. Entende-se que monitoramento e avaliação carregam consigo conotações conceituais e estas é que estabelecem o limite da sua realização, burocrática ou educacional. Tem-se o entendimento de que a ação intencional para ser efetiva, necessita ser planejada, resultando em um plano que deve seguir de guia contínuo de sua implementação e que essa implementação deve ser monitorada e seus resultados avaliados continuamente.
Monitoramento: consiste no conjunto de ações organizadas, contínuas e sistemáticas de observação, acompanhamento, registro e análise dos processos de implementação de planos de ação e intervenções não planejadas, de do a:
garantir a realização das ações segundo os planos, mediante bom uso do tempo, dos recursos, espaços e competência humana
analisar a eficiência dos processos e ações desencadeadas
identificar a necessidade de realização de ações alternativas não previstas na fase de planejamento
manter mapas de registro do histórico do cotidiano escolar
Avaliação: consiste no conjunto de ações realizadas paralelamente e ao cabo das ações educacionais, com o objetivo de verificar em que medida os resultados pretendidos estão sendo alcançados. Essa avaliação permite:
prestar contas dos resulta das ações realizadas
identificar o nível dos resultados obtidos a cada etapa, em relação aos propostos
O monitoramento e a avaliação correspondem a um processo contínuo de investigação e é orientado por questionamentos ou problematizações de várias ordens. A eficiência depende de boa organização e articulação entre as ações promovidas, do bom uso do tempo, dos recursos e da adequada mobilização e ritmo de emprego das competências humanas na promoção da aprendizagem dos alunos. Desta forma o monitoramento e a avaliação são atividades que se complementam reciprocamente, cabendo promovê-los de forma associada, uma vez que a eficácia(s resultados) observada pela avaliação depende da eficiência das ações(processos0 verificados pelo monitoramento.
Destaca-se também que nem toda ação eficiente, realizada de acordo com o planejamento, com bom uso do tempo, e de recursos, promove resultados efetivos no sentido da educação. Essa situação é verificada por comitês avaliadores de cadidaturas ao Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar, do Consed, que identifica escolas que descrevem boas e criativas práticas pegadógicas, elevado espírito de equipe, boas relações com a comunidades e variedade de projetos pedagógicos, porém sem indício de melhoria da aprendizagem dos alunos, ano após ano, e sem o cuidado de fazer gestão de resultados educacionais regularmente.
Pode-se sugerir que se bons meios não melhoram os fins educacionais propostos é porque nas ações não estão claros os objetivos pretendidos.
Gestão de resultados educacionais: cap 4 p 55 a 67
A gestão de resultados corresponde a um desdobramento de monitoramento e avaliação, com foco específico diretamente nos resultados de desempenho da escola, resultantes da aprendizagem dos alunos. Tendo em vista que papel da escola é PROMOVER a aprendizagem e formação dos seus alunos, onde percebemos que não parece estar recebendo a devida atenção pelas escolas, visto que considerando as estatísticas educacionais uma questão burocrática, de interesse dos sistemas de ensino e de pouca importâncias para a escola, que é o lugar onde ela deveria estar.
O indicador vem a constituir-se no elemento mensurável que permite concluir que ocorreu um determinado resultado, é um instrumento que permite mensurar as modoficações nas características de um sistema.
Os indicadores de desmpenho da escola servem para apontar sucessos, como também expor dificuldades, limitações e indicar situações que necessitam de mais cuidado e atenção, de modo a orientar a tomada de decisão e a determinar ações de melhoria e a necessária correção dos rumos. Também serve para reforçarções bem sucedidas, apontando a sua adequação em relaçãoaos resultados desejados.
Tipos de indicadores:
Indicadores de insumos: mostram os meios pelos quais o projeto ou plano é implementado
Indicadores de processos: mostram como os insumos são utilizados em ações, para transformar-se em resultados
Indicador de resultados: mostram resultados atingidos
Indicadores de impacto; mostram os efeitos do projeto, a médio e longo prazo.
A adoção de indicadores na escola: recomenda-se que a cada objetivo ou meta educacional se defina o indicador, pelo qual se verificará a sua realização.
A comparação é um elemento fundamental para que possa ter uma idéia confiável sobre se a escola está crescendo tanto quanto deveria e promovendo aprendizagem dos alunos no nível necessário, em uma sociedade em constante desenvolvimento.
IDEB
PISA
SAEB
ENEM
Diretores escolares competentes são , portanto, aqueles ue promovem em suas escolas um contínuo processo de acompanhamento dos resultados escolares, seja com dados exclusivamente internos, seja com dados produzidos por referências externas.
Gestão Pedagógica (cap 7 e 8)
Gestão pedagógica- diretamente envolvida com promover aprendizagem, formação dos alunos, com a finalidade da educação.
O que é gestão pedagógica?
É a organização , coordenação, liderança e avaliação de todos os processos e ações diretamente voltados para a promoção da aprendizagem dos alunos e da sua formação.
Cabe ao diretor escolar conceber Currículo como visão globalizada de ensino, currículo como agente integrador de todas as experiências educacionais promovidas pela escola.
O currículo é válido e significativo na medida em que promove oportunidades efetivas que orientam os alunos a aprender a conhecer, aprender a faer, aprender a conviver e a aprender a ser de forma integrada.
Ao diretor cabe:
Observar este processo de sala de aula,sem esta observação não se pode orientar para melhor estimulação da aprendizagem.
O diretor como articulador da unidade pedagógica




Gestão administrativa
Mudança de paradigmas de uma administração orientada pelo positivismo onde o diretor dedicava a maior parte de seu tempo buscando garantir recursos físicos, materiais, financeiros para a escola. Para uma Administração como uma dimensão do papel da gestão.
A gestão administrativa diz respeito ao uso adequado dos recursos na realização do processo educacional.
Gestão administrativa responsável pelos devidos registros e documentações da escola.
Gestão do patrimônio;
Gestão dos serviços de apoio: um grupo na verdade, que todos sintam-se parte, sintam-se responsáveis.
Não se enxerga este trabalho administrativo dentro das instituições, mas demanda muito tempo e cuidado, pois se não acontecem de forma adequada perde a qualidade as outras dimensões.


Acadêmicas: Adriana Ribas
Alice Pisoni
Silene Pisoni
Josicleide Reis
Full transcript